Search results for 'Antonio Da Re' (try it on Scholar)

1000+ found
Sort by:
  1. Coelho Antonio (2011). Da costa on ontology: a naturalisticinterpretation. Manuscrito 34 (1).score: 360.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  2. Arranz Martin & Marco Antonio (1993). ICCS-93 (Third International Colloquium on Cognitive Science)(Donostia-San Sebastián, 4-8 da Mayo da 1993). Theoria: Revista de Teoría, Historia y Fundamentos de la Ciencia 8 (1):209-212.score: 360.0
    Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  3. Tânia Regina Braga Torreão Sá, Marcelo Torreão Sá & Viviane Meira Lima (2013). Trabalho E educação na perspectiva ontológica: Algumas reflexões acerca da (re)produção ampliada do capital E a crise da escola. Saberes Em Perspectiva 3 (5):11-21.score: 158.0
    A questão que se coloca nesse texto é refletir sobre as contribuições que Marx formula para pensar a respeito da educação, a escola e a luta trabalhadora. Nosso intuito é, pois, a partir do “beber da fonte” da filosofia de práxis, pensar em que medida, o projeto de emancipação social, tal como propôs Marx, se realiza numa escola em crise, aonde muita coisa, aliás, muda na aparência para manter a essência íntegra. Nossas reflexões se voltam para compreender também, como por (...)
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  4. Thiago Rezende de Deus Cardoso & Leonardo Ferreira Almada (2013). A construção da mente consciente: Uma análise a partir da perspectiva de António Damásio. Cadernos Do Pet Filosofia 4 (7):65-83.score: 144.0
    Neste artigo pretendemos discutir a noção de construção da mente consciente a partir da perspectiva de Antonio Damásio. Para isso, centraremos nossa análise em Self comes to Mind . Em um primeiro momento é necessário delimitarmos o conceito de consciência na visão de Damásio, visando, com isso, a evitarmos equivocidades, na medida em que há várias definições de consciência. Acreditamos que, para uma melhor compreensão acerca do surgimento da mente consciente, é necessário levarmos em consideração os processos evolutivos aos (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  5. Robert deMaria Jr & Robert D. Brown (2007). Aloni, Antonio. Da Pilo a Sigeo: Poemi Cantori E Scrivani Al Tempo Dei Tiranni. Alessandria: Universitas (Edizioni Dell'orso), 2006. 145 Pp. Paper,€ 16. Arieti, James A., and Roger M. Barrus, Trans. Plato: Gorgias. Focus Philosophical Library. Newburyport: Focus Publishing, 2007. X+ 236 Pp. Paper, $12.95. Barney, Stephen A., WJ Lewis, JA Beach, and Oliver Berghof, Trans. The Ety. [REVIEW] American Journal of Philology 128:293-299.score: 140.0
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  6. Alfonso Maieru (2000). Antonio da Scarperia's Commentary on Peter of Spain's Tractatus. In I. Angelelli & P. Pérez-Ilzarbe (eds.), Medieval and Renaissance Logic in Spain. Olms. 54--137.score: 140.0
    No categories
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  7. Jesse D. Mann (1999). Antonio da Cannara, De Potestate Pape Supra Concilium Generale Contra Errores Basiliensium, Ed. Thomas Prügl.(Münchener Universitäts-Schriften, Veröffentlichungen des Grabmann-Institutes, Ns, 41.) Paderborn: Ferdinand Schöningh, 1996. Paper. Pp. Xx, 158; 1 Diagram. DM 28. [REVIEW] Speculum 74 (2):383-384.score: 140.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  8. Patrícia da Silva Santos (2012). Türcke, Christoph. Sociedade excitada: Filosofia da sensação. Tradução: Antonio A.S. Zuin... [Et al.]. Campinas: Ed. unicamp, 2010, 323 P. [REVIEW] Trans/Form/Ação 35 (1).score: 132.0
    “O mito já é esclarecimento e o esclarecimento acaba por reverter à mitologia”: a famosa e central tese da Dialética do Esclarecimento dotou o que designamos Teoria Crítica de uma especificidade única. Os engendramentos desse entroncamento provocaram guinadas teóricas bastante complexas, que passam não somente pela perspectiva de que o fetichismo pertence a um período muito anterior ao capitalismo, mas também pela ideia de que a dominação social se relaciona estreitamente à dominação da natureza (tanto interna, como externa).
    Translate to English
    | Direct download (7 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  9. Roberto Saraiva Kahlmeyer-Mertens (2012). DILTHEY, Wilhelm. Introdução às ciências humanas – tentativa de uma fundamentação para o estudo da sociedade e da história. Trad. de Marco Antônio Casanova. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010. ISBN: 978-85-218-0470-3. [REVIEW] Veritas 57 (3):223-226.score: 130.0
    O texto é uma resenha de uma obra do filósofo e psicólogo alemão Wilhelm Dilthey. A resenha aborda uma publicação para o português da obra Introdução às ciências humanas (1883), na data em que se celebra o centenário de morte de Dilthey. A iniciativa dessa análise se justifica por ressaltar esta edição que: apresenta ao público brasileiro este autor relativamente pouco conhecido em nosso país; introduz os termos de sua filosofia. Dilthey é pensador crucial para o século XX por ter (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  10. Maria José de Rezende (2007). A Análise de Antônio Cândido: O Papel Das Idéias E Do Pensamento No Processo de Geração da Mudança Social No Brasil. Cinta de Moebio 29:194-210.score: 126.0
    In a general sense, this article will demonstrate how Antonio Candido’s reflections attribute a fundamental role to the ideas and several forms of thought (literary, social, political) in the generation process of changes. Not only the former but also the latter ones have a great potential in the ..
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  11. António Braz Teixeira (1991). A metafísica da saudade de António de Magalhaes. Revista Portuguesa de Filosofia 47 (4):589-598.score: 126.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  12. Arilson Silva de Oliveira (2009). A (re)volta do mito e do imaginário no esquematismo transcendente da epistemologia vintecentista e seu alcance social. Horizonte 4 (8):114-130.score: 126.0
    A substância deste artigo consiste na leitura de alguns autores que tratam do mito e do imaginário sem acatar as propostas que se fundamentam no racionalismo cartesiano e no influente positivismo do século XIX. Tais autores, como Eliade e Durand, desenvolveram no século XX um estudo do mito e da imagem com a perspectiva de uma orientação epistemológica que surgira na intenção de se constituir como uma nova abordagem científica, levando o elemento imaginativo e mítico ao encontro da realidade imediata. (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  13. Edinalva Melo Fontenele (2012). A Redescrição Rortyana da Pequena Crueldade/the Rortyan Re-Description of the Little Cruelty. Cadernos Do Pet Filosofia 3 (5):50-63.score: 126.0
    Normal 0 21 false false false PT-BR X-NONE X-NONE Considerando que muitos livros desenvolvem nossa capacidade de identificação imaginativa e de disposição para evitar a crueldade, aproveitamos as sugestões de Richard Rorty e utilizamos o romance Lolita , de Vladimir Nabokov, como cenário para a redescrição da crueldade. Cabendo prontamente nos critérios liberais rortyanos de combate à crueldade, esse romance nos possibilita perceber os efeitos que as nossas próprias idiossincrasias privadas podem ter sobre a vida de outras pessoas. Dono de (...)
    No categories
    Direct download (9 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  14. Deborah Jean Warner (1971). The Celestial Cartography of Giovanni Antonio Vanosino da Varese. Journal of the Warburg and Courtauld Institutes 34:336-337.score: 120.0
    Direct download (4 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  15. S. W. A. (1901). M. Tullio Cicerone: I Tre Libri De Oratore Testo Riveduto Ed Annotate da Antonio Cima. Libro Primo: Seconda Edizione Interamente Rifusa. Torino: Ermanno Loescher. 8vo. Pp. Xxiv., 168. L. 2. 50. [REVIEW] The Classical Review 15 (04):230-231.score: 120.0
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  16. Alessandro Ottaviani (2012). Fra Nañoli e Consenza: appunti per una geografia della "Historia naturalis" da Antonio Telesio a Marco Aurelio Severino. Giornale Critico Della Filosofia Italiana 1 (1):32-43.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  17. H. J. Rose (1932). Fonti per la Storia della Religione cyrenaica. Raccolte e commentate da Luisa Vitali. (R. Università di Padova, Pubblicazioni della Facoltà di Lettere e Filosofia, Vol. I.) Pp. xix + 165. Padua: 'Cedam' (Casa editrice dott. Antonio Milani), 1932/X. Paper, 1. 20. [REVIEW] The Classical Review 46 (06):274-.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  18. A. S. Wilkins (1887). 1. M. Tullii Ciceronis de Oratore Liber Primus: Für der Schulgebrauch Erklärt von Prof Dr Remigius Stöbile. 1 Bandchen. Gotha, F. A. Perthes, 1887. 1 Mk. 30.2. M. Tullii Cicerone Dell' Oratore Libri Tre: Testo Riveduto Ed Annotato da Antonio Cima. Torino, Loescher, 1887. 2 1. 50. [REVIEW] The Classical Review 1 (10):306-.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  19. F. H. Sandbach (1953). Studies in Propertius Antonio la Penna: Properzio. Saggio critico seguito da due ricerche filologiche. (Studi di Lettere Storia e Filosofia pubblicati dalla Scuola Normale Superiore di Pisa, xxiii.) Pp. ii+200. Florence: La Nuova Italia, 1951. Paper. [REVIEW] The Classical Review 3 (01):25-27.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  20. Kelly DeVries (1998). Guido da Vigevano, Le Macchine Del Re: Il “Texaurus Regis Francie” di Guido da Vigevano, Ed. And Trans, (Into Italian) Giustina Ostuni. Vigevano, It.: Società Storica Vigevanese and Diakronia, 1993. Pp. 225; Many Color and Black-and-White Illustrations. L 80,000. [REVIEW] Speculum 73 (2):525-526.score: 120.0
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  21. Peter Goodrich (2010). Legal Enigmas—Antonio de Nebrija, The Da Vinci Code and the Emendation of Law. Oxford Journal of Legal Studies 30 (1):71-99.score: 120.0
    It is rare in the extreme for a judge to embed an enigma, here an intentionally encrypted message, in the text of a judgment. Using the occasion of the cypher inserted into the judgment of Peter Smith J in Baigent v Random House, this article patiently reconstructs the humanist concept of aenigmata iuris or legal enigmas so as properly to interpret this recent use. Legal enigmas are shown to be the residues of forgotten histories, references to lost texts, marks left (...)
    Direct download (3 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  22. H. J. Rose (1935). Raffaello Del Re : II dialogo Sull' Estinzione degli Oracoli di Plutarcho da Cheronea. Pp. in. Naples: Morano, 1934. Paper, lire 8. [REVIEW] The Classical Review 49 (1):39.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  23. R. Ḥadshai (2006). Mitḳabel ʻal Ha-Daʻat: Mivḥar Maʼamarim Ṿe-Darke Hitmodedut Be-Siṭuʼatsyot Yomyomiyot: Hatsatsah le-Nivkhe Ha-Nefesh Shel Ha-Adam Bi-Reʼi ʻatsmo Uvi-Reʼi Ha-Ḥevrah Mi-Neḳudat Mabaṭ ʻerkit-Yehudit. [REVIEW] Yefeh Nof-Y. Pozen.score: 120.0
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  24. A. P. De Castro (2006). Das incertezas da guerra à visao profética da paz na obra do Padre António Vieira. Humanitas 58:449-458.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  25. Manuel Joaquim Ferro (1997). O Sermâo Pelo Bom Sucesso Das Armas de Portugal Contra as da Holanda, Do P. António Vieira. Revista Portuguesa de Filosofia 53 (3):459-473.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  26. Modesto Florenzano (2006). Reseña de" Cadernos Do Cárcere. V. 5: O" Risorgimento". Notas Sobre a História da Itália" de Antonio Gramsci. Utopía y Praxis Latinoamericana 11 (34):141-142.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  27. D. E. Hill (1981). Statius Antonio Traglia, Giuseppe Aricò. Opere di Publio Papinio Stazio. (Classici Latini (Collezione Fondata da Augusto Rostagni), 34.) Pp. 1131; 7 plates. Turin: UTET, 1980. L. 45,000. [REVIEW] The Classical Review 31 (02):207-209.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  28. H. Jales Ribeiro (1987). Karl Popper: A Epistemologia Como Terra de Ninguém Ou da Tarefa de Re-Construçao da Ciência. Revista Portuguesa de Filosofia 43 (1-2):71-108.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  29. Eugenio Avila Pedrozo & José Roberto Ferro (2009). Área de Concentração: Gestão da Tecnologia e da Produção Orientador: Prof. Paulo Antônio Zawislak. Hermes 20:5.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  30. E. Peruzzi (1991). Criticism and Re-Elaboration of the Copernican System in Magini, Giovanni, Antonio. Giornale Critico Della Filosofia Italiana 11 (3):357-368.score: 120.0
    No categories
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  31. Ana Paula Pires (2011). António José de Almeida: O Tribuno da República. Assembleia da República.score: 120.0
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  32. Antonia Pozzi & Matteo M. Vecchio (2012). Testi, documenti e materiali- > di Friedrich Nietzsche. Il corso di Storia della filosofia tenuto da Antonio Banfi nel 1933/34 negli Appunti. [REVIEW] Rivista di Storia Della Filosofia 3:569.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  33. Roberto H. Seidel (2006). A questão da alteridade na cultura brasileira: uma leitura de Meu querido canibal, de Antônio Torres. Studium 17:90-102.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  34. Matteo M. Vecchio (2012). " Fenomenologia della personalità" di Friedrich Nietzsche. Il corso di Storia della filosofia tenuto da Antonio Banfi nel 1933/34 negli Appunti di Antonia Pozzi. [REVIEW] Rivista di Storia Della Filosofia: Nuova Serie 67 (3):569-620.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  35. Matteo M. Vecchio (2011). Testi, documenti e materiali-I corsi di Estetica tenuti da Antonio Banfi negli anni accademici 1931-1932 e 1932-1933 presso l'Università degli Studi di Milano. Gli appunti di Antonia Pozzi. [REVIEW] Rivista di Storia Della Filosofia 1 (1):113.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  36. Sabine Verhulst (1981). Fortuna, gioco e disperazione in Antonio Beccari da Ferrara. Revue Belge de Philologie Et D'Histoire 59 (3):585-596.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  37. Frank Whaling (1984). Antonio Barbosa da Silva. The Phenomenology of Religion as a Philosophical Problem. An Analysis of the Theoretical Background of the Phenomenology of Religion, in General, and of M. Eliade's Phenomenological Approach, in Particular. Pp. 274 (Lund: Gleerup, 1982). [REVIEW] Religious Studies 20 (2):330.score: 120.0
    Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  38. Milton Luiz Witmann (2009). Área de Concentração: Gestão da Tecnologia e da Produção Orientador: Prof. Paulo Antônio Zawislak. Hermes 9:6.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  39. Márcio Antônio de Paiva (2009). Fim da filosofia: uma imagem da filosofia contemporânea. Horizonte 2 (4):33-48.score: 90.0
    O artigo analisa a questão do “fim da filosofia” no pensamento contemporâneo. Demarcando o embate da filosofia consigo mesma, com a ciência e com alguns pensadores da atualidade que ousaram tematizar o fim, busca, pela reflexão ética, restabelecer a filosofia como um autêntico saber humano. Palavras-chave: Filosofia; Ciência; Ética; Auto-superação; Niilismo. ABSTRACT This article analyses the issue of ‘the end of philosophy’ in contemporary thought. Setting the framework for the confrontation of philosophy with itself, with science and with some present-time (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  40. Antonio Da Re (2001). Objective Spirit and Personal Spirit in Hartmann's Philosophy. Axiomathes 12 (3-4):317-326.score: 87.0
    Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  41. Antonio Da Re (2010). Le Parole Dell'etica. B. Mondadori.score: 87.0
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  42. Antonio Sidekum (2005). Liturgia da Alteridade En Emmanuel Levinas. Utopía y Praxis Latinoamericana 10 (31):115-123.score: 81.0
    This es say pres ents some philo soph i cal con sid er ations on the concepto of eth i cal interpelation and jus tice in the phi los o phy of Em man uel Levitas. It deals with his thought in its assymetric re la tion with the “other” in ab so lute and in fi nite alterity. Sub jec tiv ity is af ..
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  43. Paulo Agostinho Nogueira Baptista (2009). A re-ligação: o encontro das religiões e o cristianismo na Teologia Teoantropocósmica. Horizonte 3 (5):152-166.score: 68.0
    Vive-se uma demanda por integração, por solidariedade. As religiões e o cristianismo, em especial, podem respondem a esse desafio? A visão de re-ligação de Leonardo Boff, à luz do paradigma ecológico, abre novas perspectivas para as religiões, especialmente para a experiência cristã e seu papel no contexto atual. Objetiva-se aqui refletir sobre o significado do encontro das religiões ante os desafios oferecidos pela realidade ecológica, propiciando uma visão teológica teoantropocósmica. Palavras-chave: Re-ligação; Religião; Cristianismo; Paradigma ecológico; Teologia Teoantropocósmica; Diálogo. ABSTRACT Nowadays (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  44. João Adolfo Hansen (2000). Correspondência de Antônio Vieira (1646-1694): O Decoro. Discurso 31:259-284.score: 66.0
    Os dois subgêneros epistolares desenvolvidos por Antônio Vieira entre 1646 e 1696, a carta familiar e a carta negocial, reatualizam os preceitos das artes dictaminis antigas. Escritas como imitação verossímil e decorosa de fala de pessoa natural, as canas produzem a presença do corpo e voz do remetente, reativando neo-escolasticamente as técnicas da sermocinatio latina. A comunicação tratará de categorias retóricas e teológico-políticas das articulações dos dois subgêneros: a - a enunciação ou o contrato enunciativo, em que caracteres e afetos (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  45. Luiz Antonio Calmon Nabuco Lastória, Bruno Perozzi da Silveira, Jéssica Raquel Rodeguero Stefanuto, Juliana Carla Fleiria Pimenta & Juliana Rossi Duci (2013). Teoria crítica da sociedade: um olhar sobre a educação em tempos de sociedade tecnológica // Critical theory of society: a look at education in times of technological society. Conjectura: Filosofia E Educação 18.score: 60.0
    O presente artigo pretende discutir e refletir sobre as contribuições da chamada Teoria Crítica da Sociedade para o campo da educação em tempos de crescente desenvolvimento tecnológico. Para tanto, voltamos o olhar para as obras de três autores expoentes da Teoria Crítica: Walter Benjamin, Theodor W. Adorno e Herbert Marcuse, destacando as reflexões e análises desses autores e utilizando-as como subsídio no campo educativo. A educação autorreflexiva e autocrítica é pensada em seu potencial para a superação das condições de dominação (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  46. Antônio Vieira da Silva Filho (2014). Hegel E o Jovem Lukács: Da Consonância Estética à Dissonância Política. Kriterion: Revista de Filosofia 55 (129):9-22.score: 60.0
    Este trabalho desenvolve a concordância estética e a diferença política entre Hegel e o jovem Lukács da "Teoria do romance". O jovem autor húngaro se apropria da estrutura conceitual da "Estética" de Hegel, pois entende as formas poéticas em sua relação com o desenvolvimento do conteúdo histórico. Lukács e Hegel concebem, desse modo, as duas formas da grande épica (epopeia e romance) em estreita conexão com o momento histórico que as fundamenta: a Grécia arcaica configurada por Homero e a experiência (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  47. Luiz Antonio Calmon Nabuco Lastória, Bruno Perozzi da Silveira, Jéssica Raquel Rodeguero Stefanuto, Juliana Carla Fleiria Pimenta & Juliana Rossi Duci (2013). Teoria crítica da sociedade: um olhar sobre a educação em tempos de sociedade tecnológica // Critical theory of society: a look at education in times of technological society. Conjectura: Filosofia E Educação 18 (1):164-178.score: 60.0
    O presente artigo pretende discutir e refletir sobre as contribuições da chamada Teoria Crítica da Sociedade para o campo da educação em tempos de crescente desenvolvimento tecnológico. Para tanto, voltamos o olhar para as obras de três autores expoentes da Teoria Crítica: Walter Benjamin, Theodor W. Adorno e Herbert Marcuse, destacando as reflexões e análises desses autores e utilizando-as como subsídio no campo educativo. A educação autorreflexiva e autocrítica é pensada em seu potencial para a superação das condições de dominação (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (3 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  48. Antonio Vieira da Silva Filho (2012). A ironia na teoria do romance: da exigência normativo-composicional do romance em Goethe ao viver a arte em Novalis. Trans/Form/Ação 35 (2).score: 60.0
    O presente artigo busca explicitar o conceito de ironia na Teoria do romance. A explicitação do conceito de ironia se desdobrará num desenvolvimento duplo: como exigência normativo composicional e como radicalização subjetiva que excede a normatividade. No primeiro sentido, a ironia configura subjetivamente uma totalidade na obra épica, partindo da sua fragmentação objetiva nas relações sociais modernas. Nessa acepção, a ironia se apresenta como uma manobra subjetiva a serviço da normatividade épica do romance, pois sua finalidade é harmonizar o ideal (...)
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  49. Ricardo da Cunha Lima (2012). Epigramas alusivos do humanista antônio de gouveia. Principia 2 (25):19-28.score: 60.0
    O humanista português Antônio de Gouveia compôs epigramas em latim, publicados no século XVI, em Lyon, França, uma das capitais do Renascimento europeu. Sua poesia segue as normas estilísticas da Antiguidade clássica, apresentando uma submissão às convenções da composição genérica e um caráter essencialmente alusivo. A fim de ilustrar tais elementos, examinam-se quatro epigramas contendo alusões a Marcial, Ausônio, Catulo e Virgílio.
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  50. Carlos Walter Porto-Gonçalves & Rodrigo Torquato da Silva (2011). Da Lógica do Favor à Lógica do Pavor: um ensaio sobre a Geografia da violência na cidade do Rio de Janeiro. Polis 28.score: 60.0
    O presente artigo trata da geografia da violência urbana na cidade do Rio de Janeiro. Mostra como a ação do Estado está permeada por ignorâncias acerca das lógicas de experiências espaciais com que se organizam e operam as classes populares trabalhadoras do Rio de Janeiro. O objetivo é estimular uma discussão que impulsione as análises para além dos discursos estigmatizadores com relação à população favelada. A metodologia adotada assemelha-se às sinuosidades dos becos e vielas, visto que optamos em nos entranhar (...)
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
1 — 50 / 1000