7 found
Sort by:
  1. Cláudia Drucker (2010). A afinidade entre arte e conhecimento em Platão,Nietzsche e Heidegger. Philósophos - Revista de Filosofia 4 (2):07-20.
    Este estudo consiste num comentario do curso que Heidegger deu entre 1936 e 1937 intitulado "A vontade de poder como arte" em que ele compara as filosofias de Platão e Nietzsche sobre arte. Uma tal aproximação não implica negar que, se consideramos o todo das obras, tanto de Nietzsche como de Heidegger, a maioria das referências a Platão visam marcar uma distância perante ele.Meu único objetivo é mostrar que não existe uma fórmula simples para explicar a relação entre os três (...)
    Translate to English
    | Direct download (7 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  2. Cláudia Drucker (2010). Husserl,Heidegger e a superação do naturalismo. Philósophos - Revista de Filosofia 4 (1):05-24.
    Tanto Husserl quanto Heidegger acreditam que os dois maiores perigos da nossa época são o naturalismo e o tecnicismo.A formulação de Husserl é recusada em favor da de Heidegger, visto que a primeira não explica porque a ciência moderna não é um erro nem porque a ética é importante diante da técnica.
    Translate to English
    | Direct download (7 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  3. Claudia Drucker (2009). Tarde demais para os deuses”: Três características de uma perspectiva ser-historial sobre a religião. Natureza Humana 11 (2):181-202.
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (3 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  4. Claudia Drucker (2001). Experiência nacional e interpretação: a recepção americana de Heidegger. Natureza Humana 3 (1):61-90.
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (3 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  5. Claudia Drucker & Celso Braida (2001). Ernildo Stein 2000: Diferença e meta-física–ensaios sobre a desconstrução. Porto Alegre, EDIPUCRS. ISBN: 85-7430-160-4. Natureza Humana 3 (2):359-366.
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  6. Claudia Drucker (1998). Hanna Arendt on the Need for a Public Debate on Science. Environmental Ethics 20 (3):305-316.
    I discuss Arendt’s claim that science and its uses should become a matter of political discussion. The suggestion that science can be discussed and monitored by lay people is based on her interpretation of modern science. Modern science results from a flight from the human condition, which in her view should be reversed by means of the public debate. I conclude that Arendt’s political approach should in fact be called a moral approach. Arendt’s arguments can be reduced to a traditional (...)
    Direct download (4 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation