Search results for 'Lúcio Craveiro Da Sitva' (try it on Scholar)

1000+ found
Sort by:
  1. Lúcio Craveiro Da Sitva, José Antônio de C. R. De Souza, Alfredo Dinis, B. F., António Melo, Barros Dias, Ângelo Alves, João Vila-Chã, Joaquim Domingues, Roque Cabral, Jorge Neves & F. Gama Caeiro (1993). Crónica. Revista Portuguesa de Filosofia 49 (1/2):301 - 320.score: 2010.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  2. Lúcio Craveiro da Silva (1985). 50 anos da actividade da Facultade de filosofia. Revista Portuguesa de Filosofia 41 (2):113-122.score: 130.5
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  3. S. Gaselee (1917). Romance and Reality in Apuleius Romanzo e Realta nella vita e nell' attivita letteraria di Lucio Apuleio. Biblioteca di filologia classica diretta da Carlo Pascal. By Enrico Cocchia. Pp. xii+400. Catania: F. Battiato, 1915. [REVIEW] The Classical Review 31 (01):28-29.score: 120.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  4. Lúcio Craveiro Da Sïlva, L. C., João J. Vila-Chã & Silveira De Brito (1993). Crónica. Revista Portuguesa de Filosofia 49 (4):635 - 678.score: 87.8
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  5. Lúcio Craveiro da Silva, B. F., Acílio da Silva Estanqueiro Rocha, Laura Santos, Maria José Cantista, Maria José Pinto Cantista, Acílio Rocha & Alfredo Antunes (1988). Crónica. Revista Portuguesa de Filosofia 44 (4):599 - 625.score: 87.8
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  6. Alfredo Dinis, Manuel Morais, Lúcio Craveiro da Silva, Acílio da Silva Estanqueiro Rocha & Aníbal Pinto de Castro (1997). Homenagens. Revista Portuguesa de Filosofia 53 (1).score: 87.8
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  7. Lúcio Craveiro da Silva, José do P. Bacelar E. Oliveira & B. F. (1989). Crónica. Revista Portuguesa de Filosofia 45 (2):285 - 292.score: 87.8
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  8. Lúcio Craveiro da Silva (1991). O Sentimiento Moral E Religioso Na Filosofia de Antero. Revista Portuguesa de Filosofia 47 (2):209-226.score: 85.5
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  9. Lúcio Craveiro da Silva (1995). A Facultade de Filosofia de Braga E a Sua Revista Portuguesa de Filosofia. Revista Portuguesa de Filosofia 51 (2):281-294.score: 85.5
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  10. Mariluze Ferreira de Andrade E. Silva, Pablo López López, Maria de Lourdes Sirgado Ganho, Sara Fernandes & Lúcio Craveiro da Silva (forthcoming). Crónica. Revista Portuguesa de Filosofia.score: 85.5
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  11. Joannes Paulus Pp, Lúcio Craveiro da Silva, Júlio Moreira Fragata, Júlio Fragata, Remigius Bäumer & Manuel Losa (forthcoming). Crónica. Revista Portuguesa de Filosofia.score: 85.5
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  12. Milena Aragão & Lúcio Kreutz (2010). Considerações acerca da Educação Infantil: história, representações e formação docente. Conjectura: Filosofia E Educação 15 (1):25-44.score: 42.0
    O presente artigo tem como objetivo chamar a atenção para a historicidade do sujeito, em especial daquele atuante na educação de crianças pequenas. Para tanto, parte do levantamento da trajetória histórica da Educação Infantil no Brasil, analisando os avanços e desafios dessa modalidade educacional. Como foco de debate é discutida a posição da Educação Infantil na sociedade e na cultura e as representações culturais sobre a mulherprofessora no processo de construção de sua identidade profissional. O texto é finalizado abordando as (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  13. Milena Cristina Aragão Ribeiro de Souza & Lúcio Kreutz (2010). Considerações acerca da Educação Infantil: história, representações e formação docente. Conjectura: Filosofia E Educação 15 (1).score: 42.0
    O presente artigo tem como objetivo chamar a atenção para a historicidade do sujeito, em especial daquele atuante na educação de crianças pequenas. Para tanto, parte do levantamento da trajetória histórica da Educação Infantil no Brasil, analisando os avanços e desafios dessa modalidade educacional. Como foco de debate é discutida a posição da Educação Infantil na sociedade e na cultura e as representações culturais sobre a mulherprofessora no processo de construção de sua identidade profissional. O texto é finalizado abordando as (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  14. Lúcio Lourenço Prado (2011). Nomes próprios gerais no contexto da semântica de J. S. Mill. Trans/Form/Ação 28 (1):67-83.score: 42.0
    O presente artigo apresenta argumentos em defesa da hipótese de que nomes próprios gerais são impossíveis no contexto da filosofia geral de Stuart Mill. Minha tese é contrária à posição de John Skorupski sobre esta questão. Ofereço dois argumentos que representam, respectivamente, duas diferentes perspectivas: pragmático e sistemático. No primeiro, analiso o problema dos nomes próprios gerais no contexto da linguagem natural. No segundo, discuto o problema no contexto interno do Sistema de Lógica de Mill.
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  15. Glauco Constantino Perez & Lúcio Tadeu Mota (2010). Etnoarqueologia Dos Grafismos Guarani: Estudo Do Acervo Cerâmico Do Sítio Arqueológico Córrego da Lagoa 2 – Altônia - Pr. Dialogos 14 (3).score: 36.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  16. Lucio Del Corso (2012). Il libro e il logos. Riflessioni sulla trasmissione del pensiero filosofico da Platone a Galeno. Quaestio 11 (1):3-34.score: 36.0
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  17. Carlos Alberto Medino da Rocha (2012). A construção da educação como cuidado de si em Kierkegaard. Cadernos Do Pet Filosofia 3 (6):79-84.score: 27.0
    O presente trabalho procura refletir sobre o processo de construção da educação como uma “educação da interioridade” que parte de uma concepção do cuidado de si, a partir do viés do pensamento filosófico do dinamarquês Sören Kierkegaard. Num primeiro momento, aponto paro o seu conceito de existencialismo, que versa a construção de um indivíduo singular, voltado para sua existência individual; e, num segundo momento, apresento, ainda, que de forma breve, a relação entre o mestre e o discípulo marcada na obra (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (9 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  18. Marcos Rodrigues da Silva (2013). Teologia Afro (ou Negra) da Libertação : balanço e perspectivas (Afro (or Black) Liberation Theology: balance and perspectives). Horizonte 11 (32):1769-1776.score: 27.0
    KOINONIA/ASETT MINGA/MUTIRÃO DE REVISTAS DE TEOLOGIA LATINO-AMERICANAS Teologia Afro (ou Negra) da Libertação : balanço e perspectivas (Afro - or Black - Liberation Theology: balance and perspectives).
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  19. L. Craveiro da Silva (1989). Silvestre de Moraes, Filosofo in Filosofia em Portugal (IV). Revista Portuguesa de Filosofia 45 (1):21-41.score: 27.0
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  20. Mary Rute Gomes Esperandio & Kevin Lee Ladd (2013). Oração e Saúde: questões para a Teologia e para a Psicologia da Religião (Prayer and Health: issues for theology and psychology of religion) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2013v11n30p627. [REVIEW] Horizonte 11 (30):627-656.score: 24.0
    A pesquisa quantitativa tem sido predominante nos estudos sobre oração. A partir de uma abordagem qualitativa baseada na análise de conteúdo, este estudo examina as relações entre oração e saúde. Os dados são provenientes de 104 vídeos com entrevistas gravadas com participantes de igrejas Católicas, Protestantes e Pentecostais. A análise levantou quatro categorias descritivas do uso da oração: 1. Como estratégia de coping (enfrentamento) (62,5%); 2. Para manter viva a espiritualidade (15,3%); 3. Como técnica de empoderamento mútuo (8,6%); 4. Como (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (7 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  21. Luiz Damon Santos Moutinho (2012). Merleau-Ponty e a “filosofia da consciência”. Doispontos 9 (1).score: 24.0
    Esse texto é a apresentação inicial de uma leitura de conjunto da obra de Merleau-Ponty. Ele é essencialmente crítico pois nele apenas discutimos as interpretações de Carlos Alberto Ribeiro de Moura e Renaud Barbaras - interpretações que, apesar de suas diferenças, convergem no diagnóstico de que se trata de uma "filosofia da consciência". Procuramos mostrar o que nos parece insuficiente e parcial nessas interpretações.  .
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  22. Vanderson de Sousa Silva (2013). Teologia da oração eucarística II: Da anáfora de hipólito de Roma à oração eucarística II. Revista de Teologia (Reveleteo). Issn 2177-952x 7 (11):35-59.score: 24.0
    Este trabalho monográfico busca pesquisar a teologia da Oração Eucarística II, em seus aspectos teológicos e históricos. Para tanto, buscou-se estudar a Anáfora Eucarística de Hipólito de Roma em sua obra – Traditio Apostolica, este é um texto patrístico do século III, onde se encontram alguns aspectos da Liturgia em Roma. Investigando o texto anafórico hipolitano constata-se que a Comissão responsável pela confecção das novas Preces Eucarísticas retoma o texto anafórico de Hipólito de Roma. Nosso artigo busca possibilitar o conhecimento (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (4 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  23. Gustavo Caponi (2010). Introdução à Teoria da Ciência, de Luiz Henrique de A. Dutra. Principia 2 (2):291-295.score: 24.0
    Review of "Introdução à Teoria da ciência", de Luiz Henrique de A. Dutra.
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (3 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  24. Thomas Macaulay Ferguson (2014). Extensions of Priest-da Costa Logic. Studia Logica 102 (1):145-174.score: 24.0
    In this paper, we look at applying the techniques from analyzing superintuitionistic logics to extensions of the cointuitionistic Priest-da Costa logic daC (introduced by Graham Priest as “da Costa logic”). The relationship between the superintuitionistic axioms- definable in daC- and extensions of Priest-da Costa logic (sdc-logics) is analyzed and applied to exploring the gap between the maximal si-logic SmL and classical logic in the class of sdc-logics. A sequence of strengthenings of Priest-da Costa logic is examined and employed to pinpoint (...)
    Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  25. Zeljko Loparic (2005). Os problemas da razão pura e a semântica transcendental. Doispontos 2 (2).score: 24.0
    O presente artigo tem como objetivo mostrar que a teoria kantiana da possibilidade de juízos a priori, o conteúdo essencial da sua crítica da razão pura, foi elaborada no intuito de garantir a solubilidade dos problemas necessários da razão pura e que essa teoria pode ser interpretada como uma semântica transcendental (a priori). The problems of pure reason and the transcendental semanticsThis article aims at showing that Kant´s theory of possibility of a priori judgments, which is the essential content of (...)
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  26. Yves Zarka (2001). Hobbes e a invenção da vontade pública. Discurso 32:71-84.score: 24.0
    Pretende-se, neste artigo, examinar uma das principais inovações introduzidas por Hobbes na filosofia política moderna, que é a invenção da noção de vontade política pública. A dimensão moderna do público é estabelecida por Hobbes por meio da solução do problema da passagem do múltiplo ao uno, da multidão ao povo. presente desde os Elements of law e do De cive . No Levíatã , a emergência da vontade política pública ganha os seus contornos teóricos definitivos. embora Hobbes não tenha chegado (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  27. Marilena Chauí (1994). A idéia de parte da natureza em Espinosa. Discurso 24:57-128.score: 24.0
    Desde o século XVII, cria-se uma tradição interpretativa da obra de Espinosa afirmando a irrealidade dos seres finitos, à maneira dos panteísmos orientais. Tomando as versões antigas e recentes do suposto orientalismo espinosano, procuramos apontar seus equívocos. Para isto, tomamos as inovações de Espinosa na definição das idéias de substância e modo e o papel central da idéia de parte da Natureza para a compreensão dos modos finitos como realidades individuais e suas relações com a substância infinita.
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  28. Patrick Hutchings (2009). Antonello da Messina: L' Opera Completa. Sophia 48 (1):59-76.score: 24.0
    Antonello da Messina’s Annunciation with the Blessèd Virgin sola breaks with iconic convention, so inviting new interpretations of the theme. The Rome exhibition of 2006 allowed one to compare Antonello with van Eyck: Antonello seemed pre-modern. This review discusses three important essays on the Annunciation (see the last three keywords). All three perceptive essays raise theological and phenomenological issues directly related to the almost unique iconic representation which Antonello gives us.
    Direct download (4 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  29. Fábio Portela Lopes Almeida & Paulo César Coelho Abrantes (2012). A teoria da dupla herança e a evolução da moralidade. Principia 16 (1):1-32.score: 24.0
    http://dx.doi.org/10.5007/1808-1711.2012v16n1p1 A teoria darwinista tem contribuído para a discussão de problemas nos mais diversos campos filosóficos, entre os quais se inclui a ética e a teoria moral. A sociobiologia e a psicologia evolucionista elucidaram muitos aspectos do comportamento social de diversas espécies animais, a partir de mecanismos como a seleção de parentesco e o altruísmo recíproco que, contudo, são insuficientes para explicar a cooperação no caso humano. Como alternativa, a teoria da dupla herança busca explicar o comportamento humano considerando tanto (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (4 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  30. Eduardo Meinberg de Albuquerque Maranhão Filho (2012). “Marketing de Guerra Santa”: da oferta e atendimento de demandas religiosas à conquista de fiéis-consumidores (Holy War's Marketing: supply and meeting of religious demands to the conquest of the faithful-consumers).DOI:10.5752/P.2175-5841.2012v10n25p201. [REVIEW] Horizonte 10 (25):201-232.score: 24.0
    O artigo apresenta apontamentos sobre “marketing de guerra santa ” , o planejamento estratégico de gerenciamento de mercado religioso aplicado por algumas das igrejas cristãs da contemporaneidade. Vale-se de reflexões a partir de observação participante e de consulta a bibliografia especializada. Apontam-se algumas das formas com as quais essas igrejas se midiatizam e se inserem num contexto de espetacularização e mercadorização próprios da sociedade do tempo presente e imediato. O mercado religioso no qual se inserem as agências que praticam este (...)
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  31. Décio Krause (2009). Newton da Costa e a Filosofia de Quase-verdade. Principia 13 (2):105-128.score: 24.0
    Este artigo pretende introduzir os três volumes de Principia que aparecerão em sequência homenageando os 80 anos do professor Newton da Costa. Ao invés de apresentar os artigos um a um, como se faz usualmente em uma introdução como esta, preferimos deixar os artigos falarem por si, e oforoecer aos leitores brasileiros, especialmente nossos estudantes, alguns aspectos da concepção de ciência e da atividade científica de Newton da Costa, fundamentadas no conceito de quase-verdade, que ele contribuiu para desenvolver de modo (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (4 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  32. Faustino Luiz Couto Teixeira (2011). O “ensino do religioso” e as Ciências da Religião (Teaching “of the religious” and Sciences of Religion) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2011v9n23p839. [REVIEW] Horizonte 9 (23):839-861.score: 24.0
    Tendo em vista o amplo debate que divide a opinião de pesquisadores hoje no Brasil em torno da complexa questão do “ensino religioso” na escola pública, este artigo busca situar o tema na perspectiva das ciências da religião. Busca-se apontar a possibilidade de um aporte singular desse novo campo disciplinar no “ensino do religioso”. Sem cair num proselitismo problemático, busca-se mostrar a pertinência e plausibilidade de uma reflexão que favoreça a aproximação e o conhecimento por parte dos alunos das distintas (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  33. Rosemary Fernandes Costa (2012). O caminho da mistagogia: uma mística para os nossos tempos (The mystagogy way: a mystic for our time) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2012v10n27p831. [REVIEW] Horizonte 10 (27):831-853.score: 24.0
    In the early centuries of the nascent Church, we find a fountain experience lived by the Church at its beginnings: mystagogy. In this period of the Church’s history, the pedagogy which inspires the Church Fathers is mystagogy, that is, the pedagogy of Mystery. We believe that in the mystagogy experience, lived in the Church in the 3rd and 4th centuries, one finds a fruitful fountain which may be paradigmatic with regard to the contemporary religious experiences. We invite the reader to (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  34. Cassiano Terra Rodrigues (2007). Matemática como Ciência mais Geral: Forma da Experiência e Categorias. Cognitio-Estudos.score: 24.0
    Este artigo tem como objetivo geral apresentar alguns aspectos básicos da filosofia da matemática de Charles Sanders Peirce, com o intuito de suscitar discussão posterior. Especificamente, são ressaltados: o lugar da matemática na classificação das ciências do autor; a diferença entre matemática e filosofia como cenoscopia; a relação entre as categorias da fenomenologia e matemática; o conceito de experiência e sua formalização possível; a distinção geral entre lógica, como parte da investigação filosófica, e matemática.
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  35. Vladmir Safatle (2013). Fetichismo e mimesis na filosofia da música adorniana. Discurso 37:365-406.score: 24.0
    Este artigo analisa o conceito de fetichismo no interior da filosofia da música adorniana, a fim de mostrar como ele visa dar conta de uma ampla crítica aos processos de racionalização do material musical na modernidade ocidental. Para que o teor da crítica seja medido de maneira correta, devemos perceber como, no conceito adorniano de "fetichismo", convergem deliberadamente motivos de suas tradições de crítica ao fetichismo: a marxista e a psicanalítica. Tal estratégia nos permitirá compreender a razão pela qual o (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  36. Mário Antonio Sanches & Vanessa Roberta Massambani Ruthes (2009). Ética mundial e cultura da paz: desafios da Bioética (World-wide ethics and culture of the peace: dialleenges of the Bioethics) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2009v7n14p31. [REVIEW] Horizonte 7 (14):31-45.score: 24.0
    O projeto de ética mundial, desenvolvido pelo teólogo ecumênico Hans Küng, propõe que somente por meio de um diálogo inter-religioso é possível estruturar princípios básicos que sejam válidos globalmente e que proporcionem a construção de uma cultura da paz. Essa possibilidade no campo da ética estabelece um amplo diálogo com diferentes autores. No entanto, como o próprio autor assume, o projeto possui limitações, sendo que uma delas é a exclusão de temas que envolvem questões de Bioética que são importantes para (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  37. Paulo Fernando Carneiro Andrade (2010). O Cristianismo diante dos Desafios da Globalização Econômica e Cultural (Christianity before the challenges of economic globalization and cultural) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2009v7n15p110. [REVIEW] Horizonte 7 (15):110-121.score: 24.0
    O presente artigo objetiva refletir sobre os impactos da globalização econômica na cultura contemporânea. O processo acelerado de transformação da cultura e das relações sociais distingue-se de outros processos de mudança estrutural porque as mudanças no campo da economia desde a década de 1980 provocaram uma grave crise cultural. O que mais caracteriza os novos tempos é a expansão do mercado que se torna omniabrangente e omnipresente, transformando as relações humanas em relações de mercado. Globalização neoliberal e a expansão do (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  38. Silvio Seno Chibeni (2012). Hume e as bases científicas da tese de que não há acaso no mundo. Principia 16 (2):229-254.score: 24.0
    http://dx.doi.org/10.5007/1808-1711.2012v16n2p229 Tanto no Tratado da Natureza Humana como na Investigação sobre o Entendimento Humano , Hume mostra-se convencido de que “não há acaso no mundo”, e que “aquilo que o vulgo chama de acaso não passa de uma causa secreta e escondida”. Essa tese desempenha papel crucial em sua análise do livre-arbítrio e, conseguintemente, da responsabilidade moral; é também um elemento importante em sua discussão sobre os milagres. No entanto, o próprio Hume ofereceu, no Tratado , um argumento convincente para (...)
    Translate to English
    | Direct download (4 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  39. Rodrigo Sobral Cunha (forthcoming). O essencial sobre ritmanálise. Rhuthmos.score: 24.0
    Extrait de : Rodrigo Sobral Cunha, O essencial sobre ritmanálise, INCM, 2010, 78 p. A Ritmanálise é um novo modelo integral de conhecimento operacional concebido pelo filósofo, físico e matemático português Lúcio Alberto Pinheiro dos Santos (1889-1950) e apresentado à Europa pelo filósofo e epistemólogo francês Gaston Bachelard (1884-1962). O ritmo é a própria energia de existência em todas as escalas e assim o princípio unificador da física, da biologia e da psicologia. Tanto o universo como a (...) - (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  40. Jorge de Almeida (2013). Filosofia da música e crítica musical em Theodor Adorno. Discurso 37:343-364.score: 24.0
    O impulso que leva grande parte dos comentadores a enfatizar a importância de Adorno como "filósofo da nova música" parece ser o mesmo que condena a uma lugar subalterno e ao olhar indiferente sua atuação como crítico musical. E, no entanto, não há como entender (ou criticar) a filosofia desenvolvida por Adorno sem levar em consideração a origem polêmica de grande parte de suas ideias. Se a filosofia da música não quer ser apenas mais uma "filosofia de alguma coisa", tem (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  41. José Marques de Melo (2011). MacBride, a NOMIC e a participação latino-americana na concepção de teses sobre a democratização da comunicação. Logos 15 (1 (2008)):42-59.score: 24.0
    Qual a influência exercida pela América Latina na construção do Relatório MacBride e na formulação das teses que embasaram a proposta de uma Nova Ordem Mundial da Informação e da Comunicação? A intenção deste trabalho é esclarecer o episódio histórico protagonizado pela UNESCO no ocaso da guerra-fria, ao focalizar as teses sobre a democratização da comunicação e discutir a significação daquela plataforma política na presente conjuntura internacional.
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  42. Ernesto Maria Giusti (2005). Signo e sentido interno na filosofia da matemática pré-crítica. Doispontos 2 (2).score: 24.0
    Este artigo defende que, na Investigação sobre os princípios da teologia natural e da Moral, o conceito de “sentido interno” é central à reflexão kantiana sobre a matemática. Ele não deve ser entendido em sua acepção crítica, mas corresponde antes àquela derivada de Locke, pelo intermédio de Crusius, e se resume a uma reflexão mental sobre figuras e conceitos matemáticos. Ao incluir no sentido interno a dimensão simbólica do conhecimento matemático, Kant podia ainda ignorar um dos problemas centrais de sua (...)
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  43. Luiz Eduardo de Souza Pinto (2013). A concepção biocêntrica e sua viabilidade na doutrina da igreja católica. Horizonte 11 (31):1157-1158.score: 24.0
    SOUZA PINTO. L. E. A concepção biocêntrica e sua viabilidade na doutrina da igreja católica . Dissertação (Mestrado) 2013. 94f - Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião, Belo Horizonte. Palavras-chave: Antropocentrismo. Biocentrismo. Catecismo da Igreja Católica.
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  44. Luiz Paulo Rouanet (2013). Sobre o Caráter “Abstrato” da Democracia Deliberativa. Trans/Form/Ação 36 (1):177-194.score: 24.0
    O presente texto propõe-se discutir o suposto caráter abstrato da chamada democracia deliberativa, tomando como base a ética discursiva e a teoria da ação comunicativa. Se, por um lado, a democracia deliberativa não pretende ser mais que um modelo teórico para orientar as discussões em torno da democracia, por outro, alguns de seus enunciados podem e são efetivamente incorporados à prática política das sociedades democráticas contemporâneas. A questão aqui é saber o quanto de concreto e propositivo se pode encontrar especialmente (...)
    Translate to English
    | Direct download (10 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  45. Frank Thomas Sautter (2006). Um breve estudo histórico-analítico da Lei de Hume. Trans/Form/Ação 29 (2):241-248.score: 24.0
    A Lei de Hume, pela qual um dever ser não pode resultar de um ser, e a sua recíproca, pela qual um ser não pode resultar de um dever ser, ocupam posições proeminentes nas discussões de metaética. Neste trabalho mostrarei relações lógicas entre distintas formulações da Lei de Hume e da sua recíproca. Também mostrarei como essas formulações estão relacionadas a teses sustentadas por importantes pensadores como Poincaré, Nelson, Jörgensen e Hare.
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  46. Josiney A. Souza (2013). A origem da Vida: Uma descoberta surpreendente. Revista de Teologia (Reveleteo). Issn 2177-952x 7 (11):p. 108-118.score: 24.0
    Séculos de intenso trabalho no discurso da origem da vida levaram a ciência a nenhuma descoberta significativa. As teorias mais progressivas se estagnaram no problema central da origem da informação genética, inimaginavelmente distante de qualquer concepção humana. Aparentemente o Criador reservou para si o conhecimento absoluto deste extraordinário acontecimento. Mas há algo surpreendente nessa investigação que está ao alcance do homem.
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  47. Antonio José Almeida (2013). Teologia da Libertação e transições eclesiais pendentes para o futuro (Liberation theology and ecclesial pending transitions). Horizonte 11 (32):1692-1709.score: 24.0
    Minga-Mutirão de Revistas de Teologia Latino-americanas Teologia da Libertação e transições eclesiais pendentes para o futuro (Liberation theology and ecclesial pending transitions).
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  48. Paulo Agostinho Nogueira Baptista (2009). Globalização e as teologias da Libertação e do Pluralismo Religioso. Horizonte 5 (9):54-79.score: 24.0
    A “globalização” é um fenômeno desafiante. É um conceito que apresenta diversas significações e utilizações. Há certa imprecisão conceitual sobre a “globalização”, especialmente no campo teológico, encontrando-se outras categorias que também são utilizadas com a intenção de representá-la: “mundialização” e “internacionalização”. A complexidade dessas realidades faz surgir ainda conceitos como "globalidade” e “globalismo”. Como compreender esses fenômenos, suas dimensões e todas essas terminologias? E como alguns teólogos têm se apropriado dessa realidade? Este artigo discute e define esses diversos conceitos, amparando-se (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  49. Marcelo Barros & José Maria Vigil (2013). Anunciaram a morte, mas está bem viva, obrigado! Teologia da Libertação 40 anos depois (Death was announced, but it is alive. Thanks! Liberation Theology 40 years later). [REVIEW] Horizonte 11 (32):1674-1677.score: 24.0
    Minga-Mutirão de Revistas de Teologia Latino-americanas Anunciaram a morte, mas está bem viva, obrigado! Teologia da Libertação 40 anos depois ( Death was announced, but it is alive. Thanks! Liberation Theology 40 years later).
    Translate to English
    | Direct download (2 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  50. Zuleika de Paula Bueno & Tiago Roberto Ramos (2013). Luiz Beltrão e Gilberto Freyre: reflexões exploratórias acerca da relação entre ciências sociais e comunicação. Logos 19 (2).score: 24.0
    Explorando possibilidades de interpretação da obra do sociólogo Gilberto Freyre (1900-1987) e do comunicólogo Luiz Beltrão de Andrade e Lima (1918-1986) e inspirados pelos princípios da sociologia da ciência, pretendemos indicar pontos em que a obra e o pensamento dos dois autores se aproximam e/ou se distanciam.
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (3 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
1 — 50 / 1000