Search results for 'Na'ama Carmi' (try it on Scholar)

8 found
Sort by:
  1. Na'ama Carmi (2005). Immigration and Return: The Israeli-Palestinian Case. Philosophia 32 (1-4):21-50.score: 290.0
    Direct download (7 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  2. Na’Ama Carmi (2008). Immigration Policy: Between Demographic Considerations and Preservation of Culture. Law and Ethics of Human Rights 2 (1):1-29.score: 290.0
  3. Berry Groisman, Na'ama Hallakoun & Lev Vaidman (2013). The Measure of Existence of a Quantum World and the Sleeping Beauty Problem. Analysis 73 (4):695-706.score: 14.0
    Next SectionAn attempt to resolve the controversy regarding the solution of the Sleeping Beauty Problem in the framework of the Many-Worlds Interpretation led to a new controversy regarding the Quantum Sleeping Beauty Problem. We apply the concept of a measure of existence of a world and reach the solution known as ‘thirder’ solution which differs from Peter Lewis’s ‘halfer’ assertion. We argue that this method provides a simple and powerful tool for analysing rational decision theory problems.
    Direct download (12 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  4. Na'ama Friedmann (2000). Agrammatic Comprehension of OVS and OSV Structures in Hebrew. Behavioral and Brain Sciences 23 (1):33-34.score: 14.0
    This commentary brings further support for the Trace Deletion Hypothesis (TDH) from a new study of OVS (Object-Verb-Subject) and OSV (Object-Subject-Verb) sentences in Hebrew, which are active constructions that involve object movement but no change in morphology. The comprehension of these constructions in Broca's aphasia is impaired, and the performance is at chance level, as predicted by the TDH.
    Direct download (7 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  5. Prof Dr José Roberto Abreu de Mattos (2011). O desejo de conhecer. Revista de Teologia (Reveleteo). Issn 2177-952x 5 (7):03-07.score: 12.0
    RESUMO Os homens, por natureza, desejam conhecer. Sinal disso é o prazer que nos proporcionam os nossos sentidos, pois ainda que não levemos em conta suas utilidades são estimados por si mesmos, destacando-se acima de todos os outros o sentido da visão. Segundo Platão, esta preocupação filosófica sempre foi a razão de ser da filosofia porque o filosofo, amante do conhecimento, busca sempre a verdade. Ele ama o saber. A busca do saber interior exige do filósofo não qualquer conhecimento, mas (...)
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  6. Julio A. Castello Dubra (2010). Necessidade e contingência do efeito da causa primeira: uma comparação entre Tomás de Aquino e Avicena. Doispontos 7 (1).score: 12.0
    O presente artigo trata do caráter contingente ou necessário da relação causal entre a causa primeira e seu efeito, tal como apresentada por Avicena e Tomás de Aquino. Para tanto, aborda o paralelismo no tratamento da inteligência e vontade divinas por parte de ambos os autores. Ambos aceitam que Deus conhece a si mesmo e, conhecendo-se, conhece aquilo que lhe é distinto. Aceitam igualmente que Deus quer ou ama a si mesmo e, querendo a si mesmo, quer acidentalmente o que (...)
    No categories
    Translate to English
    | Direct download (5 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  7. Sandra Sofia Machado Koutsoukos (forthcoming). Amas na fotografia brasileira da segunda metade do século XIX. Studium.score: 12.0
    No categories
    Translate to English
    |
     
    My bibliography  
     
    Export citation  
  8. Ulysses Roberto Lio Tropia (2009). A semântica de Eros no tempo patrístico. Horizonte 5 (9):106-128.score: 12.0
    O objetivo deste artigo é mostrar a semântica da palavra Eros dentro da tradição cristã. Limita-se a algumas dessas significações. A reflexão mostra a limitação dessa expressão na língua portuguesa. Seu significado é muito mais rico na língua grega. Se a tradição cristã carregou esta palavra de forma negativa, outros Padres leram-na em sintonia com Ágape e com outros significados. A relação mística a interpreta como uma relação “erótica” entre homem e Deus. Esta intimidade procura explicar o aspecto do desejo (...)
    Translate to English
    | Direct download (6 more)  
     
    My bibliography  
     
    Export citation