7 found
Order:
See also:
Profile: Paulo de Jesus (Kings College)
  1.  14
    Paulo Renato Jesus (2016). A Inteligência Dos Futuros Contingentes: Interrogando G. W. Leibniz Sobre Deus E a Verdade. Trans/Form/Ação 39 (1):9-36.
    RESUMO: A presente investigação questiona a essência teo-lógica dos futuros contingentes. Para o efeito, analisa-se, primeiramente, a argumentação segundo a qual, sob certas condições lógicas, teológicas, ontológicas e cosmológicas antinecessitantes, detetadas por G. W. Leibniz, a abertura contingente do futuro parece ser compatível com o regime das "verdades contingentes pré-determinadas", regime enquadrado teologicamente pelo princípio do "futuro melhor" ou do "único futuro verdadeiro". No entanto, os futuros contingentes incitam, com e contra Aristóteles, ao desenvolvimento de uma lógica temporal e plurivalente, (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    My bibliography  
  2.  9
    Paulo Jesus (2010). Le Je Pense Comme Facteur de Vérité: Adéquation, Cohérence Et Communauté Sémantique. Kant-Studien 101 (2):167-188.
    This article proposes a reading of the Kantian transcendental apperception that attempts both to reinforce the cognitive efficacy of its spontaneity and to determine the modus operandi of its unifying function . Thus, being irreducible to a pure logical form , the I think is meant to constitute the qualitative unity of all possible representational system, insofar as it performs an infinite process of semantic or narrative unification. From this standpoint, the I think denotes the key operation that produces meaning, (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    My bibliography  
  3. Paulo Jesus (2011). Moi et temps chez Leibniz: ou l'unité de la notio completa et de la vis primitiva. Philosophica 37:59-72.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    My bibliography  
  4.  2
    Paulo Jesus (2009). L'instabilité de l'être-avec. Revue Philosophique De Louvain 107 (2):269-300.
    Translate
      Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    My bibliography  
  5. Paulo de Jesus (2013). A Teo-Lógica Leibniziana Do tempoThe Leibnizian Theo-Logic of Time: On the Contingency of Future. Cultura:79-104.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    My bibliography  
  6.  7
    Paulo Jesus (2008). Poetique de L'Ipse: Etude Sur le Je Pense Kantien. Lang.
  7.  3
    Paulo Renato de Jesus (2011). Podem as Razões Subjacentes a Uma Acção Ser as Causas (Eficientes) dessa Acção? / O Labirinto do Descontínuo: Gramática, Fenomenologia e Ontologia da Acção. Revista Portuguesa de Filosofia 67 (1):105 - 128.
    Razões e causas tipificam duas gramáticas ou jogos de linguagem que tendem para a incomensurabilidade. Estas gramáticas instituem uma discriminação qualitativa entre a auto-eficácia de se ser alguém e a eficácia simétrica, impessoal, de se ser algo. As razões podem comportar-se como causas, embora seja profundamente absurdo interpretar razões como causas e vice-versa. Contudo, para que as razões possam assumir tal eficiência causal, é necessário admitir vários postulados: primeiro, uma ontologia monista assegurando a comunicação de eficiência dinâmica entre duas cadeias (...)
    No categories
    Translate
      Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    My bibliography