4 found
Order:
  1.  1
    Véronique Le Ru (2015). L’Encyclopédie « entière » ou comment mettre en relation le discours et les planches, à travers l’exemple du traitement en image et en texte d’un métier : le métier à bas. Doispontos 12 (1).
    r esumo: Minha proposta é perguntar-me em que sentido a Enciclopédia é um dicionário racional das ciências, artes e ofícios. Se foram estudados, sobretudo, os dezessete volumes do texto da Enciclopédia para conhecer o estado do conhecimento no século XVIII, as ilustrações constituem um terreno de estudos muito mais abandonado e suscitam principalmente um interesse estético. Ainda, essas ilustrações tiveram um papel de primordial importância na realização da Enciclopédia. Elas tiveram um papel essencial, como tentarei mostrá-lo através do exemplo do (...)
    No categories
    Translate
      Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    My bibliography  
  2.  2
    Véronique Le ru (2013). Por que Voltaire se tornou newtoniano? Por que refletir sobre as ciências. Doispontos 9 (3).
    Meu intuito é tecer algumas considerações sobre a descoberta e relação de Voltaire com o newtonianismo, e a partir daí refletir de maneira mais geral sobre as possibilidades da aproximação entre filosofia e ciência.
    No categories
    Translate
      Direct download (5 more)  
     
    Export citation  
     
    My bibliography  
  3.  1
    Véronique Le Ru (2010). Le scepticisme dans l'Encyclopédie de Diderot et de d'Alembert. Revue de Métaphysique et de Morale 1 (1):75-92.
    No categories
    Translate
      Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    My bibliography  
  4. Veronique Le Ru (1994). La force accélératrice: un exemple de définition contextuelle dans le Traité de Dynamique de d'Alembert/Accelerative force: an example of contextual definition in d'Alembert's Traité de Dynamique. Revue d'Histoire des Sciences 47 (3):475-494.
    No categories
    Translate
      Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    My bibliography