37 found

Year:

  1.  97
    Aristóteles e a necessidade do conhecimento científico.Lucas Angioni - 2020 - Discurso 50 (2):193-238.
    I discuss the exact meaning of the thesis according to which the object of scientific knowledge is necessary. The thesis is expressed by Aristotle in the Posterior Analytics, in his definition of scientific knowledge. The traditional interpretation understands this definition as depending on two parallel and independent requirements, the causality requirement and the necessity requirement. Against this interpretation, I try to show, through the examination of several passages that refer to the definition of scientific knowledge, that the necessity requirement specifies (...)
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   5 citations  
  2.  7
    Porchat, a Diaphonía E o Torvelinho Do Fenômeno No Neopirronismo.Hilan Bensusan - 2020 - Discurso 50 (2):169-180.
    Neste texto examino algumas consequências da afirmação de Porchat de que o fenômeno no neopirronismo não precisa ser precisamente definido. Ao deixar o fenômeno variar ao sabor das circunstâncias, a abordagem de Porchat então parece deixar um dos elementos da dupla articulação que forma a epokhé neopirronista — a aceitação do fenômeno sem que ele comande crenças e que forma um par com a suspensão do juízo acerca do que não é fenômeno — imerso em imprecisões e, com isso, a (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  5
    A Revalorização Filosófica da Visão Comum de Mundo Segundo Porchat E o Equilíbrio Reflexivo E a Solução de Problemas Em Metafilosofia.Valter Alnis Bezerra - 2020 - Discurso 50 (2):147-167.
    Neste texto investigamos a compatibilidade entre o ceticismo de Oswaldo Porchat e outras duas ideias metafilosóficas gerais, a saber, o equilíbrio reflexivo e a visão de solução de problemas. Procuramos mostrar de que modo o ceticismo e as outras duas ideias são compatíveis e iluminam-se mutuamente, e sugerimos uma articulação entre elas. O equilíbrio reflexivo ajuda a compreender a relação de uma filosofia cética e pós-cética, primeiro, com a vida comum e, depois, com o domínio fenomênico. O enfoque de solução (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  8
    Anatomia E Terapia da Mente Humana: O De Intellectus Emendatione de Espinosa.Marilena Chaui - 2020 - Discurso 50 (2):239-250.
    O artigo busca reavaliar a tradição interpretativa do Tratactus de Intellectus Emendatione, propondo uma outra maneira de ler a primeira obra de Espinosa.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  6
    Ataraxía E Investigação Em Sexto Empírico.Luiz Antonio Alves Eva - 2020 - Discurso 50 (2):295-320.
    Neste artigo examino a noção de ataraxía tal como presente no ceticismo pirrônico de Sexto Empírico. Meu propósito é mostrar que, a despeito de conservar aspectos que parecem estar a ela associados desde a filosofia de Pirro, o sentido da noção de ataraxía muda substancialmente e passa a possuir, ao menos nas Hipotiposes, um aspecto fundamental de ordem “intelectual” associado à supressão de um tipo específico de perturbação filosófica. Pretendo igualmente mostrar que tal peculiaridade permitiria compreender como ele se relacionaria (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  5
    Éramos Felizes E Sabíamos.Fátima Regina Évora - 2020 - Discurso 50 (2):73-83.
    Neste texto pretendo dizer alguma coisa sobre a criação, referida por Porchat como uma epopeia, e consolidação do CLE e do Programa de pós-graduação em Filosofia da UNICAMP. O Prof. Porchat chegou à UNICAMP, em 1975, e trouxe consigo um pequeno projeto, que submeteu ao então reitor da Unicamp, Prof. Zeferino Vaz. A proposta contemplava a implantação de um Centro de estudos e pesquisas nas áreas de Lógica, Epistemologia e História da Ciência bem como a criação de um programa de (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  6
    Uma Amizade Impensável.José Arthur Gianotti - 2020 - Discurso 50 (2):321-323.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  6
    Porchat Sobre o Argumento da Loucura.Lívia Guimarães - 2020 - Discurso 50 (2):61-72.
    Este ensaio se divide em duas partes. Na primeira, retorno, brevemente, aoprogresso da filosofia de Porchat, apontando algumas de suas descobertas notáveis, em artigos reunidos no “Rumo ao ceticismo”, coletânea de 2007, com publicações de 1969 a 2005. Meu primeiro objetivo é contextualizar “O argumento da loucura”, artigo que encerra a coletânea, na obra do filósofo. Na segunda parte, que se inicia com uma revisão de “O argumento da loucura”, proponho uma análise em que o argumento de Porchat se traduz (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  8
    Da Fórmula Porchat: Conflito Das Filosofias, Vontade de Incredulidade, Decidibilidade.Renato Lessa - 2020 - Discurso 50 (2):7-24.
    A Fórmula Porchat — ou seja, a intuição de um conflito das filosofias de caráter indecidível – possui papel tanto propedêutico quanto compulsório para um tratamento não dogmático da história dos sistemas filosóficos. Ao mesmo tempo em que reconhece tal papel, o presente artigo pretende indicar o caráter problemático da correspondência entre “conflito das filosofias” e “indecidibilidade filosófica”. Para tal, sustenta que o sentimento de indecidibilidade filosófica tem como referência impensada uma nostalgia da decidibilidade. O artigo sugere, ainda, o abandono (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  7
    Crença, Descrença, Conversão.Danilo Marcondes - 2020 - Discurso 50 (2):49-60.
    Embora a noção de crença e sua relação com a ação sejam bastante discutidas na literatura sobre o ceticismo, a descrença e as mudanças de crenças são pouco examinadas, apesar de bastante relevantes para a análise das crenças. Em que condições mudamos de crenças, abandonamos crenças anteriores e adotamos novas crenças? Examinaremos dois exemplos significativos e muito influentes na tradição que podem nos esclarecer quanto a isso: Agostinho e Martinho Lutero.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11.  6
    Niilismo E Crença No Diálogo David Hume de Jacobi.Luiz Fernando Barrére Martin - 2020 - Discurso 50 (2):133-146.
    Podemos afirmar de modo fundamental que a crítica de Jacobi à filosofia deriva de seu afastamento do sensível em direção à constituição de verdades cada vez mais abstratas e passíveis de demonstração. Com isso a filosofia apenas conseguiu gerar disputas a respeito do que ela seja, sem conseguir demonstrar qual posição filosófica deu conta da tarefa e que terminam por levar à perda de confiança no empreendimento, ou em outras palavras, levar ao ceticismo. Trata-se aqui de, sem desconsiderar a influência (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12.  7
    Por Que É Impossível Se Ser Cético Nos Dias Atuais. Uma Breve Refutação Do Neopirronismo.Roberto Horácio Sá Pereira - 2020 - Discurso 50 (2):85-109.
    Duas questões fundamentais do pirronismo serão abordadas, a primeira é de natureza histórica: seria tal Neopirronismo congruente com o espírito e a letra do Pirronismo original? Nesse particular a resposta não poderia ser mais afirmativa. Distinguindo-se tanto chamada leitura dita “Urbana” quanto da leitura dita “Rústica,” não há como negar originalidade à leitura Neopirrônica. Ora, mas uma vez que Neopirronismo se assume como projeto filosófico próprio, ele enfrenta uma segunda questão premente: ele se sustentaria pelas suas próprias pernas? A tentativa (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13.  5
    Discurso em resenha 2.Pedro Paulo Pimenta & Pedro Galé - 2020 - Discurso 50 (2):325-337.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14.  6
    Fenômeno E Conflito: Sexto Contra Porchat.Vítor Hirschbruch Schvartz - 2020 - Discurso 50 (2):181-192.
    A leitura da obra de Sexto Empírico que Porchat nos legou apresenta uma inovadora interpretação do conceito cético de phainómenon. Tal interpretação explicitou, ao contrário do que comumente é feito, o enorme alcance e largo escopo de tal conceito, sem, contudo, subtrair do pirronismo boa parte do radicalismo típico de uma filosofia sem crenças. O fenômeno, ou “aquilo que aparece”, é o critério de ação do ceticismo, após a conhecida suspensão do juízo sobre tudo. Ele desempenha também, não obstante, um (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15.  22
    Ainda é preciso ser neopirrônico [It is still necessary to be neo-Pyrrhonian].Waldomiro J. Silva Filho - 2020 - Discurso 50 (2):78-96.
    This article deals with two questions: why would the way in which the neopyrronicle conducts his philosophical activity be more virtuous than his dogmatic, non-pyrrhic colleague does? And why would the result he achieves be more valuable? That said, my answer to the first question is that the way the neo-Pyrrhonian investigates is more virtuous because it seeks to deliberately avoid the vices of precipitation, arrogance and mental closure. Regarding the second question, I suggest that the outcome of the neopyronic (...)
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16.  4
    Sobre a Maneira Neopirrônica de Agir E Pensar.Plínio Junqueira Smith - 2020 - Discurso 50 (2):251-279.
    O texto busca apresentar a atualização das atitudes céticas, como a suspensão do juízo, e sua incidência no campo da atitude nas ciências e na vida. Com o intuito de descrever em linhas gerais como é, ou pode ser, uma vida neopirrônica, para que o leitor julgue isso por si mesmo.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17.  7
    Porchat E o Caminho Aos Princípios.Marco Zingano - 2020 - Discurso 50 (2):25-48.
    O texto busca apresentar a discussão em torno de Ciência e Dialética em Aristóteles, de Porchat.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  5
    Resenhas.Vários Autores - 2020 - Discurso 50 (1).
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19.  7
    O problema da coesão na sociedade comercial.Christopher J. Berry - 2020 - Discurso 50 (1).
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20.  8
    Os Cursos de Geografia Física de Kant.Jorge Conceição - 2020 - Discurso 50 (1).
    Neste artigo indicaremos que a proposição fundamental dos cursos de Geografia física de Kant é: o homem é habitante da Terra. Para validar essa tese, alinharemos a metodologia utilizada por Kant nos cursos de Antropologia e de Geografia física, a fim de evidenciar as convergências e divergências desses cursos. Além disso, também compararemos a metodologia empregada por Kant na História natural e na Geografia física, porque a distinção entre essas ciências nos permitirá ratificar a tese aqui defendida e delimitar os (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21.  5
    O Sábio E o Ignorante. Espinosa E a Emenda da Vida.Antônio David - 2020 - Discurso 50 (1).
    Partindo das figuras do sábio e do ignorante tal como aparecem na obra de Espinosa, busca-se situá-las, na estratégia de exposição de Espinosa, como modelos ou imagens cujo conceito remete à prática. Com isso, procura-se mostrar o lugar central ocupado pelos conceitos de regra de vida e emenda da vida na concepção espinosana de liberdade.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  22.  5
    Ruy Fausto.Ruy Fausto - 2020 - Discurso 50 (1):4-5.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  23.  4
    A Noção de ‘Senso Comum’ Em Thomas Reid.Vinícius França Freitas - 2020 - Discurso 50 (1).
    O objetivo do artigo é discutir a noção de ‘senso comum’ na filosofia de Thomas Reid. Duas hipóteses são apresentadas. A primeira delas afirma que o senso comum a que Reid recorre em questões filosóficas não é senão o conjunto de princípios originais da mente que determinam o ser humano no tocante às suas noções, crenças e inclinações, assim como os juízos e crenças que são devidos a estes princípios. A segunda hipótese afirma que Reid compreende uma espécie de ‘senso (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24.  8
    Dualidades E Tensões No Fausto de Goethe. Um Ensaio.Pedro Fernandes Galé - 2020 - Discurso 50 (1).
    Esse ensaio busca apresentar as dualidades presentes nos primeiros movimentos da edição de Fausto como elementos constituintes da formação do todo da obra. É a própria caracterização dual que garante à obra o estatuto de tragédia. Buscando estabelecer relações com as polaridades abordadas por Goethe essa leitura dual se faz de acordo com alguns postulados teóricos do próprio autor e é uma ferramenta que auxilia a compreensão dessa obra.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  25.  7
    Sobre Interpretação E o Destino da Ontologia Em Nietzsche.Francisco Prata Gaspar - 2020 - Discurso 50 (1).
    O artigo pretende discutir o sentido da ciência filosófica chamada “ontologia”, a doutrina do ente nele mesmo, a partir da crítica histórico-filosófica de Nietzsche à noção de verdade: na medida em que a “vontade de verdade” coloca a si mesma em questão e se pergunta pelo valor da verdade, não é só a “morte de Deus” e da moralidade cristã que finalmente têm lugar, a ideia mesma de uma doutrina do Ser cai por terra, entrando em seu lugar o conceito (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  26.  5
    Consciência E Sentimento No 'Emílio' de Rousseau.Thomaz Kawauche - 2020 - Discurso 50 (1).
    Este artigo examina a ideia de consciência no Emílio de J.-J. Rousseau a partir de uma perspectiva que combina história da filosofia e história lexical. A análise é contextualizada tanto em relação a outros escritos do autor, sobretudo o Discurso sobre a origem da desigualdade, quanto no interior do quadro histórico das ciências nos séculos XVII e XVIII, com atenção para a teoria empirista de John Locke. Busca-se investigar o processo de constituição semântica de “conscience” e “sentiment intérieur” em língua (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  27.  5
    Diferença e vantagem da sedução cética.Cesar Kiraly - 2020 - Discurso 50 (1).
    Trata-se de apresentar os caminhos de uma abordagem, cética em relação à política e seus mecanismos de sedução, bem como a sua imprevisibilidade.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  28.  4
    Canibais E Conflitos Urbanos. Um Estudo Sobre Uma Fonte Etnográfica de Maquiavel.Sandro Landi - 2020 - Discurso 50 (1).
    Este artigo propõe uma análise de alguns escritos de Maquiavel, à luz de um relatório manuscrito dedicado aos canibais preservado em seus arquivos familiares e dos relatos de Américo Vespúcio sobre os costumes dos Tupinambá. A hipótese desenvolvida é que essa literatura etnográfica constitui o filtro usado por Maquiavel para interpretar os conflitos sociais na Florença do seu tempo.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  29.  8
    Schopenhauer: Crítica da Razão E Fundamentação Do Pessimismo.Dax Moraes - 2020 - Discurso 50 (1).
    O pessimismo pode ser encontrado sob diversas formas na obra de Schopenhauer, embora não haja para o pessimismo em geral uma definição precisa. Ele se mostra antes de tudo como uma espécie de valoração da existência tal como o otimismo, seu contrário. Procuro mostrar que o “pessimismo schopenhaueriano” não deve ser tomado como um pressuposto ou postulado acerca do ser originário, tampouco como mero resultado da experiência de vida. Pelo contrário, trata-se da consequência final da crítica da razão que leva (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  30.  4
    Retrato E História. A Pintura Em Joshua Reynolds.Luís F. S. Nascimento - 2020 - Discurso 50 (1).
    Célebre pintor do século XVIII, Joshua Reynolds apresentou ao longo dos anos 1769-1790 discursos para Royal Academy of Arts. Neles, expõe uma concepção de pintura que privilegia os quadros históricos. No entanto, o próprio Reynolds pratica a pintura de retratos. Analisar em que medida a feitura de retratos não entra em contradição com o argumento segundo o qual os quadros históricos são aqueles que melhor representam o gênero pictórico é o que se busca problematizar neste texto.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  31.  6
    O Pensamento Em Conflito. Apresentação E Tradução de 'Sobre a Essência da Crítica Filosófica', de Hegel & Schelling.Luiz Repa - 2020 - Discurso 50 (1).
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  32.  5
    Natureza E Artifício: Hume Crítico de Hutcheson E Mandeville.Fernão De Oliveira Salles - 2020 - Discurso 50 (1).
    Nosso objetivo geral consiste em situar a filosofia moral de David Hume no debate iniciado pela publicação da Fábula das Abelhas de Bernard Mandeville. Pretende-se com isso, matizar a suposta filiação de Hume à filosofia moral de Francis Hutcheson, em especial, e às filosofias do senso moral de um modo geral. Para tanto, além de uma breve exposição das posições de Mandeville e Hutcheson, buscamos realizar uma análise mais detida da concepção humiana de juízo e sentimentos morais, de maneira a (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  33.  5
    Introdução a Uma Leitura de Espinosa.Homero Santiago - 2020 - Discurso 50 (1).
    Ao longo de décadas, a filósofa brasileira Marilena Chaui produziu uma das mais vigorosas e importantes interpretações da filosofia espinosana. Nossa intenção é propor uma introdução a essa leitura. Queremos mostrar como, ao mesmo tempo em que seus passos iniciais vinham na esteira da redescoberta francesa de Espinosa nos anos 60, essa interpretação, segundo relato da própria autora, foi elaborada nos anos 70 “sob o signo da crítica da ditadura”, de tal forma que, ali, a história da filosofia fosse praticada (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  34.  7
    Tempo E Filosofia Na 'Fenomenologia Do Espírito' de Hegel.Paulo Roberto Pinheiro da Silva - 2020 - Discurso 50 (1).
    Nesse texto, pretendemos indicar uma via alternativa para a leitura e compreensão da Fenomenologia do espírito de Hegel. Em relação à leitura antropológico-existencial de Alexandre Kojève e Jean Hyppolite, concordamos com Adorno que a Fenomenologia não é uma história arquetípica do humano em direção ao filósofo, nem trata da passagem de uma consciência comum não filosófica à consciência-de-si filosófica. O objeto dela seria a própria filosofia. Mas não a filosofia em geral e sim a filosofia tal como o idealismo alemão (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  35.  7
    José Cavalcante de Souza.José Cavalcante de Souza - 2020 - Discurso 50 (1).
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  36.  6
    O Erudito Em Tempos de Crise Política: Notas a Partir de 'O Destino Do Erudito' de Fichte.Ronaldo Tadeu de Souza - 2020 - Discurso 50 (1).
    O texto apresenta algumas reflexões sobre qual o papel do erudito nas sociedades humanas. De maneira mais específica procura-se verificar o que os eruditos podem fazer em momentos de crise política como a que a sociedade brasileira atravessa por exemplo. A obra chave para este texto é O destino do erudito de Fichte, articulada com algumas considerações históricas sobre a universidade e qual o estatuto do erudito na sua evolução.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  37.  6
    Leituras Alemãs de 'Hamlet', de Goethe a Hegel.Pedro Süssekind - 2020 - Discurso 50 (1).
    O texto busca apresentar a recepção da céle-bre peça de Shakespeare em solo alemão, as-sim como as consequências que essa leitura teve em diferentes momentos do que se con-vencionou chamar de Goethezeit.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
 Previous issues
  
Next issues