Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs

ISSNs: 0042-3955, 1984-6746

View year:

  1.  1
    Introdução à lógica da medida segundo Hegel.Agemir Bavaresco & Christian Iber - 2024 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 69 (1):e45666.
    A pesquisa trata de uma introdução à lógica da medida de Hegel. O objetivo é fornecer uma visão geral da terceira seção da Lógica do Ser: a Lógica da Medida. O problema é entender o porquê a unidade subjacente do ser é denominada de indiferença absoluta e como ela se diferencia da indiferença do ser puro? Em outras palavras, a indiferença absoluta é descrita como relação quantitativa inversa dos fatores de duas determinações qualitativas. Então, como essa contradição é dissolvida e, (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  1
    John Rawls Refutou o Intuicionismo?Andréa Luisa Bucchile Faggion - 2024 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 69 (1):e45448.
    Em Uma Teoria da Justiça, John Rawls explicou o intuicionismo como a doutrina que professa o pluralismo irredutível de princípios morais, princípios estes cujos conflitos não poderiam ser resolvidos de maneira principiológica. Segundo Rawls, não se pode oferecer um argumento abstrato que prove que o pluralismo moral é falso. Mas seria possível mostrarmos aquilo que o intuicionista nega existir: o princípio moral mais fundamental, que sistematiza nossas obrigações morais. Este princípio, de acordo com Rawls, seria o princípio da equidade. Neste (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3. Nietzsche de Agamben e sua crítica à política como fisiologia.Marcia Rosane Junges & Castor Mari Martín Bartolomé Ruiz - 2024 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 69 (1):e45146.
    Neste artigo, analisamos algumas das peculiaridades da leitura que Agamben faz de Nietzsche, isto é, o uso que faz das ideias do pensador alemão para constituir a sua própria filosofia política. Assim, refletimos acerca do tensionamento e da polifonia entre a vontade de potência em sua configuração fisiopsicológica, e a grande política a partir da transvaloração dos valores. Indicamos essa tensão e polifonia tendo em vista o outro tipo de potência ao qual Agamben se inscreve, a aristotélica, para pensarmos sobre (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
 Previous issues
  
Next issues