Year:

  1. A Interpretação Heideggeriana Sobre o Eterno Retorno de Nietzsche E a Questão Do Tempo.Newton Pereira Amusquivar Júnior - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e10.
    O objetivo do artigo é analisar a interpretação de Heidegger sobre o eterno retorno de Nietzsche, colocando como questão central a problemática do tempo. Para Heidegger, o filósofo de Zaratustra continua sendo metafísico, mas nele se constitui também o acabamento da metafísica. O eterno retorno tem importância fundamental nesse fim da metafísica, pois pensando o instante como algo eterno, se suprime a metafísica por dentro. Nas preleções de Nietzsche I, a interpretação sobre o eterno retorno se interliga com esse fim (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2. De Nietzsche a Husserl. Una consideración fenomenológica de la fantasía a la luz de la intuición trágica del mundo.Fernando Javier Barriga - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e2.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  4
    Entre Nietzsche, Heidegger E o Fim da Metafísica: Uma Aproximação a Partir da Noção de Vontade de Poder.Marina Coelho - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e1.
    Partindo da interpretação heideggeriana de Nietzsche pretendemos pensar a questão do fim da metafísica nos situando na contenda entre esses dois pensadores. Para isso, centraremos nossa análise na discussão sobre a vontade de poder. A maneira pela qual Heidegger interpretou Nietzsche como o filósofo do fim da metafísica, inserindo-o radicalmente nessa tradição, e o sentido que deu para a noção de vontade de poder é foco de discordâncias entre intérpretes “pós-heideggerianos” de Nietzsche. Por isso, trataremos de apresentar também uma outra (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4. A Figura de Nietzsche Nos Cadernos Negros (1931-1948) de Heidegger. Uma Abordagem Hermenêutica.Anna Luiza Coli & Giovanni Jan Giubilato - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e7.
    O presente ensaio aborda a presença de Nietzsche nos Cadernos negros de Heidegger com o intuito de esclarecer e analisar o papel filosófico que Nietzsche aí desempenha. A partir de ferramentas hermenêuticas básicas para a leitura e interpretação do conjunto dos textos que compõem o conjunto chamado Cadernos negros, composto de textos enigmáticos e únicos em relação ao corpus heideggeriano, a figura de Nietzsche aparece não apenas como um centro de referência privilegiado para o pensamento heideggeriano da década de 1930-40, (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  1
    A Busca Schopenhaueriana Das Identidades Fundamentais: A Influência Platônica.Francisco William Mendes Damasceno - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e11.
    Apesar da declaração, por parte do próprio Schopenhauer, de que a sua noção de Ideia deve ser entendida no mesmo sentido da Ideia platônica, estas não são idênticas, e apesar da declarada pretensão de filiação filosófica, é preciso ter em mente as divergências entre essas concepções para bem compreender a noção schopenhaueriana de filosofia como metafísica. Do mesmo modo que Schopenhauer se pretende kantiano mas transforma radicalmente a filosofia transcendental de Kant, o mesmo ocorre com a Ideia platônica na composição (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  1
    El problema del sentido en Nietzsche y Heidegger.Adriano Fabris - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e4.
    El presente artículo tratará un aspecto de la confrontación de Heidegger con Nietzsche. En particular, se analizarán unos cursos de Heidegger de los finales de 1930 y la conferencia del semestre de primavera de 1937, junto con uno de los manuscritos inéditos de Heidegger: los Aportes a la filosofía. El argumento que desarrollaré es que la confrontación con Nietzsche obliga a Heidegger a repensar el problema del sentido, y sobre todo el problema del sentido del ser, que es el tema (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  1
    Nietzsche E Husserl - Uma Aproximação Fenomenológica.Elias Francisco Fontele Dourado - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e3.
    O presente artigo pretende investigar a possível articulação entre o pensamento filosófico de Friedrich Nietzsche e a fenomenologia de Edmund Husserl. Para tanto, usaremos autores internacionais que abordam o tema e indicam a possibilidade da relação entre eles. Usaremos como principal referência as pesquisas de Christine Daigle e Babette Babich.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  2
    Entre Nietzsche E Husserl: Foucault Na Encruzilhada.Marcos Nalli - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e5.
    pretende-se tensionar a tese, difundida no Brasil de que Foucault é um filósofo nietzschiano, mostrando que seu pensamento pode e deve ser visto sempre em confluência com outros pensadores, formando o que se pode chamar de uma comunidade de pensamento. Para isso, busca-se mostrar a singularidade do pensamento de Foucault, seja em relação àquele de Nietzsche, seja a de Husserl, acentuando alguns de seus pontos de convergência e divergência.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  1
    Near Things: Leisure Time and Rest. Phenomenology of Idleness in Friedrich Nietzsche.Paolo Scolari - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e8.
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  1
    A Profundidade Abissal: Nietzsche, Cézanne, Merleau-Ponty E o Enigma Do Mundo.Claudinei Aparecido de Freitas da Silva - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e12.
    O texto visa, contextualmente, situar Nietzsche como um precursor da fenomenologia compreendida por Merleau-Ponty menos a título de uma “doutrina” e mais como um “movimento” incoativo e inacabado. É sob esse prisma que a obra nietzschiana projeta viva audiência a alguns temas caros àquele movimento, entre eles, a interrogação acerca do mundo como mistério. Esse agenciamento encontra na ideia de profundidade um fio condutor decisivo a fim de ressignificar, em termos husserlianos, uma arqueologia da Lebenswelt enquanto regresso a uma Terra (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11.  1
    A Irreversibilidade Do Tempo E o Espírito de Vingança: Problemas Para a Proposta de Um Eterno Retorno.Barbara Smolniakof - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e9.
    Este artigo discute a problemática que serve como ponto de partida para trazer à tona o eterno retorno em Assim Falou Zaratustra. Ele se constitui de dois tópicos, cada um apresentando uma parte do problema que Nietzsche via na noção linear de tempo e que justifica ele propor uma perspectiva alternativa de tempo que leva em consideração a relação que o próprio homem estabelece com o fenômeno da temporalidade, reconhecendo-a como a condição de possibilidade para a criação de valores e, (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12.  1
    Apresentação - Dossiê Nietzsche na Fenomenologia.José Fernandes Weber, Anna Luiza Coli & Giovanni Jan Giubilato - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e6.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13.  3
    Schopenhauer E Os Valores da Experiência Estética, de Bart Vandenabeele.Renata Covali Cairolli Achlei & Luan Corrêa da Silva - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):224-237.
    Tradução do artigo originalmente publicado em The Southern Journal of Philosophy, Vol. XLV, 2007, pp. 565-582, intitulado Schopenhauer on the Values of Aesthetic Experience.
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14.  5
    Ciência, Magia E Filosofia Em Eric Weil.Judikael Castelo Branco - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):44-57.
    Este artigo compreende relações entre os termos elencados no título a partir do texto “Science, magie et philosophie” de Eric Weil. Para tanto, ele se estrutura em três diferentes momentos. No primeiro, procuramos os fundamentos dos argumentos de Weil ao recolocar a relação entre ciência e magia como visões de mundo que coincidem naquilo que uma mantinha como promessa e que a outra alcançou como realização. Depois, vemos a passagem da theôria da ciência antiga à teoria das ciências modernas e (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15.  2
    A Filosofia de Schopenhauer Na Narrativa Do Jovem Werther de Goethe.Flávio Rocha de Deus - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):164-177.
    O presente trabalho se propõe a discorrer acerca da concepção de suicídio e suas motivações para Arthur Schopenhauer e utilizar o romance epistolar Os sofrimentos do jovem Werther como ilustração de tal percepção. Para tal seguimos o seguinte roteiro: encontrar as motivações metafísicas do suicídio para Schopenhauer; expor as considerações do filósofo supracitado sobre o sofrimento e o amor; demostrar como ambos os fenômenos se relacionam com a atitude suicida e a partir desta ótica analisar o romance epistolar de Goethe (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16.  3
    Intuição E Causalidade Na Crítica de Schopenhauer À Epistemologia Kantiana.Jaqueline Engelmann - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):149-163.
    Pode-se afirmar que a filosofia crítica kantiana é uma espécie de suporte para a fundamentação epistemológica de Schopenhauer, mas que a teoria schopenhaueriana de modo algum a ela se reduz até porque Schopenhauer reprova desde a compreensão de Kant a respeito do papel que desempenham intuição e razão até a arquitetônica kantiana que exige doze categorias como alicerce do processo de conhecer. Nosso texto versará sobre a importância que Schopenhauer concede à intuição e, principalmente, sobre a justificação de Schopenhauer acerca (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17.  5
    Fichte E a Estrutura da Magia.Federico Ferraguto - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):28-43.
    Objetivo deste artigo é discutir a recepção fichteana do mesmerismo e avaliar criticamente a interpretação fichteana do rapport como instrumento para desenvolver uma reflexão em torno das condições de possiblidade para a elevação ao ponto de vista transcendental. A minha tese é que Fichte opera uma assimilação seletiva do magnetismo animal, mas recusa os seus elementos fundamentais. Em especial Fichte explora a possibilidade de entender a Wisseschaftslehre como uma abordagem filosófica que pretende superar os limites que definem a concretude do (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  3
    Enfermedad, Medicina y Magia en el sistema filosófico de Schopenhauer.David López - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):17-27.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19.  3
    The Two Souls of Schopenhauerism: Analysis of New Historiographical Categories.Giulia Miglietta - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):207-223.
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20.  4
    A Atitude Fenomenológica E o “Caminho Do Guerreiro”: Aprendendo a “Ver”.Rudinei Cogo Moor - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):86-99.
    A fenomenologia, como método filosófico, consiste primeiramente numa mudança de atitude, do “olhar natural” para o “ver essencial”. O caminho fenomenológico se inicia quando um fenômeno se mostra para a consciência segundo algum modo descritivo. Com a redução dos pressupostos ou interpretações, a fenomenologia se propõe a descrever o dado puro, a essência do que se dá em aparição. Numa descrição literária, podemos entender esse objetivo fenomenológico como a descrição do conhecimento da feitiçaria, ordenada por Carlos Castaneda em suas experiências (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21.  3
    Schopenhauer Em Signos: Maquinismo E Livre-Arbítrio No Magnetismo Do Amor.Roberto Da França Neves - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):189-206.
    A publicação de Signos, de Nestor Victor, é um marco na expansão conceitual do Simbolismo no Brasil e nas reflexões acerca dos problemas da civilização no fim de século. Verifica-se nos seus contos a presença do heterodiscurso, sendo fundamental a voz de Arthur Schopenhauer, tendo como referência a sua obra Metafísica do Amor. Por outro lado, o narrador desenvolverá uma voz que se oporá ao maquinismo do amor, a essa determinação dos sentimentos pelo dever biológico. No universo de Signos, levando-se (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  22.  3
    Sonhos Tir'nicos E Uma Poção Mágica Para as Opressões Na Cabeça de Cármides No Diálogo (Homônimo) de Platão.Bianca Vilhena Campinho Pereira - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):134-148.
    Sabendo que Cármides sofria com dores na cabeça pela manhã, Sócrates se oferece para curar a enfermidade do jovem e, em busca do fármaco para o tratamento, conta que, enquanto esteve em Potideia, recebera o ensinamento de certas práticas mágicas de um discípulo de Zalmoxis. Possíveis causas para as opressões na cabeça de Cármides já foram aventadas, como, por exemplo, a ressaca da embriaguez e a própria intemperança, objeto de análise do diálogo. O nosso propósito neste artigo é, além de (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  23.  5
    Viagens Aos Infernos: A Experiência Visionária Como Ensaio Para Uma Filosofia Pré E Pós Humanista.Tiago Brentam Perencini - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):100-122.
    Por que a experiência visionária perturba a filosofia? Experimentando uma anarqueologia como procedimento de leitura, argumento que a relação entre filosofia e magia no curso da história ocidental pode ser encenada como uma peça paradoxal. Da mesma maneira que a filosofia racionalista conjura a magia, simultaneamente, tais saberes estiveram presentes de modo polifônico nos bastidores da encenação ilustrada. Para conjurar o demônio é necessário antes evocá-lo. Evoco, assim, o itinerário das viagens aos infernos ao qual certa visão xamanística de alma (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24.  5
    Metafísica Em Tempos de Pandemia: Consolo Schopenhaueriano Para o Espanto Em Face da Morte.Gleisy Tatiana Picoli - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):178-188.
    O ponto central do presente artigo consiste em aplicar o conceito schopenhaueriano de metafísica ao contexto atual da pandemia de covid-19, com o intuito principal de proporcionar um consolo ao indivíduo angustiado com medo da morte.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  25.  1
    Schopenhauer Como Um Evolucionista, de Arthur O. Lovejoy.Stéphanie Sabatke, Renata Covali Cairolli Achlei & Luan Corrêa da Silva - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):238-252.
    Tradução do texto "Schopenhauer as an evolutionist" de Arthur. O. Lovejoy, publicado em 1911 no The Monist.
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  26.  10
    Between Science and Magic: The Case of Schopenhauer.Marco Segala - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):3-16.
    Uma reflexão filosófica sobre a fenomenologia representada pela magia e pelos poderes mentais extraordinários deveria envolver uma consideração sobre a história da filosofia, em particular sobre os filósofos que estavam familiarizados com o paranormal e que investigaram sobre ele. O presente trabalho propõe uma leitura sobre a investigação de Schopenhauer acerca dos fenômenos paranormais a qual envolve três aspectos: uma análise das estratégias argumentativas propostas por Schopenhauer; uma contextualização do tratamento dado por Schopenhauer à magia e ao espiritismo; uma tentativa (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  27.  1
    Dossiê "Filosofia, Ciência E Magia".Luan Corrêa da Silva - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):1-2.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  28.  2
    Palavra, Ato, Feitiço: Algumas Conjurações No Campo da Magia.Léo Karam Tietboehl - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):123-133.
    Este artigo parte de uma proposta terapêutica psicanalítica de cura pela fala e das premissas dos estudos a respeito de um performativo para conjurar referenciais e tecer considerações acerca do feitiço, tomando-o na sua dimensão de acontecimento singular e de natureza imprevisível. Esta discussão ocorrerá debruçada sobre os meios de um capitalismo e pautada a partir das ambivalências de uma ideia de fetiche. No ensejo desta discussão, são retomadas algumas colocações que elaboram sobre os interstícios entre magia e política para (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  29.  4
    Ideias Para Uma Termodin'mica Noética E Uma Noética Ígnea.Marco Antonio Valentim - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (3):58-85.
    O ensaio desenvolve o problema cosmológico da relação entre metafísica e termodinâmica, pensamento e ambiente, espírito e calor, com foco nos conceitos filosófico- científicos de sistema e entropia, em vista da catástrofe ambiental em curso. Seu objetivo principal é fundamentar a hipótese mágico-filosófica, baseada em Ficino e Agrippa, Starhawk e Castaneda, segundo a qual uma termodinâmica noética, ou uma noética ígnea, é não só possível mas necessária para fazer sentido do Antropoceno como “Piroceno”. Por sua origem antrópica, a catástrofe planetária (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
 Previous issues
  
Next issues