Philósophos - Revista de Filosofia

ISSNs: 1414-2236, 1982-2928

28 found

View year:

  1.  1
    Estado social democrático, democracia, despotismo e “democradura”.Jean-Louis Benoît - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    Há anos ou décadas, vemos países que estavam em marcha em direção à democracia como a Rússia, a Turquia e mesmo reais democracias como o Brasil, se tornarem verdadeiras democraduras, ou se encaminharem para esse tipo de regime, a Hungria por exemplo, mas igualmente outros países. Os analistas políticos continuam lutando para entender a origem e a natureza desse direcionamento sobre o qual a leitura de Tocqueville ainda fornece um esclarecimento notável, cujas análises mantêm perfeita atualidade; é um grande pensador (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  2
    Da cama de Procusto à régua de Lesbos.Keberson Bresolin - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    O presente artigo propõe uma abordagem à didática particularista, fundamentando-se em uma interpretação mitigada do particularismo aristotélico. O particularismo advoga que os julgamentos morais devem ser fundamentados em circunstâncias específicas, sem recorrer a princípios universais. Segundo esta visão, a moralidade transcende regras codificadas, demandando uma aguçada sensibilidade e discernimento diante de cada situação. Em contrapartida, o generalismo argumenta a favor da essencialidade de tais princípios para avaliações morais. O particularismo mitigado aristotélico fornece os alicerces para concebermos uma didática focada nas (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3. Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí e as filosofias esc(r)utáveis da cosmologia e instituições socioculturais Oyó-Iorubás.Aline Matos da Rocha - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    Este artigo busca esc(r)utar o pensamento da filósofa iorubá Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí, que modifica nossa compreensão das culturas africanas, notadamente em relação à raça e ao gênero. Oyèrónkẹ́ Oyěwùmí ao nos chamar a atenção que antes da colonização britânica a sociedade Oyó-Iorubá do sudoeste da Nigéria não se organizava em torno de hierarquias decorrentes da di-visão por corpo generificado, mas da senioridade, nos apresenta cosmologia e instituições socioculturais Oyó-Iorubás assentadas na cosmopercepção de quem não é permanentemente e indefinidamente mais velho ou (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4. Educação civilizatória.Vagner da Silva - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    O presente artigo estabelece uma relação entre quatro elementos que não são usualmente associados no pensamento de Nietzsche: moral, democracia, educação e civilização. Buscamos mostrar que a democracia se baseia na moral e para isso cria um processo educacional que tem como objetivo manter as estruturas civilizacionais existentes. Neste percurso explicamos como os tipos humanos inferiores promovem o rebaixamento da vontade de poder dos tipos humanos superiores, criando um padrão civilizatório que valoriza acima de tudo o que é inferior e (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5. Filosofia e Formação.Maria Cecilia Pedreira de Almeida & Priscila Rossinetti Rufinoni - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    Este trabalho tem por propósito fazer uma análise sobre o valor formador da filosofia, apresentando o quanto esta disciplina pode contribuir para a formação integral dos estudantes, e ainda como o PIBID – o Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência, se insere nesse projeto formativo, não apenas preparando futuros docentes, mas contribuindo também para a formação de futuros pesquisadores que integrarão os Programas de Pós-Graduação em Filosofia. A pesquisa foi elaborada com dados de dois anos de subprojetos da (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6. Os Modelos de formação desejados e a variação da potência de agir em Espinosa.Marcio Francisco Teixeira de Oliveira - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    Na _Ética_, Espinosa afirma que “desejamos formar uma ideia de homem que seja visto como um modelo da natureza humana” (Spinoza, 2008, p. 267). Em três seções, este trabalho discute o desejo de atingir modelos de formação humana, articulando os domínios ontológico, afetivo e gnosiológico do espinosismo. A primeira apresenta a ontologia de Espinosa, segundo a qual o ser humano não é um ser extraordinário, mas uma coisa finita vulnerável e com uma potência de agir limitada. Na segunda, os gêneros (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  1
    Em defesa de um ensino de filosofia e de uma prática filosófica como interpretação e transformação da realidade.Thiago Silva Freitas Oliveira - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    O artigo trata da defesa de um ensino de filosofia e de uma atividade filosófica que se constituem em conjunto e como instrumento para interpretação e transformação da realidade concreta. Estabeleceremos uma relação direta com a noção de filosofia da práxis em Marx e com sua bem conhecida Tese 11, assim como com a Pedagogia Histórico Crítica intencionando a proposta de uma atividade filosófica como instrumento de interpretação e transformação da ordem social burguesa.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8. Alejandro Cerletti e o ensino de filosofia.Danilo Rodrigues Pimenta & Cesar Romero Amaral Vieira - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    Com o objetivo de responder à questão sobre quais são as condições para que aconteça um filosófico ensino de filosofia, busca-se o diálogo com a obra _O ensino de filosofia como problema filosófico_, de Alejandro Cerletti. Critica-se o que ele denomina “pergunta filosófica” e valoriza-se sua proposta de ensino de filosofia como ensino da repetição criativa. Para construir esta proposta de um filosófico ensino de filosofia faz-se também a apropriação do conceito camusiano de embarcamento, utilizado por Albert Camus para descrever (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  1
    Filosofia como educação do pensamento.Paulo Sérgio Dantas Vasconcelos - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    Nossos estudos estão voltados à discussão de problemas gerados na práxis pedagógica do Ensinar. Toda análise que envolve o ensino, seja ele em qualquer nível, não pode desmerecer, antes de tudo, uma acurada atenção aos problemas peculiares referentes a essa atividade. Nossas reflexões encontram-se apoiadas nos desafios e estratégias presentes em Heidegger e Deleuze, naquilo que parece ser para ambos o desafio maior de suas filosofias: _ “o que significa pensar?'' _ e suas considerações aplicadas à dimensão educacional.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10. Objeções e (contra-)argumentos à institucionalização do Ensino de Filosofia como subárea de pesquisa filosófica.Patrícia Del Nero Velasco - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    Desde 2019, está em pauta no Brasil a discussão sobre o Ensino de Filosofia como campo de conhecimento ou subárea de pesquisa. Trata-se de um debate que envolve, até o momento, o mapeamento das produções bibliográficas sobre o tema, a discussão sobre o estatuto epistemológico do campo e, igualmente, sobre os aspectos político-institucionais envolvidos no processo de busca de cidadania filosófica para a subárea em questão. O presente artigo propõe problematizar o campo do Ensino de Filosofia a partir de uma (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11.  2
    Por um anedotário filosófico.Christian Fernando Ribeiro Guimarães Vinci - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (2).
    Esse artigo propõe pensar o modo como as anedotas vitais, conceito elaborado por Friedrich Nietzsche, foram apropriadas metodologicamente por Gilles Deleuze. Essa apropriação, acreditamos, coliga-se ao apelo deleuziano e deleuzo-guattariano por uma renovação da história da filosofia e pela construção de uma perspectiva criativa do ofício filosófico, com fortes impactos sobre o ensino dessa disciplina. Para tanto, iniciaremos recuperando o diálogo travado por Deleuze com algumas concepções canônicas sobre a história da filosofia, mormente as perspectivas de Ferdinand Aquié e Martial (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12.  7
    Quatro formas de silenciamento.Guilherme Ghisoni da Silva - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (1).
    Este artigo tem como objetivo explorar as diversas formas de silenciamento, a partir da análise de Rae Langton sobre a subordinação e o silenciamento das mulheres na pornografia. Ao longo do artigo, separarei a noção de silenciamento da temática da pornografia, abordando-a em uma perspectiva mais geral. Langton, baseando-se em John Austin, distingue três formas de silenciamento: locucionário, ilocucionário e perlocucionário. O artigo propõe a separação entre o silenciamento do ato de proferimento e o silenciamento do ato locucionário. Isso permitirá (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13.  7
    Do fundamento moral à forma da normatividade.Adriano Naves de Brito - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (1).
    O texto articula o itinerário da investigação do autor a partir da pergunta pelo fundamento da moral até a emergência de uma concepção naturalista própria. Entre um ponto e outro, mostra as dificuldades para articular ação, valor e dever —a normatividade— sob um ponto de vista imanente. O eixo em torno do qual os elementos básicos da moralidade estão ligados no diapasão naturalista é a descrição da estrutura da normatividade com base nos quereres recíprocos e reflexivos. A normatividade, segundo essa (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14.  8
    Deus como princípio necessário na fenomenologia de Husserl.Martina Korelc - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (1).
    O artigo se propõe a apresentar como Deus é abordado na fenomenologia de Husserl, relacionado à facticidade da teleologia na vida da subjetividade. A teleologia é encontrada como a ordenação do mundo e de toda a vida subjetiva e intersubjetiva para ideias e para valores. A clarificação fenomenológica exige a fundamentação desta teleologia, encontrada na facticidade. Como fundamento, é necessário pensar um princípio teológico. Qual o sentido da transcendência deste princípio e como esta se anuncia na imanência da consciência? Enquanto (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15.  3
    Descartes: a dúvida e suas dívidas.José Gonzalo Armijos Palacios - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (1).
    O artigo discute passagens importantes da obra de Santo Agostinho e argumenta que muitas são as antecipações de teses comumente atribuídas a Descartes. Entre elas, uma clara antecipação à célebre fórmula “penso, logo existo” na obra do Bispo de Hipona, assim como de outras teses importantes distribuídas ao longo de sua obra. Na segunda parte, culmina o texto com outro dado praticamente desconhecido: o fato de que o estilo meditativo empregado por Descartes também já fora antecipado por uma autora cuja (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16.  2
    A relev'ncia da distinção kantiana entre virtude e boa vontade para o debate contempor'neo sobre a ética das virtudes.Rafael Rodrigues Pereira - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (1).
    O artigo sustenta que a distinç ão entre virtude (_Tugend_) e boa vontade (_guter Wille_) na ética de Kant fornece uma chave para compreendermos a tese da centralidade da virtude na Ética das Virtudes contemporânea. A partir de uma comparação entre as éticas de Kant e de Aristóteles, argumentaremos que o conceito de excelência (_areté_) cumpre, na obra do filósofo grego, a mesma função da boa vontade em Kant, constituindo o valor moral a partir das razões corretas e da motivação (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17.  9
    Wittgenstein on Mathematical Progress.André Porto - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (1).
    O objetivo deste artigo é tentarmos elucidar a extravagante tese de Wittgenstein de que todo e qualquer avanço matemático envolve alguma “mutação semântica”, ou seja, alguma alteração nos próprios significados dos termos envolvidos. Para isso, argumentaremos a favor da ideia de uma “incompatibilidade modal” entre os conceitos envolvidos, como eram antes do avanço, e o que se tornam após a obtenção do novo resultado. Também argumentaremos que a adoção dessa tese altera profundamente nossa maneira tradicional de construir a ideia de (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  3
    Tropeços da igualdade no caminho da natureza à civilidade.Helena Esser dos Reis - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (1).
    O tema da igualdade foi tratado ao longo dos séculos das luzes em par com o tema da liberdade, contudo nesta parceria a igualdade é considerada _condição para_, e não algo _a ser buscado por si mesmo_, ao contrário da liberdade. Esse tratamento, que quase tornou a igualdade um mal necessário, exigiu uma série de restrições – ou tropeços - que introduziram nova série de desigualdades entre os membros do Estado. Os tropeços a serem discutidos aqui dizem respeito à diferença (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19.  3
    Autoleitura, autocrítica, autocomposição.Ricardo Bazilio Dalla Vecchia - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (1).
    Meu objetivo neste artigo é investigar duas autoleituras que Nietzsche faz do _ Nascimento da tragédia _ (1872), a do prefácio póstumo Tentativa de Autocrítica (1886), e a da sessão dedicada à obra em _ Ecce Homo _ (1888), a fim de compreender alguns de seus expedientes de autoleitura, autocrítica e autocomposição.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20.  9
    Frege's two notions of "extension".Araceli Velloso - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 28 (1).
    Nosso objetivo é responder a uma questão proposta por Richard Heck no artigo “Formal Arithmetic Before Grundgesetze”. Heck indaga a respeito das razões pelas quais Frege levou quase oito anos para honrar suas promessas de concluir seu grandioso projeto de fundamentar a matemática na lógica. Embora Heck tenha fornecido algumas respostas, pensamos que uma discussão filosófica mais adequada ainda pode ser oferecida. Este artigo tentará preencher essa lacuna apresentando o que entendemos ser o problema central enfrentado por Frege em _Die (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21.  6
    Bergson et Bachelard face à la nouvelle physique.Gérade Chazal - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 27 (2).
    La rencontre entre Bergson et Einstein en 1922 est souvent présentée comme un cas exemplaire d’incompréhension réciproque entre le philosophe et le physicien. Pourtant, la même année, Bergson publiait _Durée et simultanéité_, analyse et interprétation de cette même Relativité. Il serait erroné de présenter Bergson comme le philosophe ignorant des sciences dures. Entre le texte de 1922 de _Durée et simultanéité_ et celui de 1934 du _Nouvel Esprit Scientifique_, il n’y a pas passage d’une interprétation erronée de la Relativité à (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  22.  2
    Apresentação.Fábio F. de Almeida - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 27 (2).
    Apresentação do dossiê comemorativo do centenário de publicação do livro _Duração e simultaneidade_, de Henri Bergson.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  23.  6
    Resenha de "A ideia de tempo" de Henri Bergson.Fábio F. de Almeida - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 27 (2).
    Resenha do curso ministrado por Henri Bergson no Collège de France, no ano universitário de 1901-1902. Tradução Débora Cristina Morato Pinto. Editora da Unesp 2022.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24.  5
    Cent ans?Alexis de Saint-Ours - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 27 (2).
    Le voyage en boulet occupe une place importante dans _Durée et Simultanéité_. Les arguments avancés par Bergson – pour conclure à tort à la réciprocité des expériences des jumeaux – ne sont pas sans rappeler ceux de Herbert Dingle dans sa controverse avec McCrea. Les versions épurées du pseudo-paradoxe des jumeaux, avec accélération et sans différence d’âge et celles sans accélération et avec différence d’âge, montrent qu’il n’y a pas de sens à vouloir localiser en un point précis d’une ligne (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  25.  12
    Le temps entre Bergson e Bachelard.Enrico Castelli Gattinara - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 27 (2).
    Bergson a toujours voulu séparer science et philosophie soulignant que chacune suit une méthode radicalement différente de l’autre. Bachelard, critiquant les concepts fondamentaux de la philosophie de Bergson, voit dans cette séparation un danger très grave tant pour la science que pour la philosophie. Il faut montrer selon lui les faiblesses du bergsonisme afin d’empêcher que la philosophie ait le dernier mot sur ce qu’est la réalité et le temps. On verra donc, mot par mot, comment les deux philosophes traitent (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  26.  3
    Retour sur Durée e simultanéité.Laurent Lefetz - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 27 (2).
    Comme une sorte de retour, tout anniversaire conjugue un événement du passé au présent. Cent ans après sa parution, le livre de Bergson _Durée et simultanéité_ en constitue un exemple remarquable par les oppositions contenues et qui éclatèrent lors de la rencontre avec Einstein, le 6 avril 1922. Du côté de la philosophie, Bergson développait l’étonnement éprouvé lors du congrès de Bologne onze ans plus tôt, la présentation de Langevin annonçant le fameux « paradoxe des jumeaux » ; un développement (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  27.  12
    Bergson et la relativité.Jean-Marc Lévy-Leblond - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 27 (2).
    Cent ans après sa parution, il est possible de lire le livre de Bergson sur la relativité de façon moins polémique qu’à l’époque. La maturation et la stabilisation de la théorie d’Einstein, devenue une composante banale de l’arsenal des physiciens, permettent une évaluation précise des méprises commises par Bergson dans son exégèse, en même temps qu’elles amènent à reconnaître leur intérêt épistémologique. Nous entendons ici réfléchir sur cette lecture bergsonienne de la Rélativité einsteinienne.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  28.  5
    O que é a matéria? O dualismo diferencial na filosofia de Bergson.Evaldo Silva Pereira Sampaio - 2023 - Philósophos - Revista de Filosofia 27 (2).
    O presente ensaio se insere no âmbito da Filosofia Moderna (séculos XVII-XX), com ênfase numa problemática compartilhada pela Metafísica da mente e pela Filosofia da Física. De um ponto de vista histórico-conceitual, trata-se de retomar a contribuição de Henri Bergson para a compreensão do significado filosófico da Física moderna. Para tanto, projeta-se aqui (i) reconstituir, por uma abordagem histórico-conceptual, a mudança operada no conceito de matéria quando da ruptura entre a Filosofia Natural Clássica e a Filosofia Natural Moderna; (ii) indicar (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
 Previous issues
  
Next issues