Filosofia E Educação

ISSN: 1984-9605

10 found

View year:

  1.  5
    Paideia e Bildung.Vinícius Azevedo & Lucas André Teixeira - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):31-47.
    O presente trabalho tem como objetivo apresentar dois distintos projetos formativos: a paideia grega e a Bildung do esclarecimento alemão representada por Kant e Hegel, bem como o desenvolvimento desta última em Halbbildung no século XX. Para compreender os sentidos e contornos históricos em que essas formulações estavam postas, tornou-se necessário inseri-las no contexto mais geral das formações sociais em que elas estavam inseridas, revelando suas contradições.
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  2.  3
    Os salesianos e o processo civilizador por meio da educação no antigo sul de mato grosso.Alana de Oliveira Barbosa, Elizandro Chaves de Oliveira & William Robson Cazavechia - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):73-90.
    O presente artigo analisa o crescimento das instituições escolares salesianas no Antigo Sul de Mato Grosso no final do século XIX e início do XX e o ideal de um processo civilizador educacional, empreendido pela Igreja Católica, protagonizado pela congregação salesiana a qual atuou para assegurar prerrogativa educacionais ao passo que o Estado brasileiro laicizava-se. Essa análise terá como suporte bibliográfico a obra de Riolando Azzi (1982) que em sua obra Os salesianos no Brasil à luz da História, destaca o (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  3.  5
    A relação entre as emoções de rivalidade e as categorias do desejo em Aristóteles.Mateus Barreiro & Marta Furlan - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):119-140.
    Na filosofia de Aristóteles, o sentimento de amizade apresenta uma ambivalência com as emoções de rivalidade (philotimia) como a cólera (orgê) e a emulação (zêlos). Neste sentido, este artigo tem como objetivo principal refletir sobre os aspectos emocionais que envolvem a noção de amizade, visando aprofundar a relação entre as emoções de rivalidade e as categorias do desejo em Aristóteles. A produtividade dessas reflexões, aponta que o modo como as diversas relações sociais e a construção do conhecimento desenvolvido, também são (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  4.  10
    O pensamento de John Dewey.Karine Biasotto - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):209-226.
    Esse artigo tem por objetivo entender a conexão entre democracia, educação e ciência em Dewey. Primeiramente apresenta-se a proposta de democracia como um modo de vida associada que pressupõe interesses em comum e liberdade. Algo que representa um equilíbrio desejável. Em um segundo momento, destaca-se o histórico da formação da democracia americana e a educação como um elemento que promove a manutenção da sociedade democrática e como essa forma de vida e de governo é impactada pela economia e pela ciência. (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  5.  7
    A paideia de Habermas nas entrelinhas de sua teoria crítica da racionalidade moderna.Diego Augusto Gonçalves Ferreira & Eduardo Soncini Miranda - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):9-30.
    Este artigo busca encontrar na teoria crítica da racionalidade moderna de Jürgen Habermas (1929-) elementos de uma paideia. O primeiro tópico lança o substrato epistemológico sobre a existência das racionalidades estratégica e comunicativa. O segundo, afirma que o desengate entre o sistema e o mundo da vida, e a colonização deste por aquele, causam as patologias modernas e colaboram para a formulação de pedagogias coordenadas pela ação estratégica. O terceiro, propõe que o reacoplamento do sistema ao mundo vivido proporciona que (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  6.  6
    O que é que se sente diante de σοφία? amor cristão, amor pagão, amores avulsos.Pedro Mentor & Hilan Nissior Bensusan - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):141-161.
    O seguinte ensaio escrito em texto corrido é uma breve apresentação da Filosofia do Amor no Cristianismo e na Antiguidade Clássica. Partimos do pressuposto que a palavra ‘filosofia’ tem uma dívida não apenas etimológica, mas conceitual com as definições de Amor, de forma que se faz pertinente uma investigação mais detida sobre o assunto. Começamos então com a interpretação cristã de C.S. Lewis sobre a Afeição, Amizade, Eros e Caridade para em seguida introduzir a visão pagã greco-romana. Concluímos com a (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  7.  8
    O lugar legado à filosofia diante da Reforma do Ensino Médio e as orientações da BNCC.Franc Lane Carvalho do Nascimento & Maria Nathália Bastos Lima - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):190-208.
    Este trabalho analisa a importância da disciplina Filosofia no Ensino Médio em vista das atuais políticas públicas educacionais brasileira. Abordamos a Filosofia no Ensino Médio de acordo a Lei n.13.415/17 que alterou o Artigo 36 da Lei n. 9. 394/96 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional-LDBEN, Lei n.11.648 de 2008, Resolução de n° 04 de 2010, as denominadas Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio e a Base Nacional Comum Curricular – BNCC/2017. Nesta pesquisa bibliográfica de caráter (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  8.  12
    Schopenhauer como educador.Enock da Silva Peixoto - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):162-189.
    Schopenhauer como educador é a terceira, das quatro Considerações Intempestivas e, nesta obra, o então mestre de Nietzsche figura como modelo de educador. Schopenhauer é visto por Nietzsche, neste momento, como um exemplo de gênio, pois figurou na sociedade como exceção, não como regra. A universidade da época e a estrutura estatal são reprovadas por Nietzsche, e, para as confrontar, ele as utiliza como chave de leitura crítica o pensamento do autor conterrâneo. Estudaremos, perpassando as análises que Nietzsche de que (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  9.  6
    Diálogos possíveis entre o pluralismo epistemológico de Paul Feyerabend e a educação científica.André Luiz Pinto & Nestor Cortez Saavedra Filho - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):91-118.
    A questão dos letramentos e da inovação demonstram-se fundamentais em períodos históricos como o atual, onde as práticas de ensino-aprendizagem tornam-se cada vez mais complexas, que requerem novas abordagens teóricas para compreendermos possibilidades alternativas de ensino. Tendo estas questões em mente, este artigo visa indicar relações possíveis entre o antifundacionismo, o pensamento de Paul Feyerabend e os letramentos científicos. Em um primeiro momento indicaremos questões relativas ao antifundacionismo, e em seguida verificaremos como tal questão se efetiva no pensamento de Feyerabend. (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  10.  9
    Indústria cultural e formação humana.Samoel Cordeiro de Souza Primo & Luciane Neuvald - 2024 - Filosofia E Educação 14 (3):48-72.
    Este texto aborda o paradoxo entre a indústria cultural e a formação humana, com base na teoria crítica. O texto utiliza uma metodologia bibliográfica, discutindo temas como educação, formação, semiformação, indústria cultural, capitalismo e emancipação. O objetivo é debater como a indústria cultural interfere na formação dos indivíduos. A contribuição dos processos educativos para o desenvolvimento da civilização é destacada, enfatizando a importância da criticidade e autorreflexão para evitar a barbárie. Os fundamentos da teoria crítica ressaltam a necessidade de um (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
 Previous issues
  
Next issues