Year:

  1.  3
    Hobbes e as paixões da revolta.Fran de Oliveira Alavina - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:95-108.
    As a continuation of our studies regarding the use of rhetoric in the thought of Thomas Hobbes, the present study deals with the relation between eloquence, passions and rebellion in The Elements of Law, Natural and Politic. Thus, it is explained how the leaders of sedition and rebellion are necessarily, according to Hobbes, “eloquent men”. The aim is not only to separate the rhetorical tradition from the foundation of political sciences, but also to point out the supposed damages caused by (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  3
    A estrutura afetiva dos tipos de governo em Hobbes. I Pressupostos.Fernando Dias Andrade - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:61-94.
    Os pressupostos da estrutura afetiva dos tipos de governo em Hobbes dizem respeito aos afetos fundamentais que determinam as ações humanas desde o estado de natureza, em especial o medo, o egoísmo e a glória. O medo, para Hobbes, talvez seja o afeto mais restritivo da liberdade natural no estado de natureza e, ao contrário, a principal condição para a obtenção da paz no estado civil, mas a esperança de glória é tão relevante quanto o medo para a transformação do (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  4
    Individualismo e a produção de um Comum: implicações neoliberais na seguridade social e possíveis mobilizações.Dorival Fagundes Cotrim Júnior - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:221-261.
    The essay intends to present some implications of neoliberal rationality in Brazilian social security, among which the affectation of the bases of support of sociability. For this, a basic and bibliographic research methodology was used. The work begins with a commentary on the crisis situation and the affections it mobilizes, from a spinozistic point of view, to then build agency with neoliberal “fierce individualism”. Once this is done, the core of the essay is reached, when the influence of this individualistic (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  3
    Da demonstração da existência de Deus por R. P. Lami (Mémoires de Trévoux, 1701).Leandro Alves da Silva - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:291-299.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  2
    Semelhança, imitação afetiva e vida comum.Paula Bettani Mendes de Jesus - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:133-152.
    Reconstructing some points of the deduction made by Spinoza in Part III of Ethics, this article proposes to reflect on the affective logic and on two important notions in the context of inter-individual relations: on the one hand, the concept of similarity, more precisely, the notion of “something similar to us” and, on the other hand, the affective imitation. Our proposal is to consider how, if and to what extent the conjunction of these two elements – recognition of the similarity (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  4
    São felizes os espinosanos? A felicidade em Espinosa – na teoria e na prática.Marcos Ferreira de Paula - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:109-132.
    Some authors objected to the practical possibility of achieving happiness as Spinoza conceives it in Part v of Ethics. This article seeks to refute such objections. It shows that they stem essentially from the same image that common sense makes about happiness. After eliminating these objections, the article describes what would be a practical experience of Spinoza’s happiness.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  2
    Aspectos da ação voluntária em Hobbes.Celi Hirata - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:39-59.
    Hobbes concede uma importância inédita à ação voluntária, na medida em que defende que a origem de toda obrigação é um ato voluntário daquele que se obriga, uma vez que todos são naturalmente livres e iguais e não há obrigações naturais. Por um lado, Hobbes desloca a discussão sobre a voluntariedade das ações e alarga a concepção do que pode ser considerado uma ação voluntária em relação à tradição que remonta a Aristóteles, sendo que, para ele, uma ação praticada por (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  4
    Descartes e uma possível política: a análise do homem da experiência.Beatriz Laporta - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:177-198.
    Os autores de Leituras de Descartes dividem a amplitude da produção cartesiana associando assunto a texto, isto é, as partes da “árvore do saber” às obras escritas pelo filósofo. Caso concorde com essa divisão, o leitor irá concordar também que não há uma obra escrita por Descartes especificamente para discutir “política”. Mas isso não significa que seja impossível encontrar nos escritos desse filósofo reflexões sobre a relação que os homens estabelecem entre si. Assim, pensar “política” em Descartes é ver que (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  1
    Tratados e fragmentos: teologia e política em Walter Benjamin.Benito Eduardo Araújo Maeso & Marcos Antonio de França - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:199-220.
    Este artigo tem como objetivo inicial articular alguns elementos do pensamento de dois filósofos tradicionalmente vistos em campos diferentes: Baruch de Espinosa e Walter Benjamin. Chama a atenção o fato de ambos voltarem o foco, em suas obras, à presença de elementos teológicos na estruturação do campo político. A crítica de Espinosa à religião presente no Tratado Teológico-político e na Ética pode apresentar afinidades insuspeitas com a crítica benjaminiana ao historicismo nas Teses Sobre o Conceito de História e no Fragmento (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  2
    Princípios, costumes e a fundação do conhecimento.Rogério Fernandes Martins - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:263-289.
    We intend to put certain aspects of pascalian speculation within an epistemological background. We will frame them, in more detail, within the so-called tradition of Epistemic Foundationalism. The main intention will be to show the genesis of the first principles, essential for the epistemological framework in this tradition, and the consequences arising therefrom. For this purpose, we will compare the pascalian developments to the cartesian on this theme. We hope, at the end of the paper, to have demonstrated the strength (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11.  3
    La violencia ejercida sobre el ingenio de los indígenas: una lectura desde Spinoza.Luciano Espinosa Rubio & Flávia Roberta Busarello - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:153-176.
    Spinoza afirma na proposição 31 da Ética III que por natureza todos os sujeitos desejam que os demais vivam conforme seu ingenium. A partir dessa proposição o presente artigo procura refletir sobre os povos indígenas que vivem em contexto urbano na cidade de Blumenau/Santa Catarina. Para a análise, são utilizas as impressões de uma pesquisa ação--participante realizada com mulheres indígenas que migraram para a cidade há mais de cinco anos. No texto é observado que a legislação do Estatuto do Índio (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12.  1
    Da superstição ao autoritarismo segundo a lógica das paixões: o exemplo de Alexandre no prefácio do Tratado teológico-político.Homero Santiago - 2021 - Cadernos Espinosanos 44:15-38.
    Tomando por mote o exemplo das viradas supersticiosas de Alexandre o Grande que Espinosa dá no prefácio do Tratado teológico-político, tentaremos mostrar que o percurso entre a propensão à superstição que acomete todos os seres humanos e o estabelecimento de um regime autoritário, entendido o autoritarismo como exacerbação da autoridade e da violência política, pode ser inteiramente compreendido no interior de uma “lógica das paixões”. O principal pressuposto para isso é a tese, tomada a Marilena Chaui em sua tese de (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
 Previous issues
  
Next issues