A formação humana e a incapacidade de pensar: considerações sobre o problema do mal em Hannah Arendt

Aufklärung 4 (2):67-79 (2017)

Authors
Diego Carlos Zanella
Pontificia Universidade Catolica do Rio Grande do Sul
Abstract
Este artigo pretende apresentar o tema da formação humana conectado à incapacidade de pensar, tecendo considerações sobre o problema do mal no pensamento de Hannah Arendt. A autora é conhecida como pensadora da política que concentrou atenção especial ao problema do mal que assolou o mundo na primeira metade do século XX. A partir da análise de Origens do Totalitarismo, de 1951, e de Eichmann em Jerusalém: um relato sobre a banalidade do mal, de 1963, pretende-se refletir acerca dos mecanismos que produzem o adormecimento da capacidade de pensar frente à necessidade da formação humana. A partir dessa análise, se perceberá que o problema do mal assume um viés radical, uma possibilidade de destruição completa do humano. Na análise do caso Eichmann, Arendt percebeu que o réu agia banalmente, manifestando sua incapacidade de pensar, o que tornou possível a normalização da insensibilidade frente o diferente. Portanto, a banalidade do mal implica na incapacidade de pensar, uma ameaça sempre constante à formação humana.
Keywords Mal banal   Formação humana   Humanidades   Hannah Arendt
Categories No categories specified
(categorize this paper)
ISBN(s)
DOI 10.18012/arf.2016.33701
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

Our Archive


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 47,283
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Hannah Arendt: o mal banal e o julgar.Sônia Maria Schio - 2011 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 56 (1):127-135.
El Sócrates de Hannah Arendt: Sobre la actividad del pensamiento.Fernando Forero Pineda - 2016 - Saga - Revista de Estudiantes de Filosofía 16 (28):46-55.
Book Review. [REVIEW]Adriano Correla - 2005 - Cadernos de Ética E Filosofia Política 7:165-173.
Violência e Política em Hannah Arendt.Ana Sofía Roque - 2009 - Astrolabio: Revista Internacional de Filosofía 9:173-182.

Analytics

Added to PP index
2018-11-03

Total views
11 ( #738,414 of 2,290,783 )

Recent downloads (6 months)
4 ( #305,329 of 2,290,783 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes

Sign in to use this feature