Cognitio 21 (2):203-230 (2021)

Authors
Arthur Octavio de Melo Araujo
Universidade Federal do Espírito Santo
Abstract
Tendo como fundo uma concepção pragmática de memória como fazer sem representar, o artigo explora a interseção entre Merleau-Ponty e Varela na qual a noção de condição corporal assume uma função distintiva. A ideia é que a memória depende da condição corporal como um todo e, por consequência, nada tem a ver com representação. O objetivo do artigo pode ser resumido nos seguintes termos: para um organismo, pragmaticamente, é vital saber como fazer coisas com suas memórias mais do que torná-las representações internas do mundo.
Keywords No keywords specified (fix it)
Categories No categories specified
(categorize this paper)
DOI 10.23925/2316-5278.2020v21i2p203-230
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 70,091
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Estrutura E Ontologia Na Obra de Merleau-Ponty.Ericson Falabretti - 2013 - Revista de Filosofia Aurora 25 (37):305.
O Labirinto Bergson-Merleau-Pontiano.Luiz Damon Santos Moutinho - 2017 - Trans/Form/Ação 40 (2):125-138.
Tiempo corporal y subjetividad en Merleau-Ponty.Leonardo Verano Gamboa - 2015 - Revista de Filosofia Aurora 27 (41):549.

Analytics

Added to PP index
2021-03-31

Total views
7 ( #1,067,645 of 2,506,352 )

Recent downloads (6 months)
3 ( #209,812 of 2,506,352 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes