O problema da formação em Filosofia para Crianças: pressupostos e práticas

In Maria Teresa Santos (ed.), Filosofia e Crianças: Pressupostos e Linhas de um Curso. Évora, Portugal: pp. 134-154 (2018)

Authors
Magda Costa Carvalho
Universidade dos Açores
Abstract
O Programa de Filosofia para Crianças de Matthew Lipman e Ann Margaret Sharp tem pouco mais de 40 anos e à sua criação de imediato se sucederam a difusão e a adaptação em diversos contextos geográficos e culturais. Quer isto dizer que a história da Filosofia para Crianças, sobretudo nas últimas décadas, tem consistido numa marcha, mais ou menos vertiginosa, de inovação e renovação. E nem sempre este ritmo de rápida disseminação se tem mostrado compatível com a sedimentação de reflexões apuradas sobre as diferentes dimensões e problemáticas que a prática coloca. A formação dos facilitadores de sessões de Filosofia para Crianças, de acordo com o modelo da comunidade de investigação filosófica de Lipman e Sharp, é uma das dimensões deste projeto pioneiro que aguardam um debate de maior desenvolvimento. A presente reflexão pretende contribuir para essa discussão, apresentando de forma concisa algumas posições que consideramos relevantes para a compreensão do que está em causa. Não temos a pretensão de assumir a forma acabada de um cânone, mas de justificar opções que nos parecem decisivas no presente contexto de implementação da Filosofia para Crianças em Portugal. Esperamos, assim, contribuir para que se possa gerar uma comunidade alargada de diálogo sobre este tópico.
Keywords filosofia para crianças  philosophy for children  formação
Categories (categorize this paper)
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

Our Archive
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

Thinking in Education.Matthew Lipman - 2003 - British Journal of Educational Studies 51 (3):303-305.
Philosophy Goes to School.Matthew Lipman - 1988 - Temple University Press.
Thinking as a Community: Reasonableness and Emotions.Dina Mendonça & Magda Costa Carvalho - 2016 - In Maughn Rollins Gregory, Karin Murris & Joanna Haynes (eds.), The Routledge International Handbook of Philosophy for Children. New York: Routledge. pp. 127-134.
Thinking in Community.Matthew Lipman - 1997 - Inquiry: Critical Thinking Across the Disciplines 16 (4):6-21.

View all 10 references / Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

O que significa ser eticamente crítico? Algumas reflexões sobre a Filosofia para Crianças.Magda Costa Carvalho - 2014 - In Rui Marques Vieira, Celina Tenreiro-Vieira, Idália Sá-Chaves & Celeste Maria Machado (eds.), Pensamento Crítico na Educação: Perspetivas Atuais no Panorama Internacional. Aveiro: Universidade de Aveiro. pp. 71-81.
À Procura De Palavras: Filosofia E Subjetividade.Paula Ramos de Oliveira - 2011 - Childhood and Philosophy 7 (14):233-249.
Philosophy with Children: Learning to Live Well.Claire Cassidy - 2012 - Childhood and Philosophy 8 (16):243-264.

Analytics

Added to PP index
2019-02-20

Total views
9 ( #696,358 of 2,325,500 )

Recent downloads (6 months)
9 ( #140,837 of 2,325,500 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes

Sign in to use this feature