Griot : Revista de Filosofia 19 (3):266-279 (2019)

Authors
Abstract
No presente artigo analisamos o entendimento e o uso da filosofia kantiana pelo físico filósofo alemão Werner Heisenberg, prêmio Nobel de Física de 1932, formulador do princípio de incerteza. Heisenberg parece adotar uma compreensão neokantiana da natureza da ciência, segundo a qual a ciência não trataria do real em si, mas apenas do modo como ele aparece, o que depende, inescapavelmente, da interação entre o sujeito e o objeto do conhecimento. No entanto, a despeito de tal posição, Heisenberg considera que as definições kantianas de “espaço”, “tempo” e “causalidade” não são compatíveis com os desenvolvimentos da mecânica quântica. Nesta oportunidade nos deteremos com mais atenção na concepção de ciência e no problema da causalidade.
Keywords No keywords specified (fix it)
Categories No categories specified
(categorize this paper)
DOI 10.31977/grirfi.v19i3.1238
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 62,289
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

Quantum Logic Is Alive ∧.Michael Dickson - 2001 - Philosophy of Science 68 (3):274-287.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

A Filosofia da Mec'nica Qu'ntica de Gaston Bachelard.David Velanes - 2020 - Griot : Revista de Filosofia 20 (3):229-242.

Analytics

Added to PP index
2021-04-24

Total views
0

Recent downloads (6 months)
0

How can I increase my downloads?

Downloads

Sorry, there are not enough data points to plot this chart.

My notes