César sonha com um mundo em que não atravessou O rubicão?

Cadernos Espinosanos 34:213-228 (2016)

Abstract

Em Androides sonham com ovelhas elétricas?, Philip Dick recria a visão divina dos infinitos mundo possíveis a partir da perspectiva das criaturas, isto é, a partir da visão dos mundos extintos que lhe aparecem no momento de hesitação garantido pelo livre arbítrio. Minha hipótese é que a passagem dos mundos possíveis no intelecto divino à forma que assumem na indiferença da vontade das criaturas tem uma dimensão geométrica. Pensar a curva do mundo atual a partir da série dos mundos menos perfeitos do Deus leibniziano é pensá-la a partir de suas infinitas retas tangentes, a partir, portanto, de suas distopias, que não são uma contradição em relação a esse mundo, mas tocam-no em algum ponto, são seu máximo desvio a partir de uma mínima diferença.

Download options

PhilArchive



    Upload a copy of this work     Papers currently archived: 72,856

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Analytics

Added to PP
2016-12-21

Downloads
10 (#907,884)

6 months
1 (#386,040)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

References found in this work

Le système de Leibniz et ses modèles mathématiques.Michel Serres - 1971 - Tijdschrift Voor Filosofie 33 (3):588-590.
Indiferença, simetria e perfeição segundo Leibniz.Déborah Danowski - 2001 - Kriterion: Journal of Philosophy 42 (104):49-71.
Le Système de Leibniz Et Ses Modèles Mathématiques.G. H. R. Parkinson - 1970 - Journal of the History of Philosophy 8 (1):105-107.
Indiferença, Simetria E Perfeição Segundo Leibniz.Déborah Danowski - 2002 - Cadernos de História E Filosofia da Ciência 12 (1/2).

Add more references

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Libertad divina, posibilidad y contingencia en Duns Escoto.Antonio Pérez-Estévez - 2005 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 50 (3):85-93.
Desconfortável consolo: a ética niilista de Arthur Schopenhauer.Jarlee Salviano - 2005 - Cadernos de Ética E Filosofia Política 6:83-108.
¿Por Qué No al Mundo 4?M. Pradenas - 1998 - Cinta de Moebio 3.
Nominalismo e Mundos Possíveis.Renato Rocha - 2013 - Coleção XV Encontro ANPOF.