Husserl: significação e fenômeno

Dois Pontos 3 (1) (2006)
Abstract
resumo O objetivo deste artigo é discutir o modo como Husserl desenha a originalidade da subjetividade transcendental, frente à sua homônima psicológica. Se é certo que a noção de “imanência autêntica” pode apontar para as diferentes fronteiras entre o transcendental e o psicológico, resta que por si só ela não permite decidir nada quanto ao “modo de ser” transcendental, em sua diferença face ao “mundano”. Sendo assim, procura-se reconstituir alguns dos momentos centrais do esforço husserliano para construir um conceito de “subjetivo” e de “subjetividade” que não se confunda mais com o “psíquico” da psicologia tradicional. palavras-chave subjetividade – psique – fenômeno – noema – transcendental.
Keywords No keywords specified (fix it)
Categories (categorize this paper)
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

Our Archive


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 38,077
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

A noção husserliana de subjetividade transcendental.Alberto Marcos Onate - 2006 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 51 (2):109-116.
Teleologia E Vontade Segundo Husserl.Martina Korelc - 2013 - Educação E Filosofia 27 (53).
Paul Ricoeur leitor de Husserl.Marcos Nalli - 2006 - Trans/Form/Ação 29 (2):155-180.

Analytics

Added to PP index
2015-02-05

Total views
0

Recent downloads (6 months)
0

How can I increase my downloads?

Monthly downloads

Sorry, there are not enough data points to plot this chart.

My notes

Sign in to use this feature