Os relâmpagos da fatalidade: reflexões sobre o trágico a partir de Nietzsche e Shakespeare

Revista Inquietude 4 (1):46-67 (2013)

Abstract
Nietzsche foi um dos pensadores que mais intensamente dedicou-se ao estudo e interpretação da tragédia, considerada não somente como gênero artístico mas como uma visão-de-mundo. Em uma época de seu percurso intelectual marcada pelos estudos filológicos e pela profunda influência de Schopenhauer e Wagner, busca compreender a tragédia de Sófocles e Ésquilo como uma aliança entre Apolo e Dionísio, divindades gregas da arte. Nietzsche especula também sobre a ascensão de Sócrates e do platonismo, fenômeno tido como precursor do cristianismo e de uma perspectiva existencial nas antípodas do trágico. A obra de Shakespeare, comentada por Nietzsche em alguns aforismos esparsos, oferece-nos uma oportunidade fecunda de refletir sobre o trágico sob uma perspectiva nietzschiana, o que realizamos com o auxílio de autores como Harold Bloom, Jan Kott, Leon Chestov e Rüdiger Safranski, dentre outros. Nosso objetivo é delinear algumas das formulações nietzschianas a respeito da tragédia e aclarar com exemplos retirados das obras de Shakespeare as razões que levaram o filósofo alemão a sustentar que o bardo inglês possui uma sabedoria ética superior àquela que caracteriza o socratismo
Keywords dioniso  tragédia    wagner  sócrates  schopenhauer  apolo  platão  sófocles  eurípides  shakespeare  nietzsche  ésquilo
Categories (categorize this paper)
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

Our Archive


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 45,328
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Por uma metafí­sica do sublime.Martha de Almeida - 2009 - Princípios 16 (26):229-255.
Listening to Nietzsche.Jeremiah L. Alberg - 2001 - Revista Portuguesa de Filosofia 57 (1):61 - 71.
A Metafísica da Música de Arthur Schopenhauer.Henry Burnett - 2012 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 57 (2):143-162.
Prometeu: a sabedoria pelo trabalho e pela dor.Celso Candido Azambuja - 2013 - Archai: Revista de Estudos Sobre as Origens Do Pensamento Ocidental 10:19-27.
Cultura Contemporánea y Pensamiento Trágico.Joaquín Esteban Ortega (ed.) - 2009 - Universidad Europea Miguel de Cervantes, Servicio de Publicaciones.

Analytics

Added to PP index
2013-07-15

Total views
6 ( #985,218 of 2,280,259 )

Recent downloads (6 months)
1 ( #830,174 of 2,280,259 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes

Sign in to use this feature