Authors
Abstract
Mostraremos, nesse artigo, que a noção de situação – compreendida como tensão entre subjetividade e facticidade – possibilita a Beauvoir sair do conceitualismo e sua essencialização do que é histórico, e ao mesmo tempo, sair do nominalismo, que recusa a noção mesma de gênero em prol de expressões abstratas e universais. Contra essas duas vertentes, a filósofa francesa aponta a necessidade de pensar a questão de gênero a partir das situações concretas de formação das crianças e jovens para encontrar, ali, as dificuldades que as mulheres encontram para se afirmarem como “nós”, mas também para – ao não anular o papel dessas subjetividades no mundo – buscar ali as possibilidades de luta e modificação das próprias condições históricas. Com base principalmente na Introdução do Primeiro Volume e na última parte do Segundo Volume do livro O segundo sexo, buscaremos compreender que a afirmação de que “há mulheres”, presente no texto, não resulta de um pensamento que essencializa as situações, mas o contrário, resulta de uma adoção da ética existencialista, que pressupõe como ponto de partida a descrição da concretude humana.
Keywords Beauvoir   Gênero   Situação   Subjetividade   Facticidade
Categories No categories specified
(categorize this paper)
ISBN(s)
DOI 10.5007/1677-2954.2018v17n2p217
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 69,043
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

O pensamento de Marx sobre a subjetividade.Eduardo F. Chagas - 2013 - Trans/Form/Ação 36 (2):63-84.
À Procura De Palavras: Filosofia E Subjetividade.Paula Ramos de Oliveira - 2011 - Childhood and Philosophy 7 (14):233-249.
Teleologia E Vontade Segundo Husserl.Martina Korelc - 2013 - Educação E Filosofia 27 (53).

Analytics

Added to PP index
2019-07-06

Total views
1 ( #1,538,978 of 2,498,739 )

Recent downloads (6 months)
1 ( #422,193 of 2,498,739 )

How can I increase my downloads?

Downloads

Sorry, there are not enough data points to plot this chart.

My notes