Authors
Glaupy Fontana Ribas
Federal University of Santa Maria
Abstract
O presente artigo busca situar o leitor em alguns dos debates atuais acerca da memória episódica no âmbito da filosofia da memória. A memória episódica consiste na capacidade de lembrar daquilo que o sujeito vivenciou ao longo de sua vida. Um dos maiores problemas em filosofia da memória é estabelecer o que é uma memória episódica, e distingui-la de outros estados mentais, como a imaginação. As principais teorias que visam resolver tal problema são a Teoria Causal da Memória e a Teoria Simulacionista da Memória. Causalistas insistem que deve haver um vínculo causal entre uma experiência vivida pelo sujeito no passado e a memória dessa experiência. Simulacionistas, em contrapartida, sustentam que tal vínculo causal não é necessário, pois uma memória é o resultado de um processo de simulação que combina elementos de várias memórias para formar um cenário que representa a experiência passada. Outro debate em filosofia da memória trata dos objetos da memória episódica, nele busca-se descobrir com o quê entramos em contato quando lembramos de um evento passado. Nesse debate as posições filosóficas mais defendidas são o Realismo Indireto e o Realismo Direto; o primeiro afirma que entramos em contato com representações do evento passado, já o último sustenta que entramos em contato diretamente com o evento passado. Esse artigo apresenta também teorias da psicologia sobre consolidação de memórias episódicas e a teoria da Mental Time Travel, afim de embasar o leitor, respectivamente, acerca dos mecanismos formadores da memória e do debate sobre a função da memória episódica.
Keywords Teoria causal da memória  Teoria simulacionista da memória  Realismo direto  Realismo indireto  Traços de memória  Mental Time Travel.
Categories (categorize this paper)
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy

 PhilArchive page | Other versions
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Investigações acerca do objeto intencional da memória.Úrsula Lied - 2019 - XVII Semana Acadêmica de Filosofia.
A Experiência Consciente Enquanto Produto da Memória.Glaupy Fontana Ribas - 2018 - In Felipe Rocha L. Santos, José Leonardo Ruivo & Waldomiro José da Silva Filho (eds.), Anais da v Conferência da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica. Pelotas: Editora UFPEL. pp. 188-194.
A memória episódica, o problema da cotemporalidade, e o senso comum.César Schirmer Dos Santos - 2020 - In Gerson Albuquerque de Araújo Neto & Giovanni Rolla (eds.), Ciência e Conhecimento. Teresina: Editora da Universidade Federal do Piauí. pp. 151-180.
Qual a motivação para se defender uma teoria causal da memória?César Schirmer Dos Santos - 2018 - In Juliano Santos do Carmo & Rogério F. Saucedo Corrêa (eds.), Linguagem e cognição. Pelotas: NEPFil. pp. 63-89.
Memória e Intencionalidade.Susie Kovalczyk - 2018 - XVIII Semana Acadêmica Do Programa de Pós-Graduação Em Filosofia da PUCRS: Volume 2.
La teoría de Ricoeur sobre el reconocimiento: sus aplicaciones para la memoria y la historia.Rosa Belvedresi - 2018 - Páginas de Filosofía (Universidad Nacional del Comahue) 18 (21):9-28.
Israel, Pueblo de la Memoria.Gabriel Amengual Coll - 2014 - 'Ilu. Revista de Ciencias de Las Religiones 19:7-25.
Aristoteles: De Memoria et Reminiscentia.Jorge Y. C. Morán - 1992 - Tópicos: Revista de Filosofía 2:192-194.

Analytics

Added to PP index
2020-07-24

Total views
68 ( #151,752 of 2,432,727 )

Recent downloads (6 months)
32 ( #24,774 of 2,432,727 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes