A Pesquisa Científica e a Psicologia

Espaço Michel Foucault (2010)
  Copy   BIBTEX

Abstract

As múltiplas psicologias que pretendem descrever o homem dão a impressão de ser tentativas desordenadas. Elas pretendem se construir a partir das estruturas biológicas e reduzem seu objeto de estudo ao corpo ou o deduzem das funções orgânicas; a pesquisa psicológica não é mais que um ramo da fisiologia (ou de um domínio dela): a reflexologia. Ou então elas são reflexivas, introspectivas, fenomenológicas e o homem é puro espírito. Elas estudam as diversidades humanas e descrevem a evolução da criança, as degradações do louco, a estranheza dos primitivos. Ora elas descrevem o elemento, ora pretendem compreender o todo. Às vezes se ocupam exclusivamente com a forma objetiva do comportamento, outras vezes vinculam as ações à vida interior para explicar as condutas, ou ainda pretendem apreender a existência vivida. Algumas deduzem, outras são puramente experimentais e utilizam estruturas matemáticas como forma descritiva. As psicologias diurnas querem explicar a razão da vida do espírito pelos clarões decisivos da inteligência, enquanto as outras visam as inquietantes profundezas da obscuridade interior. Naturalistas, elas traçam os contornos definitivos do homem; humanistas, reconhecem nele algo de inexplicável. Esta complexidade é, talvez, justamente a nossa. Pobre alma (as psicologias que hesitam sobre seus conceitos não sabem sequer nomeá-la), cercada de técnicas, remexida de questões, posta em formulários, traduzida em curvas. Auguste Comte acreditava, com algumas reservas, que a psicologia era uma ciência ilusória, impossível e a menosprezou. Não somos tão ousados. Apesar de tudo, há psicólogos, e que pesquisam.

Links

PhilArchive

External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server

Through your library

Similar books and articles

O Problema Antropologico em Michel Foucault.Marcio Miotto - 2011 - Dissertation, Universidade Federal de São Carlos
Vulnerabilidade e proteção: a prática e a pesquisa em psicologia.Alice Maggi - 2009 - Conjectura: Filosofia E Educação 14 (1):157-165.
Que é isto — a aprendizagem humana?Maria Alice De Castro - 1982 - Revista Portuguesa de Filosofia 38 (4):404 - 414.
Que é isto — a aprendizagem humana?Maria Alice de Castro - 1982 - Revista Portuguesa de Filosofia 38 (4):404-414.

Analytics

Added to PP
2016-10-29

Downloads
470 (#41,457)

6 months
120 (#34,050)

Historical graph of downloads
How can I increase my downloads?

Author Profiles

Marcio Miotto
Universidade Federal Fluminense

Citations of this work

No citations found.

Add more citations

References found in this work

No references found.

Add more references