Quando a Escuridão Aparece: Visão, Pensamento e Contradição na Ciência da Lógica de Hegel


Authors
Abstract
Este é um conto sobre visão, pensamento e contradição, bem como sobre o papel que desempenham na primeira metade da Ciência da Lógica de Hegel. A Lógica começa com uma descida, nesse caso, uma queda do Ser ao Nada. Posteriormente, aproximadamente na metade de cada texto, há um certo paradoxo em que tudo está em jogo, a categoria da contradição. Nesse exato momento, o pensamento ao mesmo tempo falha e é renovado em um viés especulativo. Nessa seção, nos debruçamos sobre algumas das interpretações influentes do uso hegeliano da contradição. Para isso, voltamo-nos a uma curiosa obra de arte, Pleiades, de James Turrell, como um exemplo estético dessa primeira queda. Progrediremos, então, através do texto com pensamento e visão como nosso duplo norteador em um passo relativamente rápido, sem desacelerar até encontrarmos a história de Hegel da contradição, onde mostro a natureza explosiva da contradição. Isso nos permitirá ver como Hegel invoca o poder da contradição para gerar a segunda metade da história da Ciência da Lógica. Eu começo com a descida do Ser ao Nada, o momento em que a escuridão emerge.
Keywords No keywords specified (fix it)
Categories No categories specified
(categorize this paper)
ISBN(s)
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 55,955
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

Thinking Without Words.José Luis Bermúdez - 2003 - Oxford University Press.
A Natural History of Negation.Jon Barwise & Laurence R. Horn - 1991 - Journal of Symbolic Logic 56 (3):1103.
What Is So Bad About Contradictions?Graham Priest - 1998 - Journal of Philosophy 95 (8):410-426.

View all 18 references / Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Formas da Contradição Em Hegel E Lupasco.Daniel Fraga de Castro - 2014 - Revista Opinião Filosófica 5 (1).
A Quantidade Em Hegel.Ângela Gonçalves - 2017 - Revista Opinião Filosófica 8 (2):415-431.
Contradição e oposição dialética em Kant.Enrico Berti - 2011 - Revista Opinião Filosófica 2 (1).
A Lógica E a Narração da Contingência Em Hegel.Alberto L. Siani - 2015 - Revista Opinião Filosófica 6 (2).

Analytics

Added to PP index
2018-11-03

Total views
6 ( #1,062,811 of 2,403,169 )

Recent downloads (6 months)
1 ( #552,147 of 2,403,169 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes