Authors
Renato Matoso Brandão
Pontifical Catholic University of Rio de Janeiro
Abstract
Neste artigo, examino a duplicidade de sentidos que a tese pluralista “os seres são múltiplos” ou “se há múltiplos seres” comporta: pode significar uma multiplicade numérica, isto é: a tese de que há mais de uma coisa no mundo, assim como pode significar que uma mesma coisa possui mais de um atributo. Incialmente, argumento que Sócrates estava consciente desta ambiguidade, pois as duas compreensões de pluralismo representam perspectivas complementares de uma mesma posição filosófica. Segundo minha interpretação, o reconhecimento dessa ambiguidade permite melhor entender a crítica de Sócrates ao monismo eleático, sua defesa da Teoria das Ideias e sua distinção entre Formas transcendentes e propriedades imanentes. Estes dois sentidos de multiplicidade farão ainda parte da estratégia utilizada por Parmênides na sua contra-argumentação à solução socrática ao paradoxo de Zenão.
Keywords No keywords specified (fix it)
Categories No categories specified
(categorize this paper)
DOI 10.5902/2179378643310
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

Our Archive


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 50,287
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Comentários Ao Diálogo "Parmênides" de Platão.Miguel Spinelli - 2020 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (1):34.
A Graça E o Cômico: Os "Dois Sentidos da Vida " Na Estética Bergsoniana.Paulo César Rodrigues - 2016 - Revista de Filosofia Moderna E Contemporânea 4 (2):5-22.
Zenão e a impossibilidade da analogia (versão ampliada).Alessio Gava - 2014 - Archai: Revista de Estudos Sobre as Origens Do Pensamento Ocidental 12:25-30.
O "Parménides" Como Diálogo Aporético.José Gabriel Trindade Santos - 2020 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (1):22.
Linguagem E Verdade Em Leibniz.Chaianne Maria da Silva Faria - 2016 - Cadernos Espinosanos 34:251-287.

Analytics

Added to PP index
2020-05-01

Total views
2 ( #1,327,900 of 2,325,529 )

Recent downloads (6 months)
2 ( #449,490 of 2,325,529 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes