Authors
José Meirinhos
University of Porto
Abstract
O Opúsculo em favor do insensato de Gaunilo constitui uma cerrada discussão filosófica da expressão “esse in intellectu”, ponto determinante do argumento construído por Anselmo no Proslogion II-III para demonstrar a verdade da existência de Deus a partir da existência no intelecto da sua definição enquanto “algo maior que o qual nada pode ser pensado”. Analisam-se aqui as razões de Gaunilo e as suas concepções de intelecção e de cogitação para desmontar o ponto de apoio principal do argumento de Anselmo, que, por sua vez, respondeu ao seu critico com um Livro apologético. Indaga-se, em consequência, a clarificação por Anselmo sobre a intellectio e a cogitatio e se nela os dois conceitos são reposicionados para evitar as criticas de Gaunilo e assim continuar a manter que a razão, por si mesma, sem auxilio da experiência ou da fé, pode obter a certeza da existência que refuta o dito do insensato “Deus não existe”.
Keywords Contemporary Philosophy  History of Philosophy
Categories No categories specified
(categorize this paper)
DOI 10.5840/philosophica2009173421
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 65,683
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Intellectio E Cogitatio No Debate Entre Gaunilo E Anselmo Sobre O Argumento Único.José Francisco Meirinhos - 2009 - Philosophica -- Revista Do Departamento de Filosofia da Faculdade de Letras de Lisboa 34:23-35.
Fé E Razão No Argumento Único de Santo Anselmo.José da Cruz Lopes Marques - 2017 - Revista Opinião Filosófica 8 (1):431-461.
Anselmo, Crítico de Roscelino.Vera Rodrigues - 2009 - Philosophica: International Journal for the History of Philosophy 17 (34):125-143.
O Argumento Antropológico. Henrique de Gand e Santo Anselmo.Mário Santiago de Carvalho - 2009 - Philosophica: International Journal for the History of Philosophy 17 (34):293-308.
A Racionalidade da Fé no Proslogion de Santo Anselmo.Paulo Martines - 2009 - Philosophica: International Journal for the History of Philosophy 17 (34):37-56.
Anselmo e Duns Escoto.Maria Leonor Xavier - 2008 - Philosophica: International Journal for the History of Philosophy 16 (31):77-90.
A Prova da Existência de Deus em Santo Agostinho (De Libero Arbitrio) e em Santo Anselmo.Maria Manuela Brito Martins - 2009 - Philosophica: International Journal for the History of Philosophy 17 (34):75-91.
Descartes, Freud e a Experiência da Loucura.Joel Birman - 2010 - Natureza Humana 12 (2):5-21.

Analytics

Added to PP index
2021-11-16

Total views
0

Recent downloads (6 months)
0

How can I increase my downloads?

Downloads

Sorry, there are not enough data points to plot this chart.

My notes