Humanitas 76:9-32 (2020)

Abstract
Neste artigo foca-se um dos problemas discutidos no Filebo 33c-41a. Esse problema prende-se a) com o significado das noções de aisthesis, mneme, anamnesis, logismos e doxazein, b) com a especificidade das perspectivas sc. do tipo de apresentação que, em cada caso, corresponde a tais noções, c) com a relação entre essas diferentes perspectivas e, ainda, d) com a questão de saber como está constituída ou “montada” a nossa própria perspectiva sc. a apresentação que temos. Metodologicamente, tomamos o Filebo 33c-41a como uma espécie de desafio à compreensão habitual do “aparecimento” – dominada pela ideia de que este é algo constituído “em bloco” e de forma imediata, que se dá pura e simplesmente por “abrirmos os olhos” – e consideramos a compreensão alternativa que se desenha neste passo. Com efeito, resulta da nossa leitura do Filebo que o “aparecimento” tem, na verdade, um carácter composto e corresponde ao efeito acumulado de sucessivos passos de desvendamento que se ultrapassam e modificam uns aos outros. É esta multiplicidade de formas de aparecer irredutíveis umas às outras e separadas por saltos ou descontinuidades que justamente está em causa nas análises da aisthesis, da mneme, da anamnesis, do logismos e do doxazein. Finalmente, tais análises acabam por vincar que toda a nossa apresentação radica no doxazein – de sorte que as nossas aistheseis, as nossas mnemai, etc. são intrinsecamente relativas a esse “escriba” em nós, que, com a ajuda de um “pintor”, escreve continuamente o “livro” da nossa própria vida.
Keywords No keywords specified (fix it)
Categories No categories specified
(categorize this paper)
DOI 10.14195/2183-1718_76_1
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 61,064
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

False Pleasure and the Philebus.J. Dybikowski - 1970 - Phronesis 15 (1):147-165.
Platonis Philebus.Gottfried Plato & Stallbaum - 1842 - Sumptibus Fridericae Hennings Apud Black Et Armstrong.
La théorie platonicienne de la Doxa.Yvon Lafrance - 1983 - Tijdschrift Voor Filosofie 45 (4):653-653.

View all 8 references / Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Prazer e memória no Filebo.Marcelo Pimenta Marques - 2014 - Archai: Revista de Estudos Sobre as Origens Do Pensamento Ocidental 13:91-98.
A bela ordem incorpórea no filebo de Platão.Rodolfo Rachid - 2012 - Trans/Form/Ação 35 (2):3-29.
À Procura De Palavras: Filosofia E Subjetividade.Paula Ramos de Oliveira - 2011 - Childhood and Philosophy 7 (14):233-249.
O Filebo De Platão E As Doutrinas Não Escritas.Marcelo Perine - 2011 - Educação E Filosofia 25 (49):149-171.
O Princípio Incondicionado da Dialética Do Filebo de Platão.Custódio De Almeida - 2002 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 47 (2):209.
William James E Whitehead Sobre O Mito da Lacuna Explicativa.Arthur Araujo - 2019 - Philósophos - Revista de Filosofia 24 (1).
Direitos humanos e a perspectiva da pluralização e da ética intercultural.Paulo Hahn - 2012 - Conjectura: Filosofia E Educação 17 (1):159-186.

Analytics

Added to PP index
2020-12-11

Total views
5 ( #1,156,782 of 2,439,610 )

Recent downloads (6 months)
1 ( #432,499 of 2,439,610 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes