A verdade como um problema fundamental em Kant

Trans/Form/Ação 33 (1):97-124 (2010)
Abstract
O principal ponto de desacordo sobre a abordagem kantiana do problema da verdade é se ela pode ser compreendida nos moldes da filosofia contemporânea como coerentista ou como correspondentista. Primando por uma consideração sistemática da argumentação de Kant em confronto com a literatura existente sobre o problema, este trabalho defende a segunda alternativa. Sustentase a tese de que a definição da verdade como a “concordância do conhecimento com o seu objeto” é cogente em todo o percurso do pensamento kantiano e que, nessa acepção, a verdade culmina por ser abordada não a partir de uma teoria estabelecida, mas como um problema cuja solução não pode ser dada nos limites da filosofia crítico-transcendental. Pondera-se, primeiramente, a literatura que situa Kant quer como coerentista quer como correspondentista e sistematiza-se a segunda alternativa em quatro grupos: a leitura ontológica, a leitura isomórfica, a leitura “consequencialista” e a leitura regulativa. Num segundo momento, em atenção ao período pré-crítico, argumenta-se que a alternativa coerentista deixa de se confirmar já nessa mesma época e que, na década de 1750, Kant descarta uma suposta teoria correspondentista isomórfica. Num último momento, considera-se a argumentação crítica e defende-se que a mesma concebe a verdade como um problema fundamental que não cabe ao tratamento de uma teoria correspondentista concebida de modo “consequencialista” ou regulativo
Keywords Teoria coerentista  Teoria correspondentista  Representação
Categories (categorize this paper)
Reprint years 2011
DOI 10.1590/S0101-31732010000100006
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

Our Archive


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 37,988
Through your library

References found in this work BETA

Kant on Sensibility and the Understanding in the 1770s.Alison Laywine - 2003 - Canadian Journal of Philosophy 33 (4):443 - 482.
Zum wahrheitsproblem bei Kant.Gerold Prauss - 1969 - Kant-Studien 60 (2):166-182.
Putnam on Kant on Truth.Douglas McDermid - 1998 - Idealistic Studies 28 (1/2):17-34.
Limitations of a Coherence Theory of Truth in Kant's Critical Philosophy.Thomas Nenon - 1994 - International Studies in Philosophy 26 (2):33-50.

View all 6 references / Add more references

Citations of this work BETA

Add more citations

Similar books and articles

O coerentismo de Lehrer.Elano Sudário Bezerra - 2012 - Cadernos Do Pet Filosofia 3 (6):1-9.
Álgebra de la experiencia y su aplicación a la Teoría de la relatividad.Juan Cano de Pablo - 2008 - Anales Del Seminario de Historia de la Filosofía 25:459-485.
Depois de anos de deflação galopante, O que sobrou da verdade?Hilan Bensusan - 2003 - Philósophos - Revista de Filosofia 8 (1).
Subjetividade e verdade no último Foucault.Cesar Candiotto - 2008 - Trans/Form/Ação 31 (1):87-103.
Epistemic Levels, the Problem of Easy Knowledge and Skepticism.Tito Flores - 2009 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 54 (2):109-129.
O paradoxo de Chalmers.Gustavo Leal-Toledo - 2009 - Trans/Form/Ação 32 (2):159-173.
Quine E a teoria deflacionária da verdade.Daniel Ramos dos Santos - 2013 - Cadernos Do Pet Filosofia 4 (7):1-9.

Analytics

Added to PP index
2013-12-01

Total views
24 ( #276,182 of 2,312,292 )

Recent downloads (6 months)
1 ( #458,434 of 2,312,292 )

How can I increase my downloads?

Monthly downloads

My notes

Sign in to use this feature