Authors
Agnaldo Portugal
Universidade de Brasília
Abstract
O artigo pretende avaliar criticamente o conceito de fé e o modo como a fé cristã é racionalmente justificada por Alvin Plantinga em sua principal obra Warranted Christian Belief (2000). Para tanto, o texto parte de uma comparação com a proposta de Richard Swinburne. Após discutir brevemente a epistemologia geral de Plantinga, o texto expõe a sua aplicação à crença em Deus e à fé cristã. A tese de Plantinga de que a fé não constitui um “salto no escuro” e que o seu componente não-teórico é semelhante ao amor erótico é comparada com a visão de Swinburne, segundo a qual a fé firme pode comportar elementos de incerteza na crença e supõe uma decisão voluntária, sendo, por isso mesmo, meritória. A comparação sugerirá que as diferenças indicam uma possibilidade de complementaridade entre as duas concepções
Keywords Plantinga. Swinburne. Fé. Racionalidade. Crença. Teísmo  Plantinga. Swinburne. Faith. Rationality. Belief. Theism
Categories (categorize this paper)
DOI 10.15448/1984-6746.2011.2.9935
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 52,919
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

Plantinga e a justificação Bayesiana de crenças.Agnaldo Cuoco Portugal - 2012 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 57 (2):15-25.

Add more citations

Similar books and articles

Analytics

Added to PP index
2013-04-12

Total views
49 ( #193,698 of 2,343,510 )

Recent downloads (6 months)
3 ( #240,315 of 2,343,510 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes