Violência e Política em Hannah Arendt

Authors
Abstract
Nesta comunicação pretende-se desenvolver a relação entre violência e política enquadrada no pensamento de Hannah Arendt e a partir de duas obras fundamentais, On Revolution (1963) e On Violence (1970). Investigando-se sobre o que constitui cada experiência em particular, a da violência (ainda que sob a forma da guerra ou da revolução) e a da política, esta relação permitirá equacionar criticamente as possibilidades e os limites das sociedades democráticas actuais como o resultado da tradição política e das revoluções da modernidade.
Keywords violência  política  Hannah Arendt
Categories (categorize this paper)
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

Our Archive
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

La ignorancia del poder. Acerca de la violencia y el mal en la filosofía política de Hannah Arendt.José Carlos Loyola - 2011 - Estudios de Filosofía: Revista del Seminaro de Filosofia del instituto Riva-Aguero 9:27-43.
Hannah Arendt - Filosofia e Política.Eduardo Jardim de Moraes - 1999 - Philósophos - Revista de Filosofia 4 (2):49-66.

Analytics

Added to PP index
2013-11-23

Total downloads
79 ( #79,126 of 2,267,135 )

Recent downloads (6 months)
2 ( #211,244 of 2,267,135 )

How can I increase my downloads?

Monthly downloads

My notes

Sign in to use this feature