In Gerson Albuquerque de Araújo Neto & Giovanni Rolla (eds.), Ciência e Conhecimento. Teresina: Editora da Universidade Federal do Piauí. pp. 151-180 (2020)

Authors
César Schirmer Dos Santos
Federal University of Santa Maria
Abstract
Os realistas diretos sobre a memória episódica alegam que um sujeito que lembra está em contato direto com um evento passado. No entanto, como seria possível estar em contato direto com um evento que deixou de existir? Este é o assim-chamado problema da cotemporalidade. A solução padrão para este problema, a qual foi proposta por Sven Bernecker, consiste em distinguir entre, por um lado, a ocorrência de um evento, e, por outro lado, a existência de um evento, de modo que um evento deixa de ocorrer sem deixar de existir – esta é a solução eternista para o problema da cotemporalidade. No entanto, alguns filósofos da memória – notadamente Kourken Michaelian – alegam que a adoção de uma metafísica eternista do tempo seria um preço metafísico muito alto a ser pago para se defender as intuições dos realistas diretos sobre a memória. Ainda que eu concorde com essas críticas, buscarei mostrar duas coisas. Primeiro, que este tipo de “argumento do senso comum” não é decisivo. Segundo, que a proposta de Bernecker permanece sendo a melhor solução para o problema da cotemporalidade.
Keywords memória episódica  realismo  passado  cotemporalidade
Categories (categorize this paper)
Buy the book Find it on Amazon.com
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy

 PhilArchive page | Other versions
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Investigações acerca do objeto intencional da memória.Úrsula Lied - 2019 - XVII Semana Acadêmica de Filosofia.
A Experiência Consciente Enquanto Produto da Memória.Glaupy Fontana Ribas - 2018 - In Felipe Rocha L. Santos, José Leonardo Ruivo & Waldomiro José da Silva Filho (eds.), Anais da v Conferência da Sociedade Brasileira de Filosofia Analítica. Pelotas: Editora UFPEL. pp. 188-194.
Qual a motivação para se defender uma teoria causal da memória?César Schirmer Dos Santos - 2018 - In Juliano Santos do Carmo & Rogério F. Saucedo Corrêa (eds.), Linguagem e cognição. Pelotas: NEPFil. pp. 63-89.
Psychogenic Amnesia: Implications for Diachronic Sense of Self.Beatriz Sorrentino Marques - 2019 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 10 (3):129.
Memória e Intencionalidade.Susie Kovalczyk - 2018 - XVIII Semana Acadêmica Do Programa de Pós-Graduação Em Filosofia da PUCRS: Volume 2.
Performance, performatividad y memoria.Diana Paola Triana Moreno - 2018 - Cuestiones de Filosofía 22 (4):17-34.
Performance, performatividad y memoria.Diana Paola Triana Moreno - 2018 - Cuestiones de Filosofía 4:17-34.
Memória humana e teatro.Edna de Souza Alves & Marcos Antônio Alves - 2001 - Trans/Form/Ação 24 (1):91-100.
La teoría de Ricoeur sobre el reconocimiento: sus aplicaciones para la memoria y la historia.Rosa Belvedresi - 2018 - Páginas de Filosofía (Universidad Nacional del Comahue) 18 (21):9-28.

Analytics

Added to PP index
2020-03-28

Total views
64 ( #161,199 of 2,432,727 )

Recent downloads (6 months)
10 ( #65,865 of 2,432,727 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes