Authors
Abstract
O objetivo mais geral de nosso artigo é examinar a crítica de Nietzsche ao antiquarianismo e suas relações com a genealogia. Em primeiro lugar, ocupar-nos-emos com a crítica de Nietzsche à erudição e à história antiquária do século XIX e sua centralidade no pensamento do filósofo, em que história aparece não como simples atividade de erudição e pesquisa antiquária, mas como saber a serviço da vida. Depois de nos debruçarmos sobre a ideia de que Nietzsche é um opositor do antiquarianismo, argumentaremos sobre a sua defesa do modelo de história crítica, que enfatiza as noções de esquecimento, justiça e rompimento com pedaços do passado. Na sequência, procuraremos esboçar uma análise do argumento que estrutura todo o nosso artigo, qual seja, o de que o deslocamento de Nietzsche de questões que passam e se manifestam por formas de escrita e pesquisa da história antiquária ainda praticada em seu tempo e em direção à história crítica proporciona, como alternativa plausível, a criação de uma nova história dos valores que, em nossos próprios termos, denominamos de “história genealógica e afirmadora da vida”.
Keywords No keywords specified (fix it)
Categories (categorize this paper)
Reprint years 2018, 2019
DOI 10.5216/phi.v23i2.51220
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 54,536
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

Ancient History and the Antiquarian.Arnaldo Momigliano - 1950 - Journal of the Warburg and Courtauld Institutes 13 (3/4):285-315.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Crítica da modernidade política em Nietzsche.Isabella Vivianny Santana Heinen - 2015 - Revista de Filosofia Moderna E Contemporânea 3 (1):68-84.
O filósofo espinosista precisa criar valores?Homero Santiago - 2007 - Trans/Form/Ação 30 (1):127-149.
O valor e a utilidade da História em Nietzsche.Raylane Marques Sousa - 2012 - Lampejo - Revista Eletrônica de Filosofia 1 (2):75-83.
Historia Y Crítica En El Último Nietzsche.Jose Cuevas - 2011 - Episteme NS: Revista Del Instituto de Filosofía de la Universidad Central de Venezuela 31 (2):143-170.
La crítica a la democracia en.Nietzsche Y. Gómez Dávila - 2008 - Ideas y Valores. Revista Colombiana de Filosofía 57 (136):117-131.
Nietzsche e o feminino.Oswaldo Giacoia Junior - 2002 - Human Nature 4 (1):9-31.
Apontamentos de Uma Nova História da Moral Na Genealogia de Nietzsche.Vagner Acácio de Oliveira - 2012 - Lampejo - Revista Eletrônica de Filosofia 1 (1):38-44.

Analytics

Added to PP index
2019-02-13

Total views
10 ( #826,881 of 2,385,597 )

Recent downloads (6 months)
2 ( #373,814 of 2,385,597 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes