12 found
Order:
Disambiguations
André Duarte [17]André Macedo Duarte [1]Andre de Macedo Duarte [1]
See also
André Felipe Duarte
Universidade Federal de Ouro Preto
  1.  60
    Hannah Arendt e a modernidade: esquecimento e redescoberta da política.André Duarte - 2001 - Trans/Form/Ação 24 (1):249-272.
    Para Hannah Arendt, a modernidade configura um período histórico de obscurecimento das determinações políticas democráticas, pois, onde a política não foi reduzida ao plano da violência, como no caso dos fenômenos totalitários, ela foi reduzida ao plano da administração burocrática dos interesses econômicos da sociedade. Neste artigo, pretendo discutir a constituição argumentativa desse diagnóstico, referindo-o à sua raiz de inspiração, isto é, as críticas de Nietzsche e Heidegger à modernidade. Finalmente, procuro demonstrar que Arendt não se limitou a uma concepção (...)
    Direct download (8 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  2.  46
    Heidegger and Foucault, Critics of Modernity: Humanism, Technics and Biopolitics.André Duarte - 2006 - Trans/Form/Ação 29 (2):95-114.
    I intend to discuss Foucault's and Heidegger's critical diagnosis of Modernity emphasizing its continuities. Generally speaking, it is possible to argue that in Heidegger philosophical reflection assumes itself as essentially historical, while in Foucault's case historical investigation assumes itself as an essentially philosophical task. Although recognizing the differences between Foucault's and Heidegger's general theoretical approaches, I argue that both consider that, in order to understand who we are today, it is necessary to elaborate a critical understanding of Modernity. In both (...)
    Direct download (6 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  3.  40
    Heidegger e Foucault, críticos da modernidade: humanismo, técnica e biopolítica.André Duarte - 2006 - Trans/Form/Ação 29 (2):95-114.
    Discute-se o diagnóstico crítico da Modernidade proposto por Heidegger e Foucault enfatizando as suas continuidades. Em linhas gerais, pode-se afirmar que, em Heidegger, é a reflexão filosófica que se assume enquanto essencialmente histórica, ao passo que, para Foucault, é a investigação essencialmente histórica que assume o caráter de reflexão filosófica. No entanto, ainda que a partir de démarches teóricas distintas, ambos consideram que a compreensão a respeito de quem somos, hoje, depende de uma análise da constituição da modernidade como época (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  4.  33
    Hannah Arendt ea exemplaridade subversiva: por uma ética pós-metafísica.Andre de Macedo Duarte - 2007 - Cadernos de Filosofia Alemã 9:27-47.
    ARENDT REDEFINE O SENTIDO DA ÉTICA E DA POLÍTICA NUMA CHAVE PÓS-METAFÍSICA, ROMPENDO AS AMARRAS TELEOLÓGICAS E PRESCRITIVAS QUE NORTEARAM O PENSAMENTO FILOSÓFICO SOBRE A AÇÃO POLÍTICA E O COMPORTAMENTO ÉTICO. NESTE PROJETO, ARENDT ENFATIZA O MODO DE SER DA EXEMPLARIDADE SUBVERSIVA COMO CAPACIDADE DE APARECER PUBLICAMENTE E RESISTIR À VIOLÊNCIA, MESMO QUE TAL APARIÇÃO SEJA SILENCIOSA E PASSIVA. PARA DEMONSTRAR O POTENCIAL ÉTICO-POLÍTICO PÓS-METAFÍSICO DA EXEMPLARIDADE SUBVERSIVA, RECORREMOS À ANÁLISE DE TEXTOS NOS QUAIS SE ESBOÇA O PROJETO DE UMA (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  5.  10
    Crítica E Coalizão: Repensar a Resistência Com Foucault E Butler.André Duarte & Maria Rita de Assis César - 2019 - Revista de Filosofia Aurora 31 (52).
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  28
    Pensée de la communauté et action politique : vers le concept de communautés plurielles.Andre Duarte - 2012 - Rue Descartes 76 (4):20.
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  4
    Inútil Resistir Ao Dispositivo da Sexualidade? Foucault E Butler Sobre Corpos E Prazeres.André Duarte & Maria Rita De Assis César - 2016 - Revista de Filosofia Aurora 28 (45):949.
    O texto discute o apelo de Foucault aos corpos e prazeres como instância de resistência aos efeitos do dispositivo da sexualidade. Primeiro, abordamos a descoberta foucaultiana do dispositivo da sexualidade. Depois, discutimos a análise de Judith Butler sobre o modo como Foucault retratou o caso de Herculine Barbin, tomando-o como estratégico para a sua própria crítica à concepção foucaultiana da resistência. Para Butler, ao recorrer aos corpos e aos prazeres Foucault entraria em contradição com sua própria análise genealógica, pois sua (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  9
    Rüdiger Safranski 2000: Heidegger - um mestre da Alemanha entre o bem e o mal.André Duarte - 2001 - Natureza Humana 3 (1):187-196.
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  14
    Heidegger e o outro: a questão da alteridade em Ser e tempo.André Duarte - 2002 - Human Nature 4 (1):157-185.
    A presente investigação busca ressaltar a contribuição heideggeriana para a questão da alteridade, contrapondo-se às interpretações que enfatizam o "solipsismo existencial" do Dasein resoluto como o sintoma de que Heideggerteria desconsiderado esse problema em sua analítica existencial. Para tanto, discute-se o movimento argumentativo pelo qual Heidegger, partindo da análise do encontro do outro na cotidianidade mediana, chega até o problema do reconhecimento da alteridade que todo Dasein já traz em si mesmo. Segundo a interpretação aqui proposta, a chave para uma (...)
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  10.  15
    Por uma ética da precariedade: sobre o traço ético de Ser e tempo.André Duarte - 2000 - Human Nature 2 (1):71-101.
    Heidegger jamais considerou Ser e tempo como uma investigação ética nem dedicou qualquer de suas obras à discussão específica dessa questão, aspecto que vem sendo criticado como sintoma de uma insidiosa precariedade ética instalada no coração de sua reflexão ontológica. A crítica recorrente afirma que, em Ser e tempo, Heidegger teria inviabilizado a reflexão ética ao comprometer-se com o "solipsismo existencial", isto é, com o isolamento do "si-mesmo decidido" em relação aos outros, desconsiderando, ainda, a exigência de uma fundamentação última (...)
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  11.  16
    Heidegger e a linguagem: do acolhimento do ser ao acolhimento do outro.André Duarte - 2005 - Human Nature 7 (1):129-158.
    Este texto investiga as implicações éticas pós-metafísicas da concepção heideggeriana da linguagem, partindo de Ser e Tempo para, então, discutir as obras da maturidade de Heidegger, elaboradas nos anos 50. Organiza-se em torno de duas hipóteses complementares: em primeiro lugar, a de que os traços fundamentais da concepção heideggeriana madura da linguagem já se encontravam delineados em Ser e Tempo, a despeito de ainda não estarem plenamente desenvolvidos àquela época. A segunda hipótese é a de que o acolhimento do ser, (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12.  15
    Heidegger e a possibilidade de uma antropologia existencial.André Duarte - 2004 - Human Nature 6 (1):29-51.
    A presente investigação pretende discutir alguns aspectos da reflexão heideggeriana sobre a ciência, abordando tanto as suas análises pertencentes ao período do projeto da ontologia fundamental, apresentadas em Ser e tempo, quanto alguns aspectos das suas reflexões tardias, em que o filósofo pensou a possibilidade de uma antropologia filosoficamente fundada, nos Seminários de Zollikon. A hipótese que orienta esta investigação é a de que, a despeito das importantes transformações pelas quais passou o pensamento de Heidegger após a Kehre, o traço (...)
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark