Results for 'Frederico Grani��o'

1000+ found
Order:
  1.  10
    Frederico rochaferreira - filósofo reescreve a história revelando segredos E enigmas, no mais profundo esforço para O nosso entendimento.Frederico Rochaferreira - 2016 - Divulga Escritor 22.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  10
    O problema da avaliação.Frederico Sólon - 2004 - Critica.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  38
    O Comentário Ao Liber de Causis de Santo Tomás de Aquino Tradução Do Proêmio Das Proposições I, II, III, VI, XV, XXI, XXXI E XXXII.Carlos Frederico Silveira - 2012 - Synesis 4 (2):186-220.
    O Comentário ao Liber De Causis pertence à última fase das obras de Santo Tomás. Foi escrito, com toda segurança, no primeiro semestre de 1272, em Paris, como testemunha uma cópia parisiense da obra. O De Causis trata das primeiras causas das coisas, que estão constituídas em três ordens, e da distinção e dependência das causas entre si. O texto de Santo Tomás segue passo a passo as proposições em que a obra se divide, que são trinta e duas. Estas (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  19
    O Caráter Dialógico E Social Do Signo E Do Pensamento Em Peirce.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 1988 - Trans/Form/Ação 11:23-29.
    The semiotic character of all thought requires this phenomenon to be intrinsically dialogic, because a mediation interferes in the own thought production. All thought is equally social because sign is the product of tradition and determines a program of conduct to the future, which has by ultimate subject the totality of minds in the end of history.O caráter semiótico de todo pensamento exige que tal fenômeno seja intrinsecamente dialógico, pois uma mediação interfere na própria produção do pensamento. Todo pensamento é (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  5.  73
    “O peso E o equilíbrio dos fluídos”: Um ataque newtoniano às teses cartesianas do movimento.Raquel Anna Sapunaru, Douglas Frederico Guimarães Santiago, Bárbara Emanuella Souza & Gabriela Maria Pereira Barbosa - 2012 - Synesis 4 (2).
    Descartes estabeleceu conceitos através dos quais explicaria sua tese geral para o movimento dos corpos. Em total desacordo, Newton realizou um ostensivo ataque a teoria cartesiana concluindo que o movimento assumido pelo filosofo francês não deveria ser considerado como um movimento real. O diálogo desenvolvido ao longo da discussão, fundamentada na teoria newtoniana referente à natureza física do mundo, demonstra de forma sutil e refinada as observações precisas feitas por Newton acerca das contradições a que levavam o desenvolvimento dos conceitos (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  5
    O Sufismo como dimensão mística do Islã.Carlos Frederico Barboza de Souza - 2005 - Horizonte 4 (7):76-94.
    Diante da realidade islâmica contemporânea e buscando estar atento às diversas vozes presentes no “outro”, este artigo tem em vista apresentar de forma sucinta o que é o Sufismo, pensando-o como uma possibilidade – entre muitas – de concretização das crenças islâmicas. Para tal, iniciar-se-á procurando compreender como a notícia acerca de sua existência chega ao Ocidente, ou seja, como os ocidentais o “descobrem”. A seguir, centrar-se-á na busca de compreender o Sufismo a partir de sua relação com o islamismo (...)
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  21
    O Hegelianismo Visto por Peirce.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 2004 - Cognitio 5 (1):84-99.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  5
    Na origem está o signo.Silveira Lauro Frederico Barbosa da - 1991 - Trans/Form/Ação 14:45-52.
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  9. Naturaleza humana e projeto: o pseudodilema kantiano e a originalidade tomista.Carlos Frederico Gurgel Calvet da Silveira & Sergio de Souza Salles - 2012 - Revista Portuguesa de Filosofia 68 (3):391-410.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  63
    Indeterminação e fenômenos fronteiriços: considerações segundo o ponto de vista do pragmatismo peirceano.Jorge de Barros Pires & Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 2013 - Trans/Form/Ação 36 (2):219-240.
    O pragmatismo, como método formal, nos fornece uma importante arena para discussões a respeito do modo pelo qual conceitos podem ser construídos, independentemente de qualquer posição antropocêntrica ou linguística. O presente trabalho tem por finalidade efetuar uma discussão sobre a máxima pragmática e a tese sobre a indeterminação do significado ( meaning ) que ela traz consigo. Ou seja, busca-se entender o trânsito que há entre o indefinido e o definido, entre o indeterminado e o determinado, bem como algumas fronteiras (...)
    Direct download (8 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11.  9
    Editorial-Novas Fronteiras Epistemológicas: O Interesse Acadêmico Pela Mística (New Frontiers Epistemological: Academic Interest in the Mystical)-DOI–10.5752/P. 2175-5841.2012 V10n27p678. [REVIEW]Carlos Frederico Barboza de Souza - 2012 - Horizonte 10 (27):678-683.
  12.  8
    Observe-se o fenômeno: forma e realidade na semiótica de Peirce.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 2004 - Cognitio 5 (2):72-77.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13.  1
    Praeter Philosophicas Disciplinas: O Estatuto Epistemológico da Teologia Na Primeira Questão da Suma Theologiae de Santo Tomás.Sergio De Souza Salles & Carlos Frederico Gurgel Calvet da Silveira - 2020 - Pensando - Revista de Filosofia 11 (24):122-132.
    A Escolástica medieval elevou a teologia ao grau de ciência. Tendência que começou a se manifestar no final do século XI e início do século seguinte, e que atinge seu apogeu no século XIII. Tomás de Aquino torna-se a maior expressão deste novo estatuto da teologia, embora não o único. A primeira questão de sua Suma Teológica trata justamente dos princípios que permitem considerar a teologia como ciência e formam um conjunto de dez artigos que são o objeto de estudo (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14. Reflexões Sobre Aprendizagem E Ensino de Física a Partir da Realidade Do Rio de Janeiro.Frederico Alan de Oliveira Cruz & Paulo Simeão Carvalho - 2018 - Quaestio - Revista de Estudos Em Educação 20 (3).
    A aprendizagem dos alunos presentes nas escolas brasileiras tem se mostrado insuficiente face aos resultados das avaliações nacionais e internacionais, para os diferentes níveis de instrução. Assim, neste trabalhou buscou-se encontrar e compreender as razões para o atual cenário e buscar respostas que possam ajudar a conseguir soluções para o problema. São mostrados como os fatores econômicos e sociais, ligados ao aluno, às questões de infraestrutura na sociedade brasileira e às metodologias de ensino, por parte dos professores, atuam de forma (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15.  7
    A razão filosófica.Frederico Rochaferreira - forthcoming - Philbrasil.
    “Autor reescreve a história abordando temas polêmicos, como a origem de Deus no imaginário dos homens, a fábula de Cristo e a tradição judaica do santo Graal, sendo fonte de pesquisa para seus leitores.” Às vezes parece que é preciso ser um PhD para abrir um livro de filosofia e você pensa, é melhor deixar as questões filosóficas para os filósofos da mesma forma que a ciência para os cientistas. Frederico Rochaferreira entende que isso é trágico, para as nossas (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16. Um pioneiro do liberalismo económico em portugal. Notas de leitura sobre a Guerra E o comércio livre de frederico la figanière.António Palhinha Machado & António Pedro Mesquita - 2004 - Philosophica 23:159-165.
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17.  11
    A origem de Deus no imaginário dos homens.Frederico Rochaferreira - 2016 - Multifoco.
    A bela manhã de sol era um convite a visitar meus pensamentos mais distantes, assim, absorto em minhas reflexões caminhava a passos lentos, sem perceber a presença de Alina, que observava sorrindo aquele meu ritual. Alina: Esse caminhar kantiano me diz que buscavas algo, ou melhor; alguma resposta. Estou certa? Lancio: Alina, que bom vê-la! É verdade. Caminhar estimula a circulação e os neurônios, consequentemente, é ótimo para raciocinar e ir em busca de respostas para delas obter perguntas, contudo é (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  18
    Segredos & enigmas revelados.Frederico Rochaferreira - 2016 - Rio de Janeiro: Multifoco.
    Apesar de ter florescido no século XII, a tradição do Graal, remonta ao século VI, com a história da “Destruição e Conquista da Bretanha”, escrita pelo clérigo Gildas, que não parece querer retratar mais do que fatos da época envolvendo líderes locais com status de Rei, lutas pelo poder, batalhas e assassinatos em família, todavia, se alguma tradição subterrânea (prática comum entre os judeus) havia, envolvendo esses personagens, sobre isso, Gildas, nada falou. -/- A memória desses homens guerreiros volta à (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19.  16
    A traição da Igreja ao fundador da sua Doutrina ou a fábula de Cristo.Frederico Rochaferreira - forthcoming - Philbrasil.
    Devemos olhar o mito como um grande quebra cabeça da história, cujas peças esparsas precisam ser unidas corretamente e, mesmo assim, não é certo que as peças unidas possam vir a formar um quadro de acontecimentos reais. É provável que a causa primeira da distorção de fatos e acontecimentos em mitos ou fábulas, estivesse na incompreensão da língua, assim como aconteceu, em grande medida, com a criação do romance cristão, contudo, superada essa incompreensão, julgou-se bom e necessário à ordem dos (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20. Um Pioneiro do Liberalismo Económico em Portugal. Notas de Leitura sobre a Guerra e o Comércio Livre de Frederico de la Figanière.António Palhinha Machado & António Pedro Mesquita - 2004 - Philosophica: International Journal for the History of Philosophy 12 (23):159-165.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21.  6
    A ética dos miseráveis.Frederico Rochaferreira - forthcoming - Philbrasil.
    Ética. O que é isso? -/- Ética é o que dizemos ser o valor maior da conduta humana e esse valor, que aprendemos através do ensino e da educação é a parte frágil que se soma ao valor fixado em nossa natureza pela herança genética, por isso, não podemos dizer que somente através do saber adquirido o homem forma o seu corpo de caráter para o bem ou para o mal, para as ações virtuosas ou para as ações viciosas, o (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  22.  7
    Two Notes on Euripides' Helen (186; 1472).Frederico Lourenço - 2000 - Classical Quarterly 50 (02):601-.
    This is James Diggle's OCT , with a modified apparatus. The lacuna at 186 prompted two conjectures by Willink: υτθυ and the ingenious αλθυ . I wonder, however, whether an adverb is what we want: the anadiplosis of λακυ would not have come amiss to lend a touch of hysterical urgency to the cry of the rapist's victim; but that would not give us the rhythm we need . Something approaching the effect of the suggested anadiplosis might be obtained by (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  23.  9
    Politics and Aesthetics in Rancière and Lévinas: Scene of Dissensus, Face and Constitution of the Political Subject.Ângela Salgueiro Marques & Frederico Vieira - 2018 - Kriterion: Journal of Philosophy 59 (139):7-33.
    RESUMO Neste artigo pretendemos refletir acerca da constituição do sujeito político a partir de dois conceitos específicos: rosto e cena de dissenso. Nosso argumento pretende evidenciar como, ao “aparecerem”, os indivíduos produzem uma cena polêmica de enunciação na qual se desencadeia um processo de subjetivação política e de criação de formas dissensuais de comunicação e performance que inventam modos de ser, ver e dizer, configurando outras interfaces entre experiência estética e política. Tal processo potencializa a invenção de novas visualidades e (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24.  2
    Abílio de Nequete E Sua Atuação Como Liderança Política Durante a Formação Do Movimento Comunista Brasileiro.Frederico Duarte Bartz - 2022 - Humanitas Hodie 4 (2):H42a1.
    Esse artigo aborda a atuação de Abílio de Nequete como liderança no movimento comunista brasileiro entre os anos de 1917 e 1924. Nequete era um imigrante libanês que trabalhava como barbeiro na cida­de de Porto Alegre, que se tornou uma figura importante no movimento operário durante a Greve Geral de 1917 e foi o fundador da União Maximalista no ano de 1918, um dos primeiros grupos operários do Brasil identificados com as ideias da Revolução Russa. Após o ano de 1920, (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  25. Uma Avaliação Contempor'nea Das Críticas de Rousseau À Ciência/A Contemporary Assessment of Rousseau's Criticisms to the Science.César Frederico dos Santos - 2015 - Pensando - Revista de Filosofia 5 (10):49.
    No Discurso sobre as Ciências e as Artes, seu primeiro discurso, Rousseau defende a polêmica tese de que o progresso das ciências e das artes, contrariamente ao que pretendia o Iluminismo, estava contribuindo mais para a degeneração dos costumes e da sociedade do que para seu aperfeiçoamento. O Primeiro Discurso foi escrito em 1749, há quase 300 anos. Nesse período, a ciência e a nossa compreensão sobre ela mudaram profundamente. Mais importante, nesse período surgiu da ciência algo imprevisto para Rousseau (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  26.  3
    Uma Avaliação Contempor'nea Das Críticas de Rousseau À Ciência/A Contemporary Assessment of Rousseau's Criticisms to the Science.César Frederico dos Santos - 2014 - Pensando: Revista de Filosofia 5 (10):49-65.
    No Discurso sobre as Ciências e as Artes, seu primeiro discurso, Rousseau defende a polêmica tese de que o progresso das ciências e das artes, contrariamente ao que pretendia o Iluminismo, estava contribuindo mais para a degeneração dos costumes e da sociedade do que para seu aperfeiçoamento. O Primeiro Discurso foi escrito em 1749, há quase 300 anos. Nesse período, a ciência e a nossa compreensão sobre ela mudaram profundamente. Mais importante, nesse período surgiu da ciência algo imprevisto para Rousseau (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  27.  14
    Charles Sanders Peirce: ciência enquanto semiótica.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 1989 - Trans/Form/Ação 12:71-83.
    The diagram of sign when applied to the understanding of science gives place to an original correation correlation of abduction or retroduction, deduction and induction. The conjunction of abduction and deduction consists of a general Form of logical possibility. Induction in its turn, establishes, in the long run, the ratio of frequency of the accomplishment of expected consequences of general representations in the universe of facts. As a formal construction, science as semiotics sustains itself even if it has as its (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   3 citations  
  28.  29
    Dissertações e Teses v.2 n.3.Carlos Frederico Barboza de Souza, Maria Aparecida Carvalho de Castro, Cleto Caliman, João Pereira Pinto & Douglas Cabral Dantas - 2003 - Horizonte 2 (3):131-135.
    No mais profundo centro: João da Cruz e o Sufismo Sadili cantam a união transformante Carlos Frederico Barboza de Souza O camelô em Belo Horizonte: aspectos da informalidade e da identidade Maria Aparecida Carvalho de Castro Igreja, povo de Deus, sujeito da comunhão e da missão Cleto Caliman A literatura como questionamento do sujeito da modernidade: Memórias do cárcere, de Graciliano Ramos, e A peste, de Albert Camus João Pereira Pinto O ensino religioso na rede pública estadual de Belo (...)
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  29.  58
    Habermas Lendo Peirce.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 2013 - Trans/Form/Ação 36 (1):33-44.
    Entre as várias referências feitas ao pensamento de Peirce, ao longo de sua carreirafilosófica, dois textos foram tomados como exemplares da leitura que Jürgen Habermas faz do pensamento de Peirce e, ao lado das diferenças encontradas entre os dois textos, dois itens muito importantes se conservam: a verdadeira admiração pela virada pragmática promovida por aquele filósofo e cientista, que será seguida por seu leitor, e a séria restrição feita à progressiva tendênciado pensamento de abandonar a intersubjetividade como garantia da objetividade (...)
    Direct download (7 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  30.  50
    Habermas Reading Peirce.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 2013 - Trans/Form/Ação 36 (s1):33-44.
    Entre as várias referências feitas ao pensamento de Peirce, ao longo de sua carreira filosófica, dois textos foram tomados como exemplares da leitura que Jürgen Habermas faz do pensamento de Peirce e, ao lado das diferenças encontradas entre os dois textos, dois itens muito importantes se conservam: a verdadeira admiração pela virada pragmática promovida por aquele filósofo e cientista, que será seguida por seu leitor, e a séria restrição feita à progressiva tendência do pensamento de abandonar a intersubjetividade como garantia (...)
    Direct download (7 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  31.  19
    A produção social da linguagem: uma leitura do texto de Mikhail Bakhtin , Marxismo e filosofia da linguagem.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 1981 - Trans/Form/Ação 4:15-39.
    Diante do problema de fundamentar criticamente a produção semiótica no interior da formação econômica e social capitalista e mesmo da fase inicial de implantação do socialismo, BAKHTIN, ou seu discípulo VOLOCHINOV, discute as proposições da lingüística de tradição saussuriana e do subjetivismo individualista dos vosslerianos e, evitando o mecanicismo pretensamente marxista, propõe o estabelecimento da instância social e ideológica da formação do discurso. Após elaborar os fundamentos gerais da produção social dos signos, detém-se na análise dos discursos indiretos progressivamente elaborados (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  32.  31
    “Chama Viva de Amor”: elementos de poética e mística em João da Cruz ("Living Flame of Love": elements of poetical and mysticism in John of the Cross) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2009v7n14p114. [REVIEW]Carlos Frederico Barboza de Souza - 2009 - Horizonte 7 (14):114-135.
    Resumo O presente artigo se encontra na interface entre literatura e religião e trata-se de um estudo da linguagem presente na obra de João da Cruz intitulada “Chama viva de amor”, utilizando-se, para tal, de alguns recursos da crítica literária. Esta obra teve a redação de seu poema realizada entre os anos de 1582-1584 e de seus comentários nos anos de 1585/86 (primeira redação) e 1591 (segunda redação). É um texto que, tanto em sua dimensão poética quanto em sua prosa, (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  33.  26
    Charles Sanders Peirce e a contempor'nea filosofia da ciência: uma difícil conversação.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 1993 - Trans/Form/Ação 16:63-82.
    As cada vez mais freqüentes referências ao pensamento de Peirce feitas pela contemporânea filosofia da ciência não têm sido capazes de esconder a dificuldade encontrada de assumi-lo em sua integridade. A maior parte das citações é parcial e contradiz o conjunto da doutrina. Parece ser mais fácil chamar para conversação William James e John Dewey do que chamar seu inspirador comum. A razão última deste desafio parece se encontrar na radicalidade do realismo falibilista, dificilmente aceitável pela maioria das filosofias atuais. (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  34.  18
    Charles S. Peirce and the Contemporary Philosophy of Science: An Uneasy Conversation.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 1993 - Trans/Form/Ação 16:63-82.
    As cada vez mais freqüentes referências ao pensamento de Peirce feitas pela contemporânea filosofia da ciência não têm sido capazes de esconder a dificuldade encontrada de assumi-lo em sua integridade. A maior parte das citações é parcial e contradiz o conjunto da doutrina. Parece ser mais fácil chamar para conversação William James e John Dewey do que chamar seu inspirador comum. A razão última deste desafio parece se encontrar na radicalidade do realismo falibilista, dificilmente aceitável pela maioria das filosofias atuais. (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  35.  24
    Análise semiótica da diagnose médica.Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 2005 - Cognitio 6 (1):94-101.
    A diagnose médica, considerada de um ponto de vista semiótico, consiste num complexo processo dialógico entre médico e paciente. Ambos desempenham papéis essenciais no estabelecimento de hipóteses diagnósticas sugestivas. E isso por meio de um diagrama em que as categorias fenomenológicas, propostas por Peirce, funcionam como vetores caracterizando as diversas atividades e experiências que compõem o processo. O processo em sua inteireza é bastante longo, embora possa ser abreviado em razão ou da urgência de se determinar a conduta terapêutica ou (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  36.  18
    Metafísica E ideia: A originalidade da concepção tomista em confronto com Spinoza E Hegel.Carlos Frederico Gurgel Calvet da Silveira & Thiago Leite Cabrera Pereira da Rosa - 2015 - Synesis 7 (2):1-17.
    As ideias estão em Deus e são compreendidas por seus limites em relação à sua essência ilimitada. A originalidade do ser de Tomás de Aquino pode ser testada se comparada com as múltiplas teorias a respeito da ideia que se desenvolveram ao longo dos séculos na investigação filosófica. Das ideias subsistentes de Platão à ideia como subsistência em Hegel, os percursos aristotélico e tomista revelam-se opções intelectuais moderadas no âmbito gnosiológico, em razão de suas conquistas metafísicas. Deixando de lado os (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  37.  11
    About Terms, Propositions and Arguments.Jorge de Barros Pires & Lauro Frederico Barbosa da Silveira - 2017 - Trans/Form/Ação 40 (4):47-66.
    RESUMO: O Pragmatismo, como proposto por Charles S. Peirce, deve ser considerado um método para a produção teórica de pensamento que visa à construção de conceitos, a qual assume a forma de uma máxima lógica orientadora da conduta científica. Se um conceito é uma relação sígnica e a sua compreensão, um processo sígnico, encontramos na semiótica peirceana uma estratégia para discriminar as etapas da compreensão conceitual e avaliar os significados de termos e conceitos abstratos. Assim, o objetivo deste trabalho é (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  38. Metafí­sica: história e problemas, de Bonaccini, J. A.; Medeiros, M. da Paz N.; Silva, M. F. e Bauchwitz, O. F. (Orgs.). [REVIEW]Glenn W. Erickson - 2006 - Princípios 13 (19):216-218.
    Resenha do livro de Juan Adolfo Bonaccini, Maria de Paz Nunes Medeiros, Markus Figueira de Silva e Oscar Frederico Bauchwitz (Org.). Metafísica: história e problemas: atas do I Colóquio Internacional da Metafísica . Natal: EDUFRN, 2006, 332 páginas. [Coleçáo Metafísica n. 5].
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  39.  22
    Análise do diálogo judaico-cristão: Desafios E perspectivas.Adriano Sousa Lima, Lucas dos Santos Ferreira & Roberto Monteiro de Castro Filho - 2018 - Revista de Teologia 12 (21):87-95.
    O presente artigo busca fazer uma análise do diálogo inter-religioso entre o judaísmo e o cristianismo, duas religiões monoteístas, com origens semelhantes, mas separadas por questões históricas e algumas divergências doutrinárias. Inicialmente se propõe relatar a importância do diálogo entre as duas religiões, baseando-se nos trabalhos de Alberto Milkewitz, Edwin Arteaga Tobon, e Frederico Laufer. Após isso, procurou-se identificar os aspectos divergentes e convergentes entre o cristianismo e o judaísmo, para verificar a viabilidade do diálogo. Consultou-se para este momento (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  40. Cognition and Content.João Branquinho - 2005 - Lisboa, Portugal: Centro de Filosofia da Universidade de Lisboa.
    Os tópicos e problemas filosóficos discutidos no volume são de natureza bastante variada: a natureza da complexidade computacional no processamento de uma língua natural; a relação entre o significado linguístico e o sentido Fregeano; as conexões entre a a agência e o poder; o conteúdo semântico da ficção; a explicação dos impasses éticos; a natureza dos argumentos cépticos; as conexões entre as dissociações cognitivas e o carácter modular da mente; a relação entre a referência e o significado. Estes tópicos deixam-se (...)
    Direct download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  41. I͡azykovye Znachenii͡a: Metody Issledovanii͡a I Print͡sipy Opisanii͡a--Pami͡ati O.N. Seliverstovoĭ.O. N. Seliverstova & N. A. Kosakovskai͡a (eds.) - 2004 - Moskovskiĭ Gorodskoĭ Pedagog. Universitet.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  42. I͡azykovye Znachenii͡a: Metody Issledovanii͡a I Print͡sipy Opisanii͡a--Pami͡ati O.O. N. Seliverstova & N. A. Kosakovskai͡a (eds.) - 2004 - Moskovskiĭ Gorodskoĭ Pedagog. Universitet.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  43. Toward a New Sensibililty: Essays of O.K. Bouwsma.O. K. Bouwsma - 1982 - University of Nebraska Press, C1982.
    Direct download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  44. Ì Öñ Ò Ø Óò Ó Óò× Øö Òø Óòø Üøù Ð Ê Ûö Ø Ò.È. Ö. Ó. Ö ÑѺ - 2000 - In Dov M. Gabbay & Maarten de Rijke (eds.), Frontiers of Combining Systems. Research Studies Press. pp. 47.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  45. O tempo de ontem na voz de hoje: Memória de idosas sergipanas.O. Tempo de Ontem Na Voz - 2010 - História 28:10.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  46. Üvahy o logice normativnich vet.O. Weinberger - forthcoming - Filosoficky Casopis.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  47. O que é uma acção?O. Jones & P. Smith - 2005 - Critica.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  48. Zur Möglichkeit des Unmöglichen Strafrechts: Ein Versuch Über Die Dissonanz Im System der Ultima Ratio.Frederico Figueiredo - 2013 - Pl Academic Research.
    Wie gelangen wir in einen Zustand des Strafrechts, den viele Spezialisten mit guten Grunden fur unmoglich halten? Das Buch <I>Zur Moglichkeit des unmoglichen Strafrechts beschaftigt sich mit dieser Frage und versucht auf sie anhand einer vergleichenden Analyse eine Antwort zu geben: Die Krisis des Strafrechts aus der Perspektive der sogenannten Frankfurter Schule des Strafrechts steht dabei der Kritischen Theorie gegenuber. Ausgewahlte Beispiele aus der deutschen sowie der brasilianischen Geschichte, wie Sklaverei, Diktatur, Imperialismus und Nationalsozialismus, sprechen dafur, dass Wissenschaft und Barbarei (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  49. Onora O'Neill: Constructions of Reason. Explorations of Kant's Practical Philosophy, Cambridge University Press: Cambridge 1989, 249 S. [REVIEW]O. Höffe - 1993 - Philosophische Rundschau 40 (1-2):83-86.
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  50.  46
    Précis of O'Keefe & Nadel's The Hippocampus as a Cognitive Map.John O'Keefe & Lynn Nadel - 1979 - Behavioral and Brain Sciences 2 (4):487-494.
    Theories of spatial cognition are derived from many sources. Psychologists are concerned with determining the features of the mind which, in combination with external inputs, produce our spatialized experience. A review of philosophical and other approaches has convinced us that the brain must come equipped to impose a three-dimensional Euclidean framework on experience – our analysis suggests that object re-identification may require such a framework. We identify this absolute, nonegocentric, spatial framework with a specific neural system centered in the hippocampus.A (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   178 citations  
1 — 50 / 1000