Results for 'Hervé Do Alto'

1000+ found
Order:
  1.  8
    A química fina que poderia ter sido: a extração de óleo de sassafrás e de safrol no alto e médio vale do Itajaí.Juergen Heinrich Maar & Ligia Cleia Casas Rosenbrock - 2012 - Scientiae Studia 10 (4):799-820.
    O presente trabalho examina os aspectos históricos da extração do óleo de canela-sassafrás (Ocotea pretiosa Mez), rico em safrol, no Alto e Médio Vale do Itajaí, a partir de 1940, por iniciativa de Otto Grimm, no município de Rio do Sul. Apresenta-se o tema no contexto da memória química em Santa Catarina, e discutem-se os procedimentos utilizados, e principalmente os motivos que levaram tal indústria incipiente a não se converter em uma indústria de química fina. Para tanto, são apresentados (...)
    Direct download (7 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2. Depósitos Sedimentares e variações Paleoambientais no Pleistocénico Final e Holocénico do Alto Ribatejo (Portugal).Hugo Gomes, Cristiana Ferreira & Pierluigi Rosina - 2013 - Revista Techne 1 (1).
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  3
    Nas franjas da sociedade: os esmolados das misericórdias do Alto Minho.Maria Araújo - 2005 - Diálogos (Maringa) 9 (2).
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4. Variação não-métrica craniana na região do lambda: os casos identificados nos indivíduos inumados na Gruta dos Ossos (Alto Ribatejo, Portugal).Tiago Tomé - 2013 - Revista Techne 1 (1).
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  17
    De la révolution nationale à la victoire d'Evo Morales.Hervé Do Alto - 2007 - Actuel Marx 2 (2):84-96.
    No categories
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6. L'Amérique Latine en lutte. Hier et aujourd'hui.Armando Boito, Ana Esther Cecena, Guillermo Almeyra, Carlos Nelson Coutinho, Michael Lowy, Jules Falquet, Jérome Baschet, Eugène Gogol, Sébastien Ville & Hervé Do Alto - 2007 - Actuel Marx 42:25 - 125.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7. As elites romanas E os libertos – as representações do patronato no satyricon.André Eduardo da Silva Soares - 2011 - Principia: Revista do Departamento de Letras Clássicas e Orientais do Instituto de Letras 2 (23):103-114.
    Como sabemos, as relações sociais na República Romana Tardia e no Alto Império eram baseadas em redes de interdependências pessoais conhecidas como patronato. Nesse artigo analisaremos dois trechos de discursos do Satyricon, para identificar conflitos presentes na sociedade romana do Alto Império. Demonstraremos que o autor do Satyricon, por meio de atos de nomeação e representações, impunha um modelo de organização social de acordo com os valores das elites romanas. Utilizaremos alguns elementos do método semiótico de leitura isotópica (...)
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8. Usos do dicionário.Amós Coêlho da Silva - 2011 - Principia: Revista do Departamento de Letras Clássicas e Orientais do Instituto de Letras 2 (23):45-54.
    A não ser que se investigue em dicionários, como seria possível, relacionar “alto, aluno, adolescente, alimento” como família cognata, cuja base seria do latim alo, alis, alĕre, alui, altum / alitum (alimentar)? A capacidade de inovação na língua literária e padronização da língua usual. A deriva da língua, ou seja, orientações de mudanças embutidas ou encapsuladas numa fase linguística: ou ainda, como a denominou Serafim da Silva Neto: tendência linguística. A interação social no mundo da comunicação entre os indivíduos. (...)
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  4
    A Filosofia de Hegel À Luz da Teoria Do Romance Do Jovem Luckács.Antonio Vieira da Silva Filho - 2018 - Trans/Form/Ação 41 (4):75-90.
    Resumo: A partir da Teoria do romance do jovem Lukács, o artigo desenvolve uma discussão com a filosofia de Hegel, no que concerne, de um lado, à herança da dialética histórica hegeliana, presente na Teoria do romance, e, de outro lado, ao distanciamento do autor húngaro das conclusões de Hegel sobre a unidade efetiva entre indivíduo e Estado moderno. A herança hegeliana na obra de Lukács é definidora na sua compreensão da relação imanente e necessária entre forma artística e conteúdo (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  7
    Naturologia e espiritualidade: indícios dos valores do movimento da Nova Era entre naturólogos formados no Brasil.Fábio Leandro Stern - 2016 - Horizonte 14 (42):668-669.
    A presente dissertação objetivou investigar as relações entre a Naturologia no Brasil e o movimento da Nova Era, partindo da hipótese levantada por Teixeira de que o surgimento da Naturologia no Brasil estaria relacionado à chegada da Nova Era ao país. Para tanto, foram aplicados 292 questionários em naturólogos formados nas duas universidades brasileiras com cursos de Naturologia reconhecidos pelo MEC. Para aferir o grau de adesão ao movimento da Nova Era, uma escala do tipo Likert foi aplicada, com 25 (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11.  10
    Trânsito religioso e reinvenções femininas do sagrado na modernidade.Sandra Duarte de Souza - 2006 - Horizonte 5 (9):21-29.
    O trânsito religioso é indicador de que os “modelos oficiais e religião” têm sido substituídos, ou coexistem com oferenciais religiosos cambiantes, respondendo à demanda dos sujeitos de fé. Os anseios de significação imediata dos sujeitos de fé encontram na “vagabundagem religiosa” sua atitude mais coerente. A vagabundagem semântica dos crentes infiéis é o elemento dinamizador do campo religioso moderno. No presente texto nos propomos a discutir o trânsito religioso de mulheres, suas motivações e as implicações dessa “andança religiosa” para a (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12.  5
    Pagãos Fictícios, Feiticeiros Imaginários, Alteridades Literárias: As Sagas Islandesas Como Fonte Historiográfica E Sua Representação Do Mundo Pré-Cristão.Santiago Barreiro - 2016 - Diálogos (Maringa) 20 (3):97.
    Resumo: Meu objetivo aqui é indagar como devemos entender a literatura das sagas, textos em prosa islandeses da Idade Medía; O ápice da produção de sagas ocorreu entre a segunda metade do século XIII e a primeira metade do XIV. Estou interessado de modo geral na representação que essas sagas produziram a respeito do período alto-medieval dos “vikings”, onde frequentemente sucede a ação contida em seus relatos; e pontualmente, na figura dos pagãos e dos magos do período pré-cristão ali (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13.  8
    A Vida Do Espírito.Marcia da Silva - 2006 - Philósophos - Revista de Filosofia 11 (1):159-174.
    Hegel não destina qualquer parte de suas obras para tratar davida do espírito, porém, ao explicar os termos em que a vida deve ser compreendida na Ciência da Lógica, ele diferencia a dimensão especulativa da dimensão natural e espiritual, referindo-se, especificamente, à vida do espírito. Pretendemos, tão somente, mostrar a origem e as implicações deste conceito em Hegel, posto que, se a vida natural é o ponto mais alto a que chega a natureza, a vida espiritual é o destino (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  14.  22
    Ressaltar a relação de aproximação que existe entre teologia E literatura a partir do estudo do salmo 139.Gbedey Mebounou Nyekplola Herve Roeland - 2011 - Revista de Teologia 5 (7):71-79.
    A presente pesquisa busca verificar uma aproximação mútua entre a Teologia e a Literatura. Depois de definir cada uma dessas duas disciplinas e de elucidar as suas respectivas finalidades no cenário existencial do homem, convém dizer que há possibilidade de um dialogo profícuo entre a Teologia e a Literatura. A aproximação entre a literatura e a teologia a partir do estudo do Sl 139 procura apresentar os laços estreitos e as relações de mútua dependência entre as duas disciplinas. Afinal, convém (...)
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15.  8
    Considerações críticas sobre a abordagem quantificacional dos demonstrativos - acerca do livro de Jeffrey King.André Leclerc - 2003 - Philósophos - Revista de Filosofia 8 (1).
    Os demonstrativos foram considerados tradicionalmente como expressões referenciais. É o que encontramos na história da filosofia desde o início da tradição gramatical ocidental que sempre tratou os demonstrativos como pronomes. A maior provocação no livro de King consiste precisamente em romper com essa tradição ao apresentar os demonstrativos complexos (“esta mesa”, “aquele homem” etc.) como termos quantificados (e, portanto, termos não-referenciais). King apóia seu tratamento sobre exemplos escolhidos que parecem favorecer sua tese, como “aquele arquiteto que construiu essas pirâmides era (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16.  7
    O Papa precisa do marxismo? Bento XVI e a incompatibilidade entre a fé cristã e a fé marxista (Does Pope need of Marxism? Benedict XVI and the incompatibility between the Christian faith and the Marxist faith).Rudy Albino Assunção - 2012 - Horizonte 10 (27):1042-1059.
    O marxismo aparece insistentemente na teologia e no magistério de Joseph Ratzinger-Bento XVI como um inimigo permanente ao qual o cristianismo deve se contrapor, sem possibilidades de conciliação entre ambos. Mas qual concepção subjaz essa rejeição tão peremptória, tão decidida? Para alcançarmos a resposta a tal questão, aprofundamos a visão de Joseph Ratzinger a partir de alguns de seus escritos teológicos (anteriores ao pontificado) e, em seguida, nas suas três encíclicas, o ponto alto de seu magistério papal ( Deus (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17.  5
    O Sl 139 e a experiência do Êxodo.Gbedey Mébounou Nyékplola Hervé Roland - 2014 - Revista de Teologia 8 (13):48-69.
    The present research is about the study of Psalm 139 which goals are to provide the liberator face of God revealed in this poem and to investigate the parallelisms that the Psalm 139 in it theological reflection about God, remember the experience of the Exodus. These pages want to be both a grant to boost daily experience of faith as to motivate for a greater commitment to the issues of liberation, justice, evangelization and human promotion.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  13
    As contribuições dos sofistas para O fenômeno da educação numa perspectiva contemporânea.David Velanes de Araújo - 2013 - Cadernos Do Pet Filosofia 4 (7):53-64.
    Os sofistas trouxeram grandes contribuições para a educação, tal como, os próprios fundamentos da pedagogia moderna. A sofística constituiu um fenômeno com um alto significado na história da educação, pois foi com os sofistas que a paidéia ganhou um sentido e um significado mais profundo, isto é, a educação passou a ser tratada de forma mais consciente e racional. Dessa maneira, este artigo busca uma interpretação positiva do movimento sofístico, diferente daquela deixada pela tradição socrático-platônica.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19.  19
    Immanuel Kant - Lições sobre a Doutrina Filosófica da Religião (estudo introdutório [extrato]) [Extrato].Bruno Cunha - 2019 - In Lições sobre a Doutrina Filosófica da Religião. Petrópolis - Cascatinha, Petrópolis - RJ, Brasil: pp. 7-53.
    O manuscrito estudantil das Lições sobre a Doutrina Filosófica da Religião, ministradas muito provavelmente no semestre de inverno de 1783/84, foi publicado pela primeira vez em 1817 por Karl Heinrich Ludwig Pölitz. Kant ministrou essas Lições tendo como base escritos metafísicos e teológicos que tinham sido publicados por influentes filósofos alemães de sua época (Alexander Gottlieb Baumgarten, Johann August Eberhard und Christoph Meiners). Mas, em suas Lições, Kant não apenas faz referência à posição desses filósofos. Ao contrário, ele também os (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20.  1
    Olhar, Escuta E Verdade No “Édipo de Foucault”.Fabiano Incerti - 2019 - Philósophos - Revista de Filosofia 24 (1).
    Em suas análises de Édipo-Rei, Michel Foucault recorda que a manifestação da verdade no interior da peça de Sófocles depende necessariamente de indivíduos que possam afirmar: eu vi com meus próprios olhos e eu escutei com meus próprios ouvidos. Do alto de seu poder autocrático, Édipo é aquele que tudo viu e tudo ouviu e por isso tudo sabe e tudo pode, mas vê-se ao final obrigado a se exilar, andando a esmo através do mundo na noite de sua (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21.  2
    Mito E História No “Romance Épico” Simá de Lourenço da Silva Araújo E Amazonas.Daniel Padilha Pacheco Da Costa - 2019 - Dialogos 23 (2):101.
    Este estudo propõe caracterizar Simá: romance histórico do Alto Amazonas, de Lourenço da Silva Araújo e Amazonas, como um “romance épico”, entendido como uma variante de romance histórico distinta da escola hegemônica representada por José Alencar. Esse romance, cujos modelos literários são a Ilíada e a Eneida, elege o rapto da mameluca Simá, chamada de “Helena do Rio Negro”, como a causa imediata da Rebelião de Lamalonga. O romance narra, no plano histórico, o massacre da nação indígena dos Manau (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  22.  64
    Sobre o Método Do Discurso Prático Na Fundamentação da Ética Do Discurso de Jürgen Habermas.Jorge Adriano Lubenow - 2011 - Cadernos Do Pet Filosofia 2 (3):p - 70.
    O artigo sublinha o método do discurso prático na fundamentação da ética do discurso e as possíveis diferenças que traçam a separação da ética discursiva da ética kantiana. Mais do que investigação e demonstração, trata-se de uma exposição dos movimentos conceituais importantes sobre o método do discurso prático da ética habermasiana.The paper highlights the method of practical discourse on the grounding of discourse ethics and the possible differences that draws the distinction of discursive ethics from Kantian ethics. More than investigation (...)
    Direct download (7 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  23. A Vida do poeta Henrique caiado E os seus possíveis amores.Márcio Luiz Moitinha Ribeiro - 2012 - Principia: Revista do Departamento de Letras Clássicas e Orientais do Instituto de Letras 1 (24):71-77.
    Tendo defendido a minha tese na USP, em maio de 2011, acerca de o Estudo e a Tradução dos dois livros de Epigramas, de Henrique Caiado, pesquisa acadêmica com mais de 500 laudas, deveras de cunho original e hercúleo, visto que laboramos com poemas epigramáticos renascentistas, nunca antes traduzidos na íntegra para o vernáculo ou para qualquer língua estrangeira. Na presente pesquisa, colocaremos em foco a vida do poeta e os seus possíveis amores. Perguntamo-nos: O que sabemos acerca de um (...)
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24.  24
    EPISTEMOLOGIA DO TESTEMUNHO: críticas à refutação do reducionismo local quanto ao desempenho justificacional do testemunho.Ronaldo Miguel da Silva - 2014 - Cadernos Do Pet Filosofia 5 (9):17-32.
    A epistemologia do testemunho tem reacendido forte interesse entre a classe dos atuais epistemólogos. Tem sido redescoberta a sua indispensabilidade epistêmica e reassumida a posição de que o testemunho é uma fonte de crenças penetrante e natural, no qual muitas das crenças nele fundamentadas constituem conhecimento e estão justificadas. Reducionistas e antirreducionistas se alternam, repetidamente, para explicar o papel epistêmico do testemunho na justificação da crença testemunhal, gerando um acirrado debate na epistemologia contemporânea. Advogada do Reducionismo local, Elizabeth Fricker refuta (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  25. Cipriano: O iminente fim do mundo.Airto Ceolin Montagner - 2013 - Principia: Revista do Departamento de Letras Clássicas e Orientais do Instituto de Letras 1 (26):9-14.
    Cipriano, atuante bispo de Cartago em difíceis tempos de grandes perseguições aos cristãos, compõe um texto, um discurso apologético, no qual se dirige ao pagão Dimitriano, defendendo os cristãos de acusações a eles imputadas como responsáveis pelas desgraças e dificuldades por que passava o Império Romano. Aborda a temática do fim do mundo de modo original invertendo as acusações que o poder público atribuía aos cristãos.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  26. A performance do belo corpo de odisseu se mostra: De.Alessandra Serra Viegas - 2012 - Principia: Revista do Departamento de Letras Clássicas e Orientais do Instituto de Letras 1 (24):27-34.
    O presente trabalho procurará apontar olhares sobre o corpo de Odisseu, herói e protagonista da segunda obra homérica, a partir da perspectiva do narrador e da personagem Nausícaa, a princesa dos Feaces. Assim, demonstrar-se-ão, ainda que sucintamente, as metamorfoses sofridas pelo corpo de Odisseu ao longo da obra homérica, as quais o fazem transitar entre o ‘proscrito e o príncipe’. Para tanto, buscar-se-á através da análise do Canto VI, o momento em que se dá o encontro de Odisseu e Nausícaa, (...)
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  27. O estudo etnográfico como propulsor de ações socioambientais do pibid interdisciplinar - educação ambiental: O plantio de árvores E a semana de meio ambiente na escola do Campo.Tais Batista Santos, Cleiton Geovanne F. Silva, Igor Evangelista, Neila Carla Barreto Peixoto & Silvana do Nascimento Silva - 2016 - Saberes Em Perspectiva 6 (14):67-81.
    O estudo etnográfico permite aos professores uma ampla percepção dos aspectos socioeducacionais que perpassam o contexto escolar, permitindo que se desenvolvam, a partir deste estudo, ações pedagógicas para problematizar conhecimentos socioambientais do contexto local e global. No Pibid Interdisciplinar: Educação Ambiental, o estudo etnográfico foi realizado em uma escola do campo, no interior de Jequié-BA, situada numa zona de mata atlântica. O objetivo desse artigo é apresentar a etnografia como propulsora da realização das ações socioambientais de replantio de árvores e (...)
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  28. No meio do caminho tinha Diotima.Jovelina Maria Ramos de Souza - 2014 - Archai: Revista de Estudos Sobre as Origens Do Pensamento Ocidental 13:131-139.
    A presente exposição pretende retomar as representações de Diotima no discurso poético-filosófico de Platão e Hölderlin. Independente da época na qual a imagem de Diotima foi traçada por cada um dos dois autores, a ideia que ela representa, no contexto da obra do filósofo grego e do poeta alemão é marcada pela ambiguidade. A arquitetônica de Diotima, seja a de Platão ou a de Hölderlin, se sustenta na noção de alteridade, espécie de espelho através do qual as imagens de Safo (...)
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  29. Everyone Thinks That an Ability to Do Otherwise is Necessary for Free Will and Moral Responsibility.Christopher Evan Franklin - 2015 - Philosophical Studies 172 (8):2091-2107.
    Seemingly one of the most prominent issues that divide theorists about free will and moral responsibility concerns whether the ability to do otherwise is necessary for freedom and responsibility. I defend two claims in this paper. First, that this appearance is illusory: everyone thinks an ability to do otherwise is necessary for freedom and responsibility. The central issue is not whether the ability to do otherwise is necessary for freedom and responsibility but which abilities to do otherwise are necessary. Second, (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   8 citations  
  30. Does Everyone Think the Ability to Do Otherwise is Necessary for Free Will and Moral Responsibility?Simon Kittle - 2019 - Philosophia 47 (4):1177-1183.
    Christopher Franklin argues that, despite appearances, everyone thinks that the ability to do otherwise is required for free will and moral responsibility. Moreover, he says that the way to decide which ability to do otherwise is required will involve settling the nature of moral responsibility. In this paper I highlight one point on which those usually called leeway theorists - i.e. those who accept the need for alternatives - agree, in contradistinction to those who deny that the ability to do (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  31. Abilities to Do Otherwise.Simon Kittle - 2015 - Philosophical Studies 172 (11):3017-3035.
    In this paper I argue that there are different ways that an agent may be able to do otherwise and that therefore, when free will is understood as requiring that an agent be able to do otherwise, we face the following question: which way of being able to do otherwise is most relevant to free will? I answer this question by first discussing the nature of intrinsic dispositions and abilities, arguing that for each action type there is a spectrum of (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   5 citations  
  32. Defending the Right To Do Wrong.Ori J. Herstein - 2012 - Law and Philosophy 31 (3):343-365.
    Are there moral rights to do moral wrong? A right to do wrong is a right that others not interfere with the right-holder’s wrongdoing. It is a right against enforcement of duty, that is a right that others not interfere with one’s violation of one’s own obligations. The strongest reason for moral rights to do moral wrong is grounded in the value of personal autonomy. Having a measure of protected choice (that is a right) to do wrong is a condition (...)
    Direct download (9 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   8 citations  
  33.  64
    Reasons, Determinism and the Ability to Do Otherwise.Sofia Jeppsson - 2016 - Ethical Theory and Moral Practice 19 (5):1225-1240.
    It has been argued that in a deterministic universe, no one has any reason to do anything. Since we ought to do what we have most reason to do, no one ought to do anything either. Firstly, it is argued that an agent cannot have reason to do anything unless she can do otherwise; secondly, that the relevant ‘can’ is incompatibilist. In this paper, I argue that even if the first step of the argument for reason incompatibilism succeeds, the second (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   3 citations  
  34.  14
    Transindividual-Transversal Subjectivity for the Posthuman Society.Jae-Hee Kim - 2017 - Kriterion: Journal of Philosophy 58 (137):391-411.
    ABSTRACT The problem that the "posthuman" must cope with is complex: how can one embrace both anti-humanistic problematization and deconstruction of the human subject by post-structuralism and, at the same time, link the capacity of techno-science for de-humanization with the possibility for inventing posthuman subjectivity? Consideration of the posthumanization of the human must expand further from the cyborgization based on the strengthening of human individuals' capacity, and there is need of a paradigm shift for us to rethink and reconceptualize the (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  35.  7
    Fernando Pessoa Leitor de Pascal E o Projeto Do Livro Do Desassossego.Nuno Ribeiro & Cláudia Souza - 2019 - Cadernos Espinosanos 40:119-134.
    O presente artigo visa explorar as relações entre Pascal e Pessoa tendo por base o impacto da obra do autor francês tanto na estruturação quanto nas temáticas presentes ao longo do projeto do Livro do Desassossego. Com efeito, na Biblioteca Particular de Pessoa encontramos livros de e sobre Pascal que se encontram sublinhados e anotados pelo autor português e nos possibilitam certificar o interesse de Pessoa pelo pensamento pascaliano. Para além disso, o espólio de Pessoa oferece-nos um conjunto de fragmentos (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  36.  7
    Mundo desencantado: o ethos pós-religioso do homem contempor'neo à luz do pensamento de Marcel Gauchet.Fabiano Victor Campos - 2017 - Horizonte 15 (46):376-411.
    This article analyzes the meaning of the expression "disenchantment of the world" in the French philosopher Marcel Gauchet’s thought. In order to do so, it seeks to show that, through the thesis of an exit of religion, Gauchet presents the historical development of religion in three distinct stages but successive and interrelated each other, that is to say: The religion of the past as the configurator of the original experience of heteronomy in its most absolute form of the so-called primitive (...)
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  37. Voluntary Euthanasia, Physician-Assisted Suicide, and the Right to Do Wrong.Jukka Varelius - 2013 - HEC Forum 25 (3):1-15.
    It has been argued that voluntary euthanasia (VE) and physician-assisted suicide (PAS) are morally wrong. Yet, a gravely suffering patient might insist that he has a moral right to the procedures even if they were morally wrong. There are also philosophers who maintain that an agent can have a moral right to do something that is morally wrong. In this article, I assess the view that a suffering patient can have a moral right to VE and PAS despite the moral (...)
    Direct download (6 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  38.  29
    Ontologia deflacionária e ética objetiva: Em busca dos pressupostos ontológicos da teoria do reconhecimento.Eduardo Luft - 2010 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 55 (1):82-120.
    O presente estudo tem por objetivo contribuir para o projeto de reatualização da Filosofia do Direito hegeliana inaugurado por Axel Honneth, mas de um modo indireto: meu interesse aqui não é investigar tópicos específicos da Filosofia do Direito, nem mesmo examinar a teoria do reconhecimento como proposta por Honneth, mas iniciar uma caminhada no sentido de tornar explícitos os pressupostos ontológicos carregados por tal projeto de reatualização.
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  39.  82
    Revisiting the Right to Do Wrong.Renee Jorgensen Bolinger - 2017 - Australasian Journal of Philosophy 95 (1):43-57.
    Rights to do wrong are not necessary even within the framework of interest-based rights aimed at preserving autonomy. Agents can make morally significant choices and develop their moral character without a right to do wrong, so long as we allow that there can be moral variation within the set of actions that an agent is permitted to perform. Agents can also engage in non-trivial self-constitution in choosing between morally indifferent options, so long as there is adequate non-moral variation among the (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  40. Knowing That, Knowing How, and Knowing to Do.Refeng Tang - 2011 - Frontiers of Philosophy in China 6 (3):426-442.
    Ryle’s distinction between knowing that and knowing how has recently been challenged. The paper first briefly defends the distinction and then proceeds to address the question of classifying moral knowledge. Moral knowledge is special in that it is practical, that is, it is essentially a motive. Hence the way we understand moral knowledge crucially depends on the way we understand motivation. The Humean theory of motivation is wrong in saying that reason cannot be a motive, but right in saying that (...)
    Direct download (11 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  41.  31
    Adaptacja szkół zawodowych do trendów społeczno-gospodarczych.Andrzej Klimczuk - 2015 - In Marta Juchnicka (ed.), Doradcze I Edukacyjne Aspekty Reorientacji Zawodowej I Wsparcia Zatrudnienia Zwalnianych Pracowników Oświaty. Izba Rzemieślnicza I Przedsiȩbiorczości. pp. 37--68.
    A. Klimczuk, Adaptacja szkół zawodowych do trendów społeczno-gospodarczych, [in:] M. Juchnicka, Doradcze i edukacyjne aspekty reorientacji zawodowej i wsparcia zatrudnienia zwalnianych pracowników oświaty, Izba Rzemieślnicza i Przedsiȩbiorczości, Białystok 2015, pp. 37-68.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  42.  19
    “Perto do céu... numa nave espacial”: reforma devocional e turismo religioso no Santuário do Lima.Magno Francisco de Jesus Santos - 2018 - Horizonte - Revista de Estudos de Teologia E Ciências da Religião 16 (49):107-135.
    The Sanctuary of Lima is the oldest pilgrimage center of Rio Grande do Norte. Built on January 29, 1758, the little hermitage dedicated to Our Lady of the Impossibles, on the top of the Lima Mountain, in Patu, became an important point of convergence for pilgrims. From 1921 onwards, the sanctuary was handed over to the Holy Family Missionaries from the Netherlands who took responsibility for the restructuring of the sanctuary and for the guidance of devotional practices. The purpose of (...)
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  43.  69
    Acompanhamento e promoção do desenvolvimento na Educação Infantil: algumas contribuições da Psicologia Escolar.Adinete Sousa da Costa Mezzalira & Raquel Souza Lobo Guzzo - 2011 - Revista Aletheia 35:22-35.
    Essa pesquisa investigou os fatores que estariam interferindo no acompanhamento e na promoção do desenvolvimento das crianças em uma instituição pública de Educação Infantil, bem como avaliou a opinião das educadoras acerca de uma proposta de acompanhamento do desenvolvimento infantil. A pesquisa ad..
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  44.  2
    Riforma Del Metodo E Fini Morali in Cartesio.Gregorio Piaia - 1998 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 43 (2):329.
    SÍNTESE - Facilmente lê-se Descartes como autor de um projeto de reforma do conhecimento, estranhando- se mesmo a presença da moral, na parte terceira do Discurso. Uma análise aprofundada do projeto cartesiano mostra, entretanto, que na economia complessiva intelectual projetada por ele, a moral representa ao mesmo tempo o pressuposto e o ponto alto de tal reforma.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  45.  11
    O argumento cartesiano do sonho.Eneias Forlin - 2001 - Discurso 32:235-248.
    Este artigo examina o argumento do sonho que aparece na Meditação primeira , procurando mostrar que ele não põe em causa a objetividade intrínseca ao mundo de nossa experiência, mas apenas a sua correspondência com uma realidade exterior. Isto significa que a utilização que Descartes faz de um tal argumento não deveria sugerir aquela imagem negativa que se costuma fazer do ceticismo.
    No categories
    Direct download (8 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  46.  58
    Nietzsche, O Eterno Retorno Ea Ética Do Cuidado de Si/Nietzsche, the Eternal Return and the Ethics of the Self Care.Lucas Nogueira do Rêgo Monteiro Villa - 2012 - Cadernos Do Pet Filosofia 3 (5):41-49.
    Este artigo busca analisar as interpretações mais correntes do conceito nietzscheano do eterno retorno, bem como apresentar uma nova leitura do mesmo enquanto consumação da perspectiva niilista e proposta de um modelo ético baseado no princípio grego do cuidado de si ( epiméleia heautoû ).: This article tries to analyze the most common interpretations about the nietzschean concept of the eternal recurrence, as well as present a new view that sees it as the consummation of the nihilistic perspective and an (...)
    Direct download (8 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  47.  19
    Lingüística de Interações Moleculares.Romeu Cardoso Guimarães - 1991 - Trans/Form/Ação 14:123-137.
    The most interesting biological molecules are long polymers. In analogy with human alphabetic languages, they can be called texts and analysed, as to the primary structure, as sequences of letters or of words . It is considered that the study of words, in a linguistic approach, may contribute positively to the understanding of molecular interactions . The molecular and human languages and dialects are contrasted. The molecular one is peculiarly distinct from the human, for instance, by its use of a (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  48.  42
    A política na sociedade do conhecimento.Odílio Alves Aguiar - 2007 - Trans/Form/Ação 30 (1):11-24.
    O artigo enseja discutir os dilemas e as possibilidades da política na atual configuração societária. Partiremos da definição de sociedade do conhecimento como sociedade em rede apresentada pelo sociólogo Manuel Castells e, em seguida, exporemos os conceitos arendtianos de totalitarismo e ação, importantes para uma reflexão sobre a política nos dias atuais. Abordaremos as implicações da questão judaica na teoria política arendtiana, na qual sobressai uma perspectiva agônica do poder, isto é, o poder não como lugar das forças anônimas, sistêmicas, (...)
    Direct download (8 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  49.  51
    Grande Sertão: Veredas by João Guimarães Rosa.Felipe W. Martinez, Nancy Fumero & Ben Segal - 2013 - Continent 3 (1):27-43.
    INTRODUCTION BY NANCY FUMERO What is a translation that stalls comprehension? That, when read, parsed, obfuscates comprehension through any language – English, Portuguese. It is inevitable that readers expect fidelity from translations. That language mirror with a sort of precision that enables the reader to become of another location, condition, to grasp in English in a similar vein as readers of Portuguese might from João Guimarães Rosa’s GRANDE SERTÃO: VEREDAS. There is the expectation that translations enable mobility. That what was (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  50.  11
    Tempo do espírito e espírito do tempo: algumas observações mais ou menos intempestivas.Léa Freitas Perez - 2018 - Horizonte - Revista de Estudos de Teologia E Ciências da Religião 16 (49):356-378.
    Este artigo corresponde a fala integral que foi apresentada na Mesa “Três olhares sobre o Tempo do Espírito”, no 29º Congresso Internacional da Sociedade de Teologia e Ciências da Religião - Tempos do espírito: inspiração e discernimento, que teve lugar em 13 julho de 2016, na PUC-Minas. Nele teço algumas observações mais ou menos intempestivas sobre as relações entre tempo do espírito e espírito do tempo, com vistas a pensar a religiosidade na contemporaneidade mais imediata. A partir de uma rápida (...)
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
1 — 50 / 1000