Results for 'João de Freitas Branco'

1000+ found
Order:
  1.  8
    A Música, Nossa Percursora: Acerca da Música Na Filosofia de Nietzsche.Maria João Branco - 2012 - Cadernos Nietzsche 31:209-234.
    No categories
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  35
    Famílias com casais de dupla carreira e filhos em idade escolar: estudo de casos.Nadir Helena Sanchotene de Souza, Adriana Wagner, Bianca de Moraes Branco & Claudete Bonatto Reichert - 2007 - Aletheia: An International Journal of Philosophy 26:109-121.
    Este estudo tem por objetivo conhecer a estrutura e a dinâmica de funcionamento de famílias de nível sociocultural médio-alto, com casais de dupla carreira e filhos em idade escolar. Para tanto, realizou-se um Estudo de Casos Múltiplos (Yin, 1993) com quatro famílias. Para a coleta de dados, foi uti..
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3. Política E Diálogo: Reflexões a Partir de Eric Weil E Hannah Arendt.Judikael Castelo Branco - 2019 - Philósophos - Revista de Filosofia 24 (1).
    O artigo aborda o diálogo como dimensão política da linguagem. Partimos do fato de que se, por um lado, a relevância do tema é confirmada pelas dificuldades dos debates políticos sobre os problemas comuns de convivência em comunidades multiculturais e plurirreligiosas, por outro, a filosofias de Weil e de Arendt contribuem para recolocar o diálogo como uma real condição de possibilidade para a ação política. Para isso, retornamos à abordagem do diálogo como virtude, em Weil, e como expressão e construção (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  26
    Musicofobia, Musicofilia E Filosofia: Kant E Nietzsche Sobre a Música.Maria João Mayer Branco - 2013 - Kriterion: Journal of Philosophy 54 (128):497-512.
    O presente estudo propõe-se questionar a alegada musicofobia de Kant comparando-a com a bem conhecida musicofilia de Nietzsche. A partir da análise das considerações, à primeira vista tão díspares, de ambos os filósofos sobre a música, procurar-se-á mostrar que tal disparidade é apenas aparente, pois, quer para Kant, quer para Nietzsche, a experiência de ouvir música relaciona-se de modo profundo com a experiência de pensar. This paper aims to question Kant's alleged musicophobia by comparing it with Nietzsche's well-known musicophilia. By (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  2
    A Lição da Música.Maria João Mayer Branco - 2017 - Cadernos Nietzsche 38 (1):106-126.
    Resumo O texto explora as afinidades que podem ser encontradas entre o pensamento de Nietzsche e o de Rousseau a partir da análise do interesse de ambos pela música. Não escamoteando o que os separa, procura-se esclarecer as razões deste interesse e a sua relação quercom a preocupaçãoque partilham acerca da cultura ocidental moderna, quer com crise da subjectividade que essa cultura parece acarretar.The text aims at exploring the affinities that might be found between Nietzsche’s and Rousseau’s thought through an (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  4
    „Wachs in den Ohren“. Nietzsches Deutung der philosophischen Furcht vor der Musik in der Moderne.Maria João Mayer Branco - 2016 - Nietzsche-Studien 45 (1):132-142.
    Name der Zeitschrift: Nietzsche-Studien Jahrgang: 45 Heft: 1 Seiten: 132-142.
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  14
    Recensão A: Serafim, João Carlos Gonçalves Serafim ; Carvalho, José Adriano de Freitas - Um Diálogo Epistolar: D. Vicente Nogueira E o Marquês de Niza.Sebastião Tavares de Pinho - 2012 - Humanitas 64:298-299.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  26
    TIHANOV, Galin. Narrativas do exílio: cosmopolitismo além da imaginação liberal. Série Diálogos dirigida por Maria Isabel de Moura. Trad. Camila Caracelli Scherma; Marina Haber de Figueiredo; Mateus Yuri Passos; Michele Viana Trevisan; Nanci Moreira Branco; Rômulo Augusto Orlandini; Tatiana Aparecida Moreira. São Carlos: Pedro e João Editores, 2013, 186 p. [REVIEW]Ekaterina Vólkova Américo - 2014 - Bakhtiniana 9 (2):217-222.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  17
    La présence de Descartes et de Kant dans l'?uvre de Foucault.Guilherme Castelo Branco - 2012 - Rue Descartes 75 (3):72.
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10. Martin Heidegger: A Técnica como possibilidade de Poiésis.Patrícia Castello Branco - 2009 - A Parte Rei 63:8.
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11.  4
    Retomada e SentidoReprise et sens: la base du rapport entre philosophie et histoire de la philosophie dans la Logique de la philosophie d'Eric Weil.Judikael Castelo Branco - 2013 - Cultura:123-135.
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12. Contos de fada: A interferência do olimpo.Sonia Branco - 2008 - Principia 2 (17):123-131.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13. A Apoteose da Vontade Rom'ntica Uma Antolgia de Ensaios.Isaiah Berlin, Henry Hardy, Roger Hausheer, José Tomaz Castello Branco & Teresa Curvelo - 1999 - Bizâncio.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14.  5
    Die portugiesischen Entdeckungen zwischen Scholastik und Erneuerung der Wissenschaft.João Maria de Freitas Branco - 1993 - Deutsche Zeitschrift für Philosophie 41 (1).
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15.  39
    O casamento de Jesus: enredo do Antigo Testamento na construção da narrativa de João 4 (The marriage of Jesus. Plot of the Old Testament in the construction of the narrative in John 4) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2010v8n19p130. [REVIEW]Anderson de Oliveira Lima - 2010 - Horizonte 8 (19):130-143.
    Neste artigo, nossa tarefa será estudar a estratégia literária usada na composição da narrativa do encontro de Jesus com a mulher samaritana, famosa passagem do quarto capítulo do evangelho de João. Defenderemos a hipótese de que o autor fez, para a construção desta narrativa sobre Jesus, uso de um enredo arquétipo, uma cena-padrão do Antigo Testamento que era usada todas as vezes que se pretendia contar uma história de casamento. Veremos os elementos que constituem tal enredo padrão e alguns (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16.  15
    Festa de Sucot: sua origem, celebração e presença no evangelho de João.Rafael Antonio Faraone Dutra - 2017 - Revista de Teologia 11 (19):183-190.
    As festas estabelecidas por Deus no Antigo Testamento possuem ricos significados, cujos elementos marcaram sua presença ao longo de toda a história bíblica, tendo como ápice a vida de Cristo. Sucot é uma das principais festas, a qual, através de um olhar atento para o evangelho de João é possível revelar muito de seu sentido.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17.  19
    João de santo Tomás, redenção E escatologia.Carlos Frederico Gurgel Calvet da Silveira & Sergio de Souza Salles - 2016 - Synesis 8 (1):65-79.
    Que há de novo no pensamento de João como comentador de Santo Tomás de Aquino? Reconhecidamente, sua teoria do signum. Em João de Santo Tomás, a teologia da salvação, calcada em sua teoria filosófica do sinal, mostra um aprofundamento considerável de tal modo que toda a redenção humana pode ser relida pela ótica do sinal. Assim, a encarnação do Verbo, sua atividade taumatúrgica, os sacramentos, e, finalmente, a vida futura são tratados a partir do Verbo-Sinal, ao mesmo tempo (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  21
    Book Review: What is a Mathematical Concept? Edited by Elizabeth de Freitas, Nathalie Sinclair, and Alf Coles.Brendan P. Larvor - 2019 - Journal of Humanistic Mathematics 9 (2):309-322.
    This is a review of What is a Mathematical Concept? edited by Elizabeth de Freitas, Nathalie Sinclair, and Alf Coles. In this collection of sixteen chapters, philosophers, educationalists, historians of mathematics, a cognitive scientist, and a mathematician consider, problematise, historicise, contextualise, and destabilise the terms ‘mathematical’ and ‘concept’. The contributors come from many disciplines, but the editors are all in mathematics education, which gives the whole volume a disciplinary centre of gravity. The editors set out to explore and reclaim (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19.  14
    Do arquétipo à ficção: a ambivalência da ideia em João de Salisbury.Cristophe Grellard - 2010 - Discurso 40 (40):45-70.
    Do arquétipo à ficção: a ambivalência da ideia em João de Salisbury.
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20.  9
    A metáfora da noite escura no itinerário espiritual de São João da Cruz (The metaphor of the dark night in spiritual journey of São João da Cruz) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2012v10n27p779. [REVIEW]Cleide Maria de Oliveira - 2012 - Horizonte 10 (27):779-803.
    A imagem da noite é uma constante em diversas tradições místicas, estando associada à necessidade, expressa pela mística apofática, de transcender às imagens, ao conhecimento e ao nome de Deus, bem como a um método ascético que conduziria a uma experiência que não sendo sensível ou inteligível, não é catalogável pelo nosso sistema de cognição. A noite será uma das imagens mais poderosas e de maior expressividade na poesia de São João da Cruz, representante da mística ibérica do séc. (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21.  11
    Pedro de João Olivi E Os Filósofos.Luís Alberto De Boni - 2004 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 49 (3):507.
    No presente artigo examina-se aposição do franciscano Pedro de João Olivi ante a Filosofia. Seu texto De perlegendisphilosophorum libris' serve de guia. Constata-seque a critica de Olivi não se volta para o uso emsi dos textos filosóficos pagãos, mas para o modocom que eles podem ser lidos e comentados nomundo cristão, ignorando a subordinação dosaber mundano à sabedoria da revelação.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  22. Hume e a Epistemologia, de João Paulo Monteiro.Marília Côrtes de Ferraz - 2009 - Princípios 16 (25):283-294.
    Resenha do livro de MONTEIRO, Joáo Paulo. Hume e a Epistemologia ; revisáo de Frederico Diehl [1ª. ed. brasileira]. – Sáo Paulo: Editora UNESP; Discurso Editorial, 2009. (232 p).
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  23.  29
    “Chama Viva de Amor”: elementos de poética e mística em João da Cruz ("Living Flame of Love": elements of poetical and mysticism in John of the Cross) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2009v7n14p114. [REVIEW]Carlos Frederico Barboza de Souza - 2009 - Horizonte 7 (14):114-135.
    Resumo O presente artigo se encontra na interface entre literatura e religião e trata-se de um estudo da linguagem presente na obra de João da Cruz intitulada “Chama viva de amor”, utilizando-se, para tal, de alguns recursos da crítica literária. Esta obra teve a redação de seu poema realizada entre os anos de 1582-1584 e de seus comentários nos anos de 1585/86 (primeira redação) e 1591 (segunda redação). É um texto que, tanto em sua dimensão poética quanto em sua (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24.  27
    Tectonic Framework of the Barra de São João Graben, Campos Basin, Brazil: Insights From Gravity Data Interpretation.Leandro B. Adriano, Paulo T. L. Menezes & Alan S. Cunha - 2014 - Interpretation: SEG 2 (4):SJ65-SJ74.
    The Barra de São João Graben, shallow water Campos Basin, is part of the Cenozoic rift system that runs parallel to the Brazilian continental margin. This system was formed in an event that caused the reactivation of the main Precambrian shear zones of southeastern Brazil in the Paleocene. We proposed a new structural framework of BSJG based on gravity data interpretation. Magnetic data, one available 2D seismic line, and a density well-log of a nearby well were used as constraints (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   3 citations  
  25.  34
    PASSOS, João Décio; USARSKI, Frank. (Org.). Compêndio de Ciência da Religião.Jacqueline Crepaldi Souza - 2014 - Horizonte 12 (34):638-645.
    Resenha : PASSOS, João Décio; USARSKI, Frank. (Org.). Compêndio de Ciência da Religião . São Paulo: Paulinas: Paulus, 2013. 703p. Esta resenha apresenta o Compêndio da religião como facilitador de conceitos para professores e alunos de Ciências da religião.
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  26.  22
    A perfeição humana na perspectiva católica de D. João Becker no período de 1912 a 1946.Cláudia Regina Costa Pacheco, Elomar Antonio Callegado Tambara & Jorge Luiz da Cunha - 2012 - Conjectura: Filosofia E Educação 17 (2):55-74.
    Compreender em que medida a figura e a atuação de D. João Becker contribuiu na constituição de um ideal humano, tendo a educação como principal mecanismo para a sua efetivação, configurou-se na principal meta desta investigação. Para isso, examinou-se o período de 1913 a 1946, época em que D. João se constituiu na autoridade máxima da Igreja Católica no Rio Grande do Sul. Este estudo baseou-se numa pesquisa bibliográfica, enfatizando, sobretudo, a análise da documentação histórica referente ao acervo (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  27.  18
    Jõao ESTEVES, A Liga Republicana das Mulheres Portuguesas. Uma organização política e feminista (1909-1919), Lisboa, CIDM, 1991 ; As origens do Sufragismo Português. A Primeira Organização Sufragista Portuguesa : A Associação de Propaganda Femi. [REVIEW]Anne Cova - 2000 - Clio 11:38-38.
    Ces ouvrages portent sur deux associations féministes portugaises : la Ligue Républicaine des femmes portugaises (Liga Republicana das Mulheres Portuguesas) et l'Association de propagande féministe (Associação de Propaganda Feminista), fondées respectivement en 1909 et 1911. L'auteur de ces monographies, Jõao Esteves, est un jeune historien, spécialiste d'histoire contemporaine et plus spécifiquement de la période de la Première République Portugaise (1910-1926). Jõao Esteves a dépouil..
    No categories
    Direct download (8 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  28.  33
    Um Novo Começo da Filosofia: A Filosofia Moderna E o Pensamento Pós-Moderno Vistos Através Do Pensamento de João Poinsot (Joannes a Sancto Thoma Ou Frei João de S. Tomás).John Deely - 1995 - Revista Portuguesa de Filosofia 51 (3/4):615 - 676.
  29.  8
    Reflexão Sobre a Natureza E Divisão Do Sinal Na Lógica de João de S. Tomãs.Mário Garcia - 1975 - Revista Portuguesa de Filosofia 31 (3):301 - 304.
  30.  6
    Recensão A: Castro, D. João de - A Aurora da Quinta Monarquia.Sebastião Tavares de Pinho - 2012 - Humanitas 64:247-249.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  31. Joaos S. Pereira de Freitas, E. Husserl: "La Filosofía como ciencia rigurosa".Clara A. Jalif de Bertranou - 1983 - Philosophia (Misc.) 44:137.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  32.  8
    Pedro de João Olivi – Tratado Sobre as Compras E Vendas.Luís Alberto De Boni - 2004 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 49 (3):573.
    Acerca dos contratos de compras e vendas.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  33.  20
    A Construção do Concílio Vaticano II: intuições germinais do Papa João XXIII em vista de um evento renovador.João Décio Passos - 2016 - Horizonte 14 (43):1012-1038.
    The Second Vatican Council was built within a solidly constituted tradition in the Catholic Church. All councils were held within the traditional and legal parameters of the Church. The question about the condition of possibility of a renewal Council under this tradition shows relevant. The Vatican II is the result of a negotiation between renewal and preservation. Pope John XXIII personally coordinated the construction of the legitimacy of the new event, following steps which may be rescued during the preparatory stages (...)
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  34. L'atzar en la filosofia moral. Un joc de tauler lullista de Joao de Barros: Didlogo sobre Preceitos Morais (1540).Roger Friedlein - 2007 - Studia Lulliana 47 (102):117-139.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  35.  24
    Saulo de Freitas Araujo. O projeto de uma psicologia científica em Wilhelm Wundt: Uma nova interpretação. 243 pp., bibl., index. Juiz de Fora, Brazil: University Federal de Juiz de Fora Press, 2010. R$ 38. [REVIEW]Annette Mülberger - 2011 - Isis 102 (4):770-771.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  36.  39
    O Movimento de João de Santo Cristo No Mundo: A Via-Crúcis de Uma Identidade.Andresa Jaqueline Toassi, Michele Caroline Stolf, Maria Chalfin Coutinho & Dulce Helena Penna Soares - 2008 - Revista Aletheia 27:139-156.
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  37.  18
    Saulo de Freitas Araujo. Wundt and the Philosophical Foundations of Psychology: A Reappraisal. Xiv + 254 Pp., Bibl., Index. Cham, Switzerland: Springer, 2016. €105.99. [REVIEW]Paul Ziche - 2018 - Isis 109 (1):191-192.
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  38. Cervantes y Portugal: De El Curioso Impertinente a El Yerro Del Entendido de João de Matos Fragoso.María Rosa Alvarez Sellers - forthcoming - Minerva.
    No categories
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  39.  18
    [Recensão a] PINTO, António Guimarães, Apostilas a António Luís. 1.António Luís e João de Barros, 2.António Luís, António Pinheiro e Rodrigo Sánchez. [REVIEW]Carlota Miranda Urbano - 2015 - Humanitas 67:304-307.
    No categories
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  40. A Trilogia de Édipo de Joao de Castro Osório.María Do Céu Fialho - 2006 - Humanitas 58:481-494.
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  41.  4
    Recensão a: RODRIGUES, Ália Rosa - Tragédia e política: João de Castro Osório.Susana Hora Marques - 2013 - Humanitas 65:339-340.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  42.  11
    Guilherme de Ockham Versus João Duns Scotus – Indiferença E Diferença Entre Intelecto Agente E Intelecto Possível.Bento Silva Santos - 2004 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 49 (3):545.
    O presente texto aborda a recepçãocrítica do pensamento aristotélico no Ocidentelatino medieval através da polêmica acerca dasuposta diferença entre intelecto ativo e intelectopassivo defendida por J. Duns Scotus e negadapor G. de Ockham. Inicialmente, evocamos aproblemática do intelecto no tivro HI do DeAnima de Aristóteles e sua recepção na IdadeMédia para, em seguida, explicitar os efeitos detal problemática na discussão entre dois grandespensadores.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  43.  7
    Pedro de João Olivi: De Como Devem Ser Folhados Os Livros Dos Filósofos.Luis A. De Boni - 2003 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 48 (3):475.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  44.  35
    A teoria política de João Wyclif.Jürgen Miethke - 2006 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 51 (3):129-144.
    O decorrer século XIV, o conflito entre o papa e o imperador se esvaiu. Entrementes, os novos estados criavam corpo e os antigos problemas adquiriam nova roupagem. Esse foi o ambiente em que viveu Wyclif. Seu pensamento político possui uma matriz religiosa e sua intenção maior foi a de compreender a Igreja como comunidade de redimidos. Nessa condição ela só é conhecida por Deus e só no juízo final os homens saberão quem pertenceu à verdadeira Igreja. Baseado em Egídio Romano, (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  45.  6
    João Duns Scotus – Tractatus de primo principio.Trad Luis Alberto De Boni - 2008 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 53 (3).
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  46. O rei da América: notas sobre a aclamação tardia de D. João VI no Brasil.Jacqueline Hermann - 2007 - Topoi. Revista de História 8 (15):124-158.
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  47.  84
    XVI Brazilian Logic Conference (EBL 2011).Walter Carnielli, Renata de Freitas & Petrucio Viana - 2012 - Bulletin of Symbolic Logic 18 (1):150-151.
    This is the report on the XVI BRAZILIAN LOGIC CONFERENCE (EBL 2011) held in Petrópolis, Rio de Janeiro, Brazil between May 9–13, 2011 published in The Bulletin of Symbolic Logic Volume 18, Number 1, March 2012. -/- The 16th Brazilian Logic Conference (EBL 2011) was held in Petro ́polis, from May 9th to 13th, 2011, at the Laboratório Nacional de Computação o Científica (LNCC). It was the sixteenth in a series of conferences that started in 1977 with the aim of (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  48.  64
    Grande Sertão: Veredas by João Guimarães Rosa.Felipe W. Martinez, Nancy Fumero & Ben Segal - 2013 - Continent 3 (1):27-43.
    INTRODUCTION BY NANCY FUMERO What is a translation that stalls comprehension? That, when read, parsed, obfuscates comprehension through any language – English, Portuguese. It is inevitable that readers expect fidelity from translations. That language mirror with a sort of precision that enables the reader to become of another location, condition, to grasp in English in a similar vein as readers of Portuguese might from João Guimarães Rosa’s GRANDE SERTÃO: VEREDAS. There is the expectation that translations enable mobility. That what (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  49.  9
    Atenção e Cognição em Pedro de João Olivi.Marcio Paulo Cenci - 2018 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 63 (3):933.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  50.  35
    Agossou, Mèdéwalé-Kodjo-Jacob, Hegel Et la Philosophie Africaine: Une Lecture Interprétative de la Dialectique Hégélienne (Paris: Karthala, 2005). Alves, João Lopes, O Estado da Razão: Da Ideia Hegeliana de Estado Ao Estado Segunda a Ideia Hegeliana:(Sobre Os Principios de Filosofia Do Direito de Hegel (Lisboa: Edições Colibri, 2004)). [REVIEW]José Eduardo Marques Baioni, Marilena de Souza Chauí, Frederick C. Beiser, Corrado Bertani, Francesco Berto, Bernard Bourgeois, David Carlson & Allegra De Laurentiis - 2005 - The Owl of Minerva 36 (2).
1 — 50 / 1000