Results for 'Lúcio Craveiro Da Sitva'

999 found
Order:
  1.  29
    Crónica.Lúcio Craveiro Da Sitva, José Antônio de C. R. De Souza, Alfredo Dinis, B. F., António Melo, Barros Dias, Ângelo Alves, João Vila-Chã, Joaquim Domingues, Roque Cabral, Jorge Neves & F. Gama Caeiro - 1993 - Revista Portuguesa de Filosofia 49 (1/2):301 - 320.
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  17
    Crónica.Lúcio Craveiro da Silva, José do P. Bacelar E. Oliveira & B. F. - 1989 - Revista Portuguesa de Filosofia 45 (2):285 - 292.
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  27
    Crónica.Lúcio Craveiro da Silva, B. F., Acílio da Silva Estanqueiro Rocha, Laura Santos, Maria José Cantista, Maria José Pinto Cantista, Acílio Rocha & Alfredo Antunes - 1988 - Revista Portuguesa de Filosofia 44 (4):599 - 625.
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  25
    Crónica. [REVIEW]Lúcio Craveiro Da Sïlva, L. C., João J. Vila-Chã & Silveira De Brito - 1993 - Revista Portuguesa de Filosofia 49 (4):635 - 678.
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  16
    História da Filosofia Espanhola.Alain Guy & Lúcio Craveiro Da Silva - 1985 - Revista Portuguesa de Filosofia 41 (1):100 - 102.
  6.  3
    "Perspectivas da prospectiva": acerca da obra de Lúcio Craveiro da Silva.Acílio da Silva Estanqueiro Rocha - 1996 - Revista Portuguesa de Filosofia 52 (1/4):1 - 26.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  12
    Crónica. [REVIEW]João J. Vila-Chã, J. D. & Lúcio Craveiro da Silva - 1995 - Revista Portuguesa de Filosofia 51 (2):397 - 416.
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8. História da Filosofia Espanhola.Alain Guy & Lúcio Craveiro da Silva - 1985 - Revista Portuguesa de Filosofia 41 (1):100-102.
  9. 50 anos da actividade da Facultade de filosofia.Lúcio Craveiro da Silva - 1985 - Revista Portuguesa de Filosofia 41 (2):113-122.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10. A Facultade de Filosofia de Braga E a Sua Revista Portuguesa de Filosofia.Lúcio Craveiro da Silva - 1995 - Revista Portuguesa de Filosofia 51 (2):281-294.
    No categories
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11. O sentimiento moral e religioso na filosofia de Antero.Lúcio Craveiro da Silva - 1991 - Revista Portuguesa de Filosofia 47 (2):209-226.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12. Crónica.Lúcio Craveiro da Silva - 1992 - Revista Portuguesa de Filosofia 48 (2):362-364.
    No categories
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13. Homenagens.Alfredo Dinis, Manuel Morais, Lúcio Craveiro da Silva, Acílio da Silva Estanqueiro Rocha & Aníbal Pinto de Castro - 1997 - Revista Portuguesa de Filosofia 53 (1):95-125.
    No categories
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14. Crónica.João J. Vila-chã & Lúcio Craveiro da Silva - 1995 - Revista Portuguesa de Filosofia 51 (2):397-416.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15. L. CRAVEIRO DA SILVA, S. J., "A idade do social". [REVIEW]M. T. Antonelli - 1956 - Giornale di Metafisica 11 (3):380.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16. L. CRAVEIRO DA SILVA, "O movimento operario". [REVIEW]M. T. Antonelli - 1958 - Giornale di Metafisica 13 (2):255.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17. Silvestre de Moraes, Filosofo in Filosofia em Portugal (IV).L. Craveiro da Silva - 1989 - Revista Portuguesa de Filosofia 45 (1):21-41.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  2
    Crónica.Mário Garcia, Lúcio Craveiro & Diamantino Martins - 1973 - Revista Portuguesa de Filosofia 29 (4):445 - 449.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19. Colecção "Filosofia Do Espírito".L. Craveiro da Silva - 1957 - Revista Portuguesa de Filosofia 13 (2):191-192.
    No categories
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20. Encontro Do "Instituto Internacional de Estudos Superiores" de Bolzano.L. Craveiro da Silva - 1957 - Revista Portuguesa de Filosofia 13 (1):66-69.
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21. Crónica.L. Craveiro da Silva - 1960 - Revista Portuguesa de Filosofia 16 (2):268-270.
    No categories
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  22.  13
    Il libro e il logos. Riflessioni sulla trasmissione del pensiero filosofico da Platone a Galeno.Lucio Del Corso - 2011 - Quaestio 11:3-34.
    The paper focuses on the deep relationships between the book and the modalities of production and diffusion of philosophic ideas from Plato to Galen. In order to explain such complex phaenomena, the evidences coming from literary sources will be compared to the results of philological and palaeographical examination of Greek papyri from Egypt bearing philosophical texts. These papyri have been found in different places and contexts and can be dated to different periods, from early Hellenistic to Imperial age: but all (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  23.  7
    «Un argomento mai sostenuto da alcuno»? Machiavelli e Hume in dialogo sull'eternità del mondo.Lucio Biasiori - 2016 - Rivista di Storia Della Filosofia 71 (2):183-194.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24.  24
    Nomes próprios gerais no contexto da semântica de J. S. Mill.Lúcio Lourenço Prado - 2005 - Trans/Form/Ação 28 (1):67-83.
    O presente artigo apresenta argumentos em defesa da hipótese de que nomes próprios gerais são impossíveis no contexto da filosofia geral de Stuart Mill. Minha tese é contrária à posição de John Skorupski sobre esta questão. Ofereço dois argumentos que representam, respectivamente, duas diferentes perspectivas: pragmático e sistemático. No primeiro, analiso o problema dos nomes próprios gerais no contexto da linguagem natural. No segundo, discuto o problema no contexto interno do Sistema de Lógica de Mill.
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  25.  2
    Projecto Invisible Woods.Daniel Pinto, Gabriel Pereira, Maria De Lurdes Craveiro, Maria Da Conceição Lopes & Cristina Nabais - 2020 - Kairos 6:68-87.
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  26. Considerações acerca da Educação Infantil: história, representações e formação docente.Milena Aragão & Lúcio Kreutz - 2010 - Conjectura: Filosofia E Educação 15 (1):25-44.
    O presente artigo tem como objetivo chamar a atenção para a historicidade do sujeito, em especial daquele atuante na educação de crianças pequenas. Para tanto, parte do levantamento da trajetória histórica da Educação Infantil no Brasil, analisando os avanços e desafios dessa modalidade educacional. Como foco de debate é discutida a posição da Educação Infantil na sociedade e na cultura e as representações culturais sobre a mulherprofessora no processo de construção de sua identidade profissional. O texto é finalizado abordando as (...)
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  27.  14
    Etnoarqueologia Dos Grafismos Guarani: Estudo Do Acervo Cerâmico Do Sítio Arqueológico Córrego da Lagoa 2 – Altônia - Pr.Glauco Constantino Perez & Lúcio Tadeu Mota - 2010 - Dialogos 14 (3).
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  28.  35
    Considerações acerca da Educação Infantil: história, representações e formação docente.Milena Cristina Aragão Ribeiro de Souza & Lúcio Kreutz - 2010 - Conjectura: Filosofia E Educação 15 (1).
    O presente artigo tem como objetivo chamar a atenção para a historicidade do sujeito, em especial daquele atuante na educação de crianças pequenas. Para tanto, parte do levantamento da trajetória histórica da Educação Infantil no Brasil, analisando os avanços e desafios dessa modalidade educacional. Como foco de debate é discutida a posição da Educação Infantil na sociedade e na cultura e as representações culturais sobre a mulherprofessora no processo de construção de sua identidade profissional. O texto é finalizado abordando as (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  29.  14
    O Caminhar Discursivo Do Feminino Em Mãos Vazias, de Lúcio Cardoso.Elizabeth da Penha Cardoso - 2015 - Bakhtiniana 10 (1):57-74.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  30.  43
    Montaigne: des règles pour l'esprit.Lúcio Vaz - 2012 - Kriterion: Journal of Philosophy 53 (126):597-600.
    Montaigne, no "De l'art de conferer", discute critérios que permitem distinguir os homens segundo suas capacidades (suffisances). A "maneira" de discursar ocupa o centro desta questão e entre suas qualidades se destaca a "ordem", que nos é apresentada, sobretudo, a partir dos desvios da "tolice" (sottise) e "obstinação" (opiniastreté), símbolos do dogmatismo e de uma errônea lide com os saberes que se apoiam na memória. Procura-se mostrar que a ordem se funda na assimilação e penetração do julgamento nas matérias que (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  31.  1
    Os Limites Dos Autossacrifícios Segundo Montaigne.Lúcio Vaz - 2018 - Kriterion: Journal of Philosophy 59 (141):809-825.
    RESUMO O texto propõe, inicialmente, uma aproximação entre as visões de Aristóteles e Montaigne sobre a virtude da coragem, com especial atenção ao problema da morte heroica. Então, são apresentados alguns pontos de diferenciação do filósofo francês em relação ao legado aristotélico para, enfim, mostrar que uma das restrições especificamente montaignianas sobre a legitimidade de um ato de coragem acarreta uma limitação à ação do próprio Estado, o que deve ser julgado um elemento essencial à formação do pensamento político moderno. (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  32.  36
    O Problema Do Suicídio Em Montaigne.Lúcio Vaz - 2012 - Kriterion: Journal of Philosophy 53 (126):483-497.
    Nos Ensaios de Montaigne, encontramos um dos mais célebres textos filosóficos sobre a morte voluntária, o capítulo 3 do livro II. Muitos comentadores qualificam o posicionamento de Montaigne como sendo o mesmo de Sêneca e de alguns autores antigos, qual seja, uma defesa da moralidade do ato de se matar. Outros estudiosos detectam no ensaio uma oscilação inconclusa do autor francês sobre o tema. Procuro, em contrapartida, apresentar argumentos que evidenciam que a opinião final de Montaigne é irrestritamente contrária ao (...)
    Direct download (5 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  33.  5
    Estudo Comparativo Técnico-Militar Dos Exércitos da Batalha de Hastings de 1066 Nas Fontes Anglo-Normandas Do Século XI.Jaime Estevão Dos Reis & Lucio Carlos Ferrarese - 2016 - Diálogos (Maringa) 20 (3):42.
    Resumo: Este artigo tem por objetivo analisar as diferenças técnicas e militares entre o exército normando de Guilherme da Normandia e o exército anglo-saxão de Haroldo Godwinson que se confrontaram na Batalha de Hastings de 1066. Para isso, utilizamos como fontes a Tapeçaria de Bayeux e a Crônica de Guilherme de Poitiers, bem como dialogamos com a historiografia da história militar inglesa. Dessa forma, observamos que as diferenças de armas e estratégias existentes entre os exércitos anglo-saxões e normandos, influenciadas pelas (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  34.  17
    Tomás de aquino E os atributos divinos.Lucio Souza Lobo - 2011 - Philósophos - Revista de Filosofia 16 (1):10-5216.
    Este texto trata de alguns dos principais mecanismos usados por Santo Tomás de Aquino para lidar com os atributos divinos. Decorrem da multiplicidade e complexidade desses atributos uma série de problemas que, a nosso ver, são entendidos pelo Aquinate como passíveis de serem resolvidos unicamente mediante uma correta escolha do instrumento filosófico mais adequado para cada caso. Causa unívoca e causa equívoca, res significata e modus significandi , analogia, via negativa e via por eminência, similitude, axioma do nada, entre outros, (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  35.  33
    General Proper Names in the Context of Stuart Mill´ s Semantic.Lúcio Lourenço Prado - 2005 - Trans/Form/Ação 28 (1):67-83.
    This paper presents arguments in defense of the hypothesis that general proprer names are impossible in the context of Stuart Mill's philosophy of language. My thesis is contrary to John Skorupski's position to this subject. I offer two arguments related, respectively, to two different perspectives: the pragmatic and the systematic. In the first one I analyze the problem of general proper names in the context of natural language. In the second one I discuss this problem in the inner context of (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  36.  26
    CORTELLA, Lucio. L'etica della democrazia – Attualità della filosofia del diritto di Hegel. Genova/Milão: Casa Editrice Marietti, 2011. 270 p. [REVIEW]Danilo Vaz-Curado R. M. Costa - 2012 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 57 (1).
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  37.  8
    CORTELLA, Lucio. L’etica della democrazia – Attualità della filosofia del diritto di Hegel. Genova/Milão: Casa Editrice Marietti, 2011. 270 p. [REVIEW]Danilo Vaz-Curado R. M. Costa - 2012 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 57 (1).
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  38.  7
    Neurociência e mística: Existe uma possibilidade para pensar Deus?Lúcio Alvaro Marques - 2018 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 63 (3):1058.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  39. La Rythmanalyse. Tradução de Rodrigo Sobral Cunha, Precedida Do Estudo A Filosofia Do Ritmo Portuguesa: Da Monadologia Rítmica de Leonardo Coimbra a Lúcio Pinheiro Dos Santos E a Ritmanálise.Gaston Bachelard - 2008 - Philosophica 31.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  40.  29
    Memórias de docentes: narrativas sobre saberes e fazeres de duas professoras rurais de Caxias do Sul/RS (1920-1950).Gelson Leonardo Rech, Lúcio Kreutz & Terciane Ângela Luchese - 2012 - Conjectura: Filosofia E Educação 17 (2):98-122.
    O presente texto narra a história de duas professoras rurais que atuaram em Caxias do Sul, no período de 1920 a 1950: Alice Gasperin e Irides Lourdes Rech. Entretecer a história da educação do município a partir das histórias ordinárias de vida dessas professoras nos permite compreender os cenários escolares rurais: os saberes ensinados, os fazeres cotidianos, as dificuldades para frequentar a escola, para se tornarem e, mesmo, para se manterem professoras. São histórias ímpares, mas que comungam da condição de (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  41.  12
    Do Ambiente Doméstico Às Salas de Aula: Novos Espaços, Velhas Representações.Milena Aragão & Lúcio Kreutz - 2010 - Conjectura: Filosofia E Educação 15 (3):106-120.
    Este estudo investiga as representações construídas acerca da mulherprofessora no processo de feminização do magistério e suas possíveis repercussões na prática pedagógica. Para tanto, além de buscar apoio em pesquisas bibliográficas, foi realizado um garimpo nos periódicos internos das décadas de 30 e 40 (séc. XX) da primeira Escola Normal de Caxias do Sul, inaugurada em 1930, a fim de encontrar discursos que explicitassem como professores, alunos e gestores descreviam as características ideais para atuar na função de educadores infantis. Os (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  42. Nietzsche ea crítica ao Estado Moderno.Atílio Lúcio Malta - 2011 - Revista Inquietude 2 (1):162-179.
    A crítica de Nietzsche ao Estado moderno traz algo peculiar ao debate político, a saber, a ideia de que todo o movimento moderno seria, em verdade, herdeiro da moralidade judaico-cristã e, portanto, enfraquecedor do humano. O filósofo que, no prefácio de Aurora, declarou guerra à moralidade cristã enxerga na organização política moderna elementos que enfraquecem a vida e, assim, tornam-se empecilhos para a cultura. O presente texto pretende mostrar em que medida a política moderna é herdeira do “platonismo para o (...)
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  43.  41
    Do ambiente doméstico às salas de aula: novos espaços, velhas representações.Milena Cristina Aragão Ribeiro de Souza & Lúcio Kreutz - 2010 - Conjectura: Filosofia E Educação 15 (3).
    Este estudo investiga as representações construídas acerca da mulherprofessora no processo de feminização do magistério e suas possíveis repercussões na prática pedagógica. Para tanto, além de buscar apoio em pesquisas bibliográficas, foi realizado um garimpo nos periódicos internos das décadas de 30 e 40 (séc. XX) da primeira Escola Normal de Caxias do Sul, inaugurada em 1930, a fim de encontrar discursos que explicitassem como professores, alunos e gestores descreviam as características ideais para atuar na função de educadores infantis. Os (...)
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  44.  91
    A história oral e suas contribuições para o estudo das culturas escolares // Oral history and its contributions to the study of school cultures.Milena Aragão, Jordana Wruck Timm & Lúcio Kreutz - 2013 - Conjectura: Filosofia E Educação 18 (2):28-41.
    O presente artigo tem como objetivo evidenciar as contribuições da História Oral como um importante caminho metodológico para os estudos das culturas escolares. Para tanto, o texto inicia discutindo as mudanças ocorridas no campo da História, que deram voz aos sujeitos do cotidiano. Em seguida o conceito de culturas escolares é entrelaçado à História Oral, sendo abordada como uma das possibilidades para recuperar os registros do passado através da subjetividade dos sujeitos de hoje. O artigo é concluído através de uma (...)
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  45.  3
    Gadamerovo razumijevanje mnogolikosti iskustva bitnih načina života.Ante Pažanin - 2010 - Filozofska Istrazivanja 30 (3):525-545.
    Aristotel je strogo lučio tri bitna načina života: bios poietikos, bios praktikos i bios theoretikos, te je smatrao da samo dva posljednja načina života ozbiljuju najviše dobro pomoću savršenih oblika znanja, i to najviše dobro kao ljudsko dobro pomoću razboritosti praktičnoga uma i kao božansko dobro pomoću mudrosti teoretskoga uma . Oba ta načina postizanja sreće ozbiljuju najviše dobro na svoj vlastiti način, i to praktični um etičko-političkim djelovanjem građana u državi, a teoretski um kontemplacijom kao težnjom za vječnim životom (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  46.  25
    O essencial sobre ritmanálise.Rodrigo Sobral Cunha - forthcoming - Rhuthmos.
    Extrait de : Rodrigo Sobral Cunha, O essencial sobre ritmanálise, INCM, 2010, 78 p. A Ritmanálise é um novo modelo integral de conhecimento operacional concebido pelo filósofo, físico e matemático português Lúcio Alberto Pinheiro dos Santos (1889-1950) e apresentado à Europa pelo filósofo e epistemólogo francês Gaston Bachelard (1884-1962). O ritmo é a própria energia de existência em todas as escalas e assim o princípio unificador da física, da biologia e da psicologia. Tanto o universo como a (...) - (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  47. CSR Practices and Corporate Strategy: Evidence From a Longitudinal Case Study.Lucio Lamberti & Emanuele Lettieri - 2009 - Journal of Business Ethics 87 (2):153-168.
    This paper aims to contribute to the present debate about business ethics and Corporate Social Responsibility (CSR) that the Journal of Business Ethics is hosting. Numerous contributions argued theoretical frameworks and taxonomies of CSR practices. The authors want to ground in this knowledge and provide further evidence about how companies adopt CSR practices to address stakeholders’ claims and consolidate their trust. Evidence was provided by a longitudinal case study about an Italian food company that is one of the largest producers (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   16 citations  
  48.  17
    The Relationship Between CSR and Corporate Strategy in Medium-Sized Companies: Evidence From Italy.Lucio Lamberti & Giuliano Noci - 2012 - Business Ethics: A European Review 21 (4):402-416.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  49.  15
    The Relationship Between CSR and Corporate Strategy in Medium-Sized Companies: Evidence From Italy.Lucio Lamberti & Giuliano Noci - 2012 - Business Ethics 21 (4):402-416.
    The paper responds to the recent calls for further evidence on corporate social responsibility (CSR) in small and medium-sized enterprises (SMEs). Drawing on the extant literature, the authors identify four characteristics contended by academicians as peculiarities of SMEs’ approach to CSR: the intrinsic relationship between CSR and corporate strategy motivated by the need to continuously dialogue with stakeholders; the centrality of the entrepreneur's ethos in CSR decisions; the coexistence and the cross-effect of economically instrumental and ethically motivated CSR policies; and (...)
    Direct download (5 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  50.  3
    CSR as a Strategic Lever in Medium-Sized Companies: Evidence From Italy.Lucio Lamberti & Giuliano Noci - 2012 - Business Ethics: A European Review 21 (4):402-416.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
1 — 50 / 999