Order:
Disambiguations
Luiz Eva [10]Luiz Alves Eva [3]Luiz Antonio Alves Eva [2]Luiz A. A. Eva [1]
Luiz Aa Eva [1]
See also
Luiz A. A. Eva
Universidade Federal do Paranà
  1.  27
    Montaigne et les Academica de Cicéron.Luiz Eva - 2013 - Astérion 11.
    Dans le présent article, il s’agit de reconsidérer le rapport entre pyrrhonisme et scepticisme académicien dans Les Essais de Montaigne, en posant l’hypothèse que le philosophe aurait, dès le début de sa réflexion, perçu ces deux tendances sceptiques comme des philosophies très proches, voire compatibles, malgré leurs divergences importantes. Son intérêt croissant pour les Academica de Cicéron, dans les versions postérieures des Essais, le conduirait donc non seulement à transformer son propre scepticisme (qu’il découvre de plus en plus proche de (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  2.  39
    Sobre as afinidades entre a filosofia de Francis Bacon e o ceticismo.Luiz A. A. Eva - 2006 - Kriterion: Journal of Philosophy 47 (113):73-97.
  3.  4
    Ataraxía E Investigação Em Sexto Empírico.Luiz Antonio Alves Eva - 2020 - Discurso 50 (2):295-320.
    Neste artigo examino a noção de ataraxía tal como presente no ceticismo pirrônico de Sexto Empírico. Meu propósito é mostrar que, a despeito de conservar aspectos que parecem estar a ela associados desde a filosofia de Pirro, o sentido da noção de ataraxía muda substancialmente e passa a possuir, ao menos nas Hipotiposes, um aspecto fundamental de ordem “intelectual” associado à supressão de um tipo específico de perturbação filosófica. Pretendo igualmente mostrar que tal peculiaridade permitiria compreender como ele se relacionaria (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  17
    Academic Skepticism in Seventeenth-Century French Philosophy: The Charronian Legacy 1601–1662 by José R. Maia Neto.Luiz Eva - 2017 - Journal of the History of Philosophy 55 (1):163-164.
    Richard Popkin’s seminal study on the revival of skepticism from the late Renaissance onwards gave a prominent role to Pyrrhonism, rediscovered through the translation of Sextus Empiricus’s writings into Latin and their usage in Michel de Montaigne’s Essais, among other works. Maia Neto’s new book aims to reassess this interpretation, claiming that Montaigne’s disciple, Pierre Charron, in his La sagesse, displayed a distinctively Academic skeptical wisdom that became central in the philosophical debate of the period. Such wisdom, according to Maia (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5. A Vaidade De Montaigne.Luiz Eva - 1994 - Discurso: Revista do Departamento de Filosofia da Universidade de Sao Paulo:25-52.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6. Francis Bacon: Ceticismo E Doutrina Dos Ídolos.Luiz Eva - 2008 - Cadernos de História E Filosofia da Ciência 18 (1).
    Neste artigo nos apoiamos em testemunhos diversos de Francis Bacon a respeito da relação entre sua filosofia e o ceticismo filosófico para estender o exame desse ponto ao âmbito de sua ?Doutrina dos Ídolos?. Pretendemos mostrar que, se por um lado as semelhanças revelam-se aí significativas , pode-se também observar, de outra parte, que já nessa Doutrina Bacon prepara uma via diversa da que atribui aos céticos, tanto em vista do modo como compreende a noção de natureza humana, como do (...)
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  7.  5
    Filosofia E Historia Natural Em Bacon.Luiz Antonio Alves Eva - 2018 - Doispontos 15 (1).
    Este artigo examina a concepção de História Natural de Francis Bacon a partir de sua relação com literatura cética discutida no século XVI. Mais exatamente, procura mostrar que essa obra representa uma radicalização de uma tendência naturalista presente no tratamento cético da noção de “milagre”, tal como reconhecível no De Divinatione, de Cícero, e nos Ensaios de Montaigne, dentre outras obras.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  34
    Michel de Montaigne: La Culminación Del Escepticismo En El Renacimiento. By Manuel Bermúdez Vásquez. [REVIEW]Luiz Eva - 2013 - International Journal for the Study of Skepticism 3 (2):145-149.
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  28
    Montaigne Et les Academica de CicéronMontaigne and Cicero's Academica.Luiz Eva - 2013 - Astérion 11.
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  19
    Montaigne, leitor de sexto empírico: a crítica da filosofia moral.Luiz Eva - 2012 - Kriterion: Journal of Philosophy 53 (126):397-419.
    O objetivo deste artigo é examinar como Montaigne retoma, na sua crítica das filosofias morais e, especialmente, da existência de leis naturais, a proposta por Sexto Empírico acerca do mesmo tema ao final das Hipotiposes Pirronianas. Pretendo mostrar que, para além das consideráveis similaridades, o modo como Montaigne relaciona razão, natureza e costume, confere um perfil próprio à sua reconstrução do pirronismo, particularmente visível na sua compreensão da oposição entre critério de verdade e critério de ação. Igualmente, sustento que essa (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11. Montaigne, Reader of Sextus Empiricus: Moral Philosophy Critique.Luiz Eva - 2012 - Kriterion: Journal of Philosophy 53 (126):397-419.
    No categories
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12. Montaigne's Radical Skepticism.Luiz Eva - 2009 - In Maia Neto, José Raimundo, Gianni Paganini & John Christian Laursen (eds.), Skepticism in the Modern Age: Building on the Work of Richard Popkin. Brill.
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13.  24
    On the Affinities Between Bacon's Philosophy and Skepticism.Luiz Aa Eva - 2006 - Kriterion: Journal of Philosophy 46 (111):0-0.
    Direct download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14. Sobre o Argumento Cartesiano Do Sonho E o Ceticismo Moderno.Luiz Eva - 2002 - Cadernos de História E Filosofia da Ciência 12 (1/2).
    Neste artigo, propomos uma leitura do argumento cartesiano do sonho segundo a qual ele deveria ser analisado como um entimema, isto é, como um argumento retórico portador de premissas elípticas. Mais precisamente, o princípio da dúvida hiperbólica, embora formulado no início das Meditações, desempenharia um papel crucial na inferência contida nesse argumento, que o leitor comum que Descartes teria em mente tende a desconsiderar. Tentamos mostrar que este ponto poderia nos propiciar não apenas uma melhor compreensão do papel do argumento (...)
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation