Results for 'Luiz O. Q. Peduzzi'

1000+ found
Order:
  1. A Psicologia entre o longo passado e a curta história.Marcio Luiz - 2018 - Dissertatio 47:95-134.
    O presente trabalho pretende inserir a História da Psicologia dentro de um debate mais alargado, em torno das Histórias da Filosofia e das Ciências. Para isso, o objeto de análise é a célebre frase de Ebbinghaus, 'A Psicologia tem um longo passado, mas uma curta história', e toda a tradição de livros e textbooks decorrente dela, muito popular nos séculos XX e XXI. O trabalho analisará o texto de Ebbinghaus e seus compromissos decorrentes. Então realizará uma crítica a essa tradição, (...)
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2. Chonggyo, Simch'ŭng Ŭl Poda: O Kang-Nam Kyosu Ka Mannan Yŏngsŏng Ŭi Kŏindŭl.Kang-nam O. - 2011 - Hyŏnamsa.
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  15
    Animal Abecedary: “O for Œuvres” and “Q for Queer”.Brett Buchanan & Vinciane Despret - 2015 - Angelaki 20 (2):137-147.
    :In 2012, Despret published an abecedary entitled What Would Animals Say, If … They Were Asked the Right Questions? Covering a range of subjects, themes, authors, and animals, Despret carefully and playfully demonstrates the ability of animals to continuously force us to re-examine our most basic and arrived at human conceptions, understandings, and biases. Excerpted from this book are two chapters on art and gender. “O for Œuvres” looks at the question of animal agency and intentionality in the making of (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  4
    Q(St At):= (I €€ O')Q(St at) + O'(R(St+1).Ron Sun - unknown
    Straightforward reinforcement learning for multi-agent co-learning settings often results in poor outcomes. Meta-learning processes beyond straightforward reinforcement learning may be necessary to achieve good (or optimal) outcomes. Algorithmic processes of meta-learning, or "manipulation", will be described, which is a cognitively realistic and effective means for learning cooperation. We will discuss various "manipulation" routines that address the issue of improving multi-agent co-learning. We hope to develop better adaptive means of multi-agent cooperation, without requiring a priori knowledge, and advance multi-agent co-learning beyond (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  21
    Henricus de Gandavo, Opera Omnia, I: Bibliotheca Manuscripta Henrici de Gandavo: Introduction, Catalogue A-P; II: Catalogue Q-Z, Répertoire; V: Quodlibet I, Ed. Raymond Macken, O.F.M. Leuven: Leuven University Press; Leiden: E. J. Brill, 1979. I: Pp. Xvii, 677. Gld 150. II: Pp. Iv, 678–1306, Plus 34 Plates. Gld 137. V: Pp. Xciv, 262, Plus 12 Plates. Gld 124. [REVIEW]John J. Contreni - 1980 - Speculum 55 (3):623-624.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6. O Infinito No Pensamento da Antiguidade Clássica. [Tradução: Luiz Darós.].Rodolfo Mondolfo - 1968 - Editora Mestre Jou.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  7.  6
    PONDÉ, Luiz Felipe. Para entender o catolicismo hoje.Rodrigo Coppe Caldeira - 2012 - Horizonte 10 (26):663-666.
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  3
    O projeto didático de José Luiz Fiorin para o ensino de leitura e de produção de texto.Arnaldo Cortina - 2015 - Bakhtiniana 10 (3):27-45.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9. Luiz Althusser i walka o marksizm.Robin Blackburn & Gareth Stedman Jones - 1985 - Colloquia Communia 19 (2):33-50.
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10. Luiz Beltrão e Gilberto Freyre: reflexões exploratórias acerca da relação entre ciências sociais e comunicação.Zuleika de Paula Bueno & Tiago Roberto Ramos - 2013 - Logos: Comuniação e Univerisdade 19 (2).
    Explorando possibilidades de interpretação da obra do sociólogo Gilberto Freyre (1900-1987) e do comunicólogo Luiz Beltrão de Andrade e Lima (1918-1986) e inspirados pelos princípios da sociologia da ciência, pretendemos indicar pontos em que a obra e o pensamento dos dois autores se aproximam e/ou se distanciam.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11.  15
    O horizonte da juventude na educação e pastoral populares: história, diálogo e configuração de Medellín a Puebla (1968-1979). 2012. [REVIEW]Luiz Carlos Itaborahy - 2013 - Horizonte 11 (29):414-416.
    DISSERTAÇÃO DE MESTRADO ITABORAHY, Luiz Carlos. O horizonte da juventude na educação e pastoral populares : história, diálogo e configuração de Medellín a Puebla (1968-1979). 2012. 207 folhas. Dissertação (Mestrado) – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião, Belo Horizonte.
    No categories
    Direct download (7 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12.  11
    O monoteísmo (Judaísmo, Cristianismo, Islamismo) religiões intolerantes?Félix Neefjes, Reynaldo Luiz Calvo & Daniel José Fernandes Rocha - 1997 - Horizonte 1 (2):17-27.
    O presente artigo procura sintetizar o debate entre três autores sobre o Cristianismo e Religiões. Sendo o Cristianismo o tema central, a sua atitude em relação a outras religiões é apresentada numa forma mais ampla por Frei Félix Neefjes. Depois discute-se o Judaísmo (Reynaldo Luiz Calvo) e o Islamismo (Daniel José Fernandes Rocha) e as atitudes recíprocas entre essas três religiões.
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13.  13
    Em defesa da tradição: Luiz de França, mestre do maracatu-nação Leão Coroado, nas memórias de maracatuzeiros e maracatuzeiras.Ivaldo Marciano de França Lima - 2016 - Dialogos 20 (2):162.
    O artigo propõe abordar a construção da imagem de Isabel, a Católica aproximando Luiz de França foi um dos mais significativos mestres de maracatu nação. Dirigiu e articulou o maracatu Nação Leão Coroado, entre os anos de 1950 até sua morte, em 1997. Ainda hoje a sua memória é reivindicada por grupos de maracatus existentes no Recife. Tal questão indica diferentes aspectos nos processos de construção das memórias, e da forma como estas são usadas no presente. Este artigo objetiva (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14.  37
    Aquinas’s Definition of Good: Ethical-Theoretical Notes On De Veritate, Q. 21.Ronald Duska - 1974 - The Monist 58 (1):151-162.
    It is a rather remarkable fact that in most discussions of Aquinas’s ethics, Q. 21 of the De Veritate which deals with Aquinas’s notion of Good, is almost entirely overlooked. For example D. J. O’Connor’s book Aquinas and Natural Law refers only once to the De Veritate and that is not a reference to Q. 21. Even the massive work of Gilson, The Christian Philosophy of St. Thomas Aquinas, in the entire third section which deals with Aquinas’s moral theory has (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15.  34
    O desenho da figura humana como representação da experiência de maternidade.Eliana Marcello De Felice - 2010 - Revista Aletheia 32:104-120.
    Este artigo tem como objetivo apresentar os resultados da aplicação do Desenho da Figura Humana em mulheres puérperas. Introduziu-se uma modificação sobre a técnica de aplicação de Machover, de modo que todas as mulheres fizeram o desenho de uma criança e de um adulto. Os desenhos foram analisados q..
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16.  19
    Antônio Vieira: o império do outro mundo e o império deste mundo.André Rocha Cordeiro - 2016 - Horizonte 14 (41):206-212.
    RESENHA: MENEZES, Sezinando Luiz. Antônio Vieira : o império do outro mundo e o império deste mundo. Maringá: Eduem, 2015, 131p.
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17.  16
    Lizzini, O. "Avicenna" [Col. Pensatori]. Roma: Carocci Ed., 2012. 339 P.Allan Neves Oliveira Silva - 2015 - Kriterion: Journal of Philosophy 56 (131):297-302.
    A questão "se uma elocução perde seu significado com a destruição das coisas "surge como uma questão sobre o valor-verdade de declarações com um termo vazio como sujeito, a saber, como um subproblema do sofisma "Se 'omnis homo de necessitate est animal' é verdade quando não há homem algum ". Neste trabalho, trarei as discussões conforme elas se apresentam em "De signis" IV.2 de Roger Bacon, em "Quaestiones logicales", q. 2–3 de Peter John Olivi, no OHNEA de Boethius of Dacia, (...)
    No categories
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  18
    Aquinas’s Definition of Good: Ethical-Theoretical Notes On De Veritate, Q. 21.Ronald Duska - 1974 - The Monist 58 (1):151 - 162.
    It is a rather remarkable fact that in most discussions of Aquinas’s ethics, Q. 21 of the De Veritate which deals with Aquinas’s notion of Good, is almost entirely overlooked. For example D. J. O’Connor’s book Aquinas and Natural Law refers only once to the De Veritate and that is not a reference to Q. 21. Even the massive work of Gilson, The Christian Philosophy of St. Thomas Aquinas, in the entire third section which deals with Aquinas’s moral theory has (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19.  10
    A "Epístola Sobre O Intelecto", de Al-Kindi.Tadeu M. Verza - 2015 - Kriterion: Journal of Philosophy 56 (131):291-295.
    A questão "se uma elocução perde seu significado com a destruição das coisas "surge como uma questão sobre o valor-verdade de declarações com um termo vazio como sujeito, a saber, como um subproblema do sofisma "Se 'omnis homo de necessitate est animal' é verdade quando não há homem algum ". Neste trabalho, trarei as discussões conforme elas se apresentam em "De signis" IV.2 de Roger Bacon, em "Quaestiones logicales", q. 2–3 de Peter John Olivi, no OHNEA de Boethius of Dacia, (...)
    No categories
    Direct download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20.  10
    Sophocles, O.T. 220–1: Corrigenda.A. Y. Campbell - 1956 - Classical Quarterly 6 (1-2):54-.
    In C.Q. N.s. iv , 10–12, I gave an elaborate diagnosis of the morbid symptoms in sense and syntax of the traditional text. I then proposed , rendering ‘as I now am doing, without success’. Professor W. M. Edwards wrote to me that he accepted ‘this very helpful analysis of the trouble', but not my emendation, on the ground that O.'s admission of failure would be ‘a factual statement requiring ’.
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21.  3
    A “desorganização interna” do Ser e o surgimento da “realidade humana” em O Ser e o Nada.André Constantino Yazbek - 2006 - Doispontos 3 (2).
    Under the lig ht of Being and Nothingness’s the o re t ical body – Sartre’s master piece –, it is intended to discuss the essential source of human reality as “n i h i l a t i o n” and ontological lack, as well as manifestations and cons e q u e nces from this primordial human passion to be transformed to coagulated transcendence, to be transformed in Being In-itself-For-itself: to be consciousness and, at the same t i (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  22.  59
    Considerações sobre a Noção Construtiva de Verdade.André Porto & Luiz Carlos Pereira - 2003 - O Que Nos Faz Pensar 17:107-123.
    O artigo discute as recentes propostas de uma noção construtivista de verdade que não se confunda com condições de assertabilidade.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  23.  17
    “Cultivo” e vivência (Erlebnis): premissas à construção da tarefa de 'tornar-se o que se é' em Nietzsche.Jorge Luiz Viesenteiner - 2010 - Cadernos de Ética E Filosofia Política 17:203-227.
    The article aims to offer a few hypotheses on an analysis of the phenomenology of moral action in Nietzsche, especially in relation to Nietzsche’s formula “become who you are”, through two crucial concepts to the creation of man by the action: experience (Erlebnis) and ‘cultivation’. Man becomes what he is only in life and under the concrete conditions of his existence, without the remote suspicion of, as Nietzsche wrote, “what he is” and in this case, it is a process that (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24.  12
    O Labirinto Bergson-Merleau-Pontiano.Luiz Damon Santos Moutinho - 2017 - Trans/Form/Ação 40 (2):125-138.
    Resumo: O artigo investiga a presença de Bergson na obra de Merleau-Ponty e o labirinto de questões que aí se desdobra. Procura mostrar como, na avaliação de Merleau-Ponty, o conceito de natureza em Bergson o impede de passar à história. Para tanto, toma como referência e debate Presença e campo transcendental, de Bento Prado Júnior.: This paper investigates the presence of Bergson in the work of Merleau-Ponty, and the labyrinth of questions that unfold from there. It shows how, for Merleau-Ponty, (...)
    Direct download (7 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  25.  8
    Q 1-Degrees of C.E. Sets.R. Sh Omanadze & Irakli O. Chitaia - 2012 - Archive for Mathematical Logic 51 (5-6):503-515.
    We show that the Q-degree of a hyperhypersimple set includes an infinite collection of Q 1-degrees linearly ordered under ${\leq_{Q_1}}$ with order type of the integers and consisting entirely of hyperhypersimple sets. Also, we prove that the c.e. Q 1-degrees are not an upper semilattice. The main result of this paper is that the Q 1-degree of a hemimaximal set contains only one c.e. 1-degree. Analogous results are valid for ${\Pi_1^0}$ s 1-degrees.
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   3 citations  
  26.  33
    O Conceito de Vivência (Erlebnis) Em Nietzsche: Gênese, Significado E Recepção.Jorge Luiz Viesenteiner - 2013 - Kriterion: Journal of Philosophy 54 (127):141-155.
    O objetivo deste artigo é analisar o conceito de vivência (Erlebnis) na filosofia de Nietzsche, desde o seu primeiro emprego em língua alemã, seu significado e a recepção que Nietzsche faz da palavra no interior da sua filosofia. O conceito de Erlebnis, particularmente caro à filosofia de Nietzsche, mas também à fenomenologia, possui originariamente uma tríplice significação: a) a imediatez (Unmittelbarkeit) entre homem e mundo; b) a significabilidade (Bedeutsamkeit) para o caráter global da existência; e c) a incomensurabilidade (Inkommensurabilität) do (...)
    Direct download (6 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  27.  90
    Liberdade e conflito: o confronto dos desejos como fundamento da ideia de liberdade em Maquiavel.José Luiz Ames - 2009 - Kriterion: Journal of Philosophy 50 (119):179-196.
    O artigo parte da enunciação da tese de que ao desejo desmesurado dos grandes pela apropriação/dominação absoluta opõe-se um desejo não menos desmesurado e absoluto do povo de não sê-lo: dois desejos de natureza diferente que não são nem o desejo das mesmas coisas nem desejo de coisas diferentes, mas desejos cujo ato de desejar é diferente. Considerando que cada desejo visa sua efetividade absoluta, cada um tenta impor-se universalmente tornando-se duplamente absoluto: por um lado tende à dominação total (os (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  28.  12
    Kierkegaard E a transformação do sujeito em si mesmo: Entre a vertigem da liberdade E o paradoxo absoluto da fé.Luiz Carlos Mariano da Rosa - 2018 - Revista de Teologia 12 (21):68-86.
    Atribuindo à ironia a possibilidade de exercício e desenvolvimento da liberdade subjetiva, Kierkegaard sublinha a negatividade absoluta como característica do referido processo em Sócrates, convergindo para assinalar o absoluto e irredutível valor do indivíduo em um movimento que implica o início absoluto da vida pessoal entre criar-se e deixar-se criar. Dessa forma, contrapondo-se à dissolução da existência humana nas fronteiras da pura conceituação intelectual, Kierkegaard assinala a tensão inaplacável entre existência e transcendência em um movimento que implica a interioridade e (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  29.  62
    Sobre o Caráter “Abstrato” da Democracia Deliberativa.Luiz Paulo Rouanet - 2013 - Trans/Form/Ação 36 (1):177-194.
    O presente texto propõe-se discutir o suposto caráter abstrato da chamada democracia deliberativa, tomando como base a ética discursiva e a teoria da ação comunicativa. Se, por um lado, a democracia deliberativa não pretende ser mais que um modelo teórico para orientar as discussões em torno da democracia, por outro, alguns de seus enunciados podem e são efetivamente incorporados à prática política das sociedades democráticas contemporâneas. A questão aqui é saber o quanto de concreto e propositivo se pode encontrar especialmente (...)
    Direct download (8 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  30.  24
    O invisível como negativo do visível: a grandeza negativa em Merleau-Ponty.Luiz Damon Santos Moutinho - 2004 - Trans/Form/Ação 27 (1):7-18.
    Este texto pretende mostrar a crítica de Merleau-Ponty à ontologia do ser e do nada de Sartre. Contra o modelo da contradição, típica dessa ontologia, Merleau-Ponty retoma a noção kantiana de grandeza negativa e o seu modelo de oposição real.
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  31.  3
    Algumas Dimensões da "Diferença": O Itinerário de Gilles Deleuze No Artigo "a Concepção da Diferença Em Bergson".Flávio Luiz Freitas - 2018 - Kriterion: Journal of Philosophy 59 (141):705-722.
    RESUMO O objetivo do presente trabalho consiste em explicitar o itinerário ou linha argumentativa de Gilles Deleuze no artigo intitulado "A concepção da diferença em Bergson", de 1954. Postula-se que nesse trabalho de 1954, Deleuze exponha a noção de 'diferença', que está presente na obra de Henri Bergson, por meio da relação entre três dimensões: metodológica, cosmológica e ontológica. Para tanto, caracteriza-se o conjunto do pensamento de Deleuze em relação à História da Filosofia. Em seguida, identifica-se o percurso das pesquisas (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  32.  3
    Loparic, Almeida E Chagas: Sobre O Factum da Razão.Luiz Antonio Pereira - 2018 - Kriterion: Journal of Philosophy 59 (141):827-847.
    RESUMO Na "Kritik der praktischen Vernunft", os conceitos do factum da razão e do sentimento de respeito pela lei moral geram grandes divergências interpretativas. O presente artigo tem como objetivo apresentar as interpretações de Zeljko Loparic, Guido Antônio de Almeida e Flávia Carvalho Chagas. ABSTRACT In "Kritik der praktischen Vernunft", the concepts of factum of reason and of feeling of respect for the moral law generate great interpretative divergences. This paper aims to present the interpretations of Zeljko Loparic, Guido Antônio (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  33.  28
    Tópicos Sobre Epistemo Logia: Buscando o Bom Senso a Través de Gramsci.Luiz Carlos Nascimento Da Rosa - 2004 - Utopía y Praxis Latinoamericana 9 (26):91-103.
    This pa per de vel ops within the con text of an externalistic ap prox i ma tion to epis te mol ogy. It is an at tempt to re flect in a uni tary man ner on cat e go ries such as com mon sense, phi los o phy, ide ol ogy, prog ress, good judg ment, as well as a re flec tion on sci ence and it pro..
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  34.  1
    O "Círculo Hermenêutico" Como Estrutura, O "Enquanto" da Hermenêutica Filosófica.Luiz Rohden - 1999 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 44 (1):109.
    Pretendemos contribuir à afirmação eao reconhecimento da hermenêutica filosóficamostrando que ela é mais que um instrumento dafilosofia, mas seu modo próprio de ser. Por isso,nós tentamos reinterpretar a origem míticoetimológicada hermenêutica e mostrar que ocírculo hermenêutico constitui a estrutura, o"enquanto" da mesma.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  35.  1
    Sobre o Sentido.Luiz Rohden - 2004 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 50 (2):292.
    Neste artigo refletiremos e aprofundaremos um tema constituinte do filosofar que tece a história da filosofia. Estamos falando do tema do sentido que, enquanto “o primeiro nome do ser”, raramente foi tomado como “objeto” específico e explícito da filosofia. Por isso nos propusemos tematizar e explicitar o problema do sentido do Ser enquanto fio condutor das reflexões ontológico-metafísicas. Teceremos nossa reflexão entrelaçando três momentos distintos, mas dialético-complementares: inicialmente faremos uma breve leitura fenomenológica do sentido [1]; a seguir, a partir da (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  36.  30
    O conhecimento como princípio da colonialidade e da solidariedade // Knowledge as a principle of coloniality and solidarity.Luiz Síveres & José Roberto de Souza Santos - 2013 - Conjectura: Filosofia E Educação 18 (3):124-137.
    Neste início de século a humanidade vem enfrentando muitos e diversos problemas, sejam eles epistemológicos, éticos, sociais, ambientais, políticos ou econômicos. Todos eles, problemas modernos, mas, conforme se defenderá, sem soluções modernas. Os objetivos do artigo são compreender as raízes destas problemáticas, demonstrar que jamais houve modernidade sem colonialidade, uma das razões para que o projeto moderno não seja concluído, e analisar as perspectivas que se abrem a partir da periferia do mundo moderno/colonial. Pensar a partir da periferia, dos lugares (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  37.  5
    O risco de não ir a Jerusalém. Lendo o Salmo 127 no contexto dos Salmos 120-134.Osvaldo Luiz Ribeiro - 2018 - Horizonte - Revista de Estudos de Teologia E Ciências da Religião 16 (49):166-193.
    O tema do artigo é a análise retórica do Salmo 127 no contexto dos “Salmos das Subidas”. O objetivo consiste em analisar a relação retórica possível entre o sentido da composição e o desempenho processional dos peregrinos de Jerusalém. Especificamente, trata-se de perguntar pela relação entre o conteúdo do salmo e a peregrinação para Jerusalém, a que sua leitura estaria por hipótese destinada. A metodologia consiste a) em tradução do salmo, b) análise de sua posição relativa na estrutura quiástica da (...)
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  38.  8
    A mente corporificada: O início de um programa de pesquisa.Leonardo Ferreira Almada & Luiz Otávio de Sousa Mesquita - 2016 - Cadernos Do Pet Filosofia 7 (14):11-23.
    Resumo : O presente texto é de natureza hermenêutica, e sua finalidade é a de sistematizar o estudo que empreendemos em relação às linhas gerais do projeto de Varela, Thompson e Rosch. Nosso objetivo é o de analisar as bases e o caminho a partir dos quais nossos autores buscaram redirecionar os rumos e mesmo os princípios mais centrais das ciências empíricas e fenomenológicas da mente. Buscaremos demonstrar que o projeto de Varela, Thompson e Rosch foi exitoso em seu propósito (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  39.  20
    O espírito mau de Yahweh/Deus – análise histórico-social de 1 Sm 16,14-23 (The evil spirit of Yahweh/God – sociohistorical analysis of 1 Sm 16,14-23) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2014v12n34p486. [REVIEW]Osvaldo Luiz Ribeiro - 2014 - Horizonte 12 (34):486-509.
    Analisa-se o sentido histórico-social das expressões rûªH yhwh (“espírito de Yahweh”), rûªH-rä`â më´ët yhwh (“espírito mau desde junto de Yahweh”), rûªH-´élöhîm rä`â (“espírito mau de Deus”), rûªH-´élöhîm (“espírito de Deus”) e rûªH härä`â (“espírito mau”), de e em 1 Sm 16,14-23. Postula-se a identidade comum de todos esses personagens noológicos. Guiado por um exercício de crítica aplicada a versões da passagem, bem como pela consulta crítica por amostragem de comentários internacionais, aplica-se análise retórica e histórico-social à narrativa. Conclui-se que, no (...)
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  40.  12
    O desenraizamento religioso e o cientificismo como condicionantes catárticas do ateísmo freudiano.Luiz Alencar Libório - 2008 - Horizonte 7 (13):143-160.
    Este artigo considera o desenraizamento afetivo-religioso de Freud no seu contexto familiar e sociocultural e também visa mostrar algumas críticas que neofreudianos e cientistas fazem a Freud. Condicionado, conscientemente ou não, pelas representações (memórias) originárias, Freud não aprofundou as raízes afetivo-religiosas no chão pedregoso de sua infância. Suas primeiras experiências afetivo-religiosas (não tão positivas) foram como pedras escabrosas no chão de sua frágil existência. Com o drástico desaparecimento da babá Resi Wittek, as tenras raízes afetivo-religiosas do psiquismo de Freud praticamente (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  41.  11
    Aspectos de uma interpretação não redutiva da vida em Heidegger: a hermenêutica da natureza e o fenômeno da vida/ Aspects of a non-reductive interpretation of life in Heidegger: the hermeneutic of nature and the phenomenon of life.André Luiz Ramalho Silveira - 2014 - Natureza Humana 16 (2).
    Resumo: Este artigo mostra a abordagem hermenêutica realizada por Martin Heidegger dos conceitos de natureza e vida a partir da ontologia fundamental. Em Ser e Tempo, Heidegger elabora as condições hermenêuticas para que se possa apreender ontologicamente a vida através do que ele chama de interpretação privativa da vida. O desenvolvimento sistemático do sentido de ser da vida é apresentado por Heidegger na preleção Os conceitos fundamentais da metafísica : mundo, finitude, solidão, de 1929/1930. Nela, para apresentar o fenômeno da (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  42.  9
    O corpo E as três dimensões da sexualidade na fenomenologia da percepção de Maurice Merleau-ponty.Diego Luiz Warmling - 2016 - Cadernos Do Pet Filosofia 7 (13):53-73.
    Dos estudos que Maurice Merleau-Ponty dedica à noção de corpo, este artigo versa sobre os modos como a questão da sexualidade pode ser compreendida. Com efeito, dentro desta perspectiva, o corpo não se confunde com aquilo que se pode pensar dela a partir de uma perspectiva tanto objetivista quanto subjetivista, mas diz respeito à nossa forma ampla de inserção no mundo da vida. Na junção entre natureza e liberdade, o corpo não é da ordem do “eu penso”, mas do “eu (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  43.  2
    O Mito Do Conhecimento.Laurence BonJour, Albertinho Luiz Gallina & Kariane Marques da Silva - 2016 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 61 (3):503-534.
    Em “O Mito do Conhecimento”, Laurence BonJour defende a tese de que a concepção “falibilista” de conhecimento, assumida de modo preponderante pelos epistemólogos na era pós-Gettier, “está errada”, pois tal concepção “fraca” de conhecimento proporciona pouca satisfação da perspectiva filosófica e é inexistente no âmbito do senso comum, constituindo tão-somente um “mito filosófico”.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  44.  6
    O Contrato De Gláucon.Luiz Maurício Bentim da Rocha Menezes - 2017 - Trans/Form/Ação 40 (1):235-252.
    Resumo: O Livro II da República de Platão se inicia com um desafio de Gláucon para Sócrates, onde este deve provar que o homem justo é, de toda maneira, melhor do que o injusto. Para isso, pedirá que Sócrates defenda a justiça por si mesma e censure a injustiça. O discurso de Gláucon pode ser dividido em três partes, sendo a primeira dedicada à origem e à natureza da justiça; a segunda irá indicar a justiça como algo necessário, mas não (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  45.  15
    Falsity, Negation and Modality: Reply to Luiz Carlos Pereira.O. Chateaubriand - 2004 - Manuscrito 27 (1):193-200.
    In §1 I explain that my rejection of possible states of affairs as a basis for an account of falsity is not part of a general rejection of modal notions but is a rejection of possible and impossible entities of any sort. I then show that my account of senses and of propositions is indeed a modal account. In §2 I examine some of Wittgenstein’s ideas about falsity, as presented by Luiz Carlos, in relation to my account of falsity (...)
    Direct download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  46.  12
    O desafio das teologias índias (The challenge of indigenous theologies) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2009v7n14p12.Faustino Luiz Couto Teixeira - 2009 - Horizonte 7 (14):12-20.
    O presente artigo pretende situar a candente questão das teologias índias no tempo atual e o desafio essencial do reconhecimento da alteridade indígena e dos direitos que acompanham essa singularidade. Inicia-se com a reflexão sobre as controvérsias que envolvem o tema das teologias índias no contexto eclesial contemporâneo. A seguir, discute-se o difícil aprendizado que envolve a tomada de consciência dos povos indígenas como “povos distintos”. Nota-se na atual conjuntura da Igreja católica romana um particular embaraço nesse delicado campo, e (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  47.  10
    O que é filosofia da psicanálise?Luiz Roberto Monzani - 2008 - Philósophos - Revista de Filosofia 13 (2):11-19.
    A questão que se põe é: o que se entende pela expressão Filosofia da Psicanálise? Pode-se, em primeiro lugar, ficar espantado com essa pergunta, porque, ao menos, genericamente, essa expressão deve possuir um significado muito aparentado às expressões tais como: filosofia das matemáticas, filosofia da física, filosofia da biologia etc, a respeito do que não faltam exemplos de trabalhos sérios e bem sucedidos. Pensando as coisas assim, a filosofia da psicanálise, assim como a filosofia das matemáticas etc., nada mais seria (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  48. O procedimento de arrecadação do icms: O confaz E a regulação do serviço de tv Por assinatura.Matheus Luiz Maciel Holanda - 2015 - Revista Fides 6 (2).
    O PROCEDIMENTO DE ARRECADAÇÃO DO ICMS: O CONFAZ E A REGULAÇÃO DO SERVIÇO DE TV POR ASSINATURA.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  49.  9
    O “ensino do religioso” e as Ciências da Religião (Teaching “of the religious” and Sciences of Religion) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2011v9n23p839. [REVIEW]Faustino Luiz Couto Teixeira - 2011 - Horizonte 9 (23):839-861.
    Tendo em vista o amplo debate que divide a opinião de pesquisadores hoje no Brasil em torno da complexa questão do “ensino religioso” na escola pública, este artigo busca situar o tema na perspectiva das ciências da religião. Busca-se apontar a possibilidade de um aporte singular desse novo campo disciplinar no “ensino do religioso”. Sem cair num proselitismo problemático, busca-se mostrar a pertinência e plausibilidade de uma reflexão que favoreça a aproximação e o conhecimento por parte dos alunos das distintas (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  50.  9
    O conceito de imaginação em Wittgenstein.Luiz Hebeche - 2003 - Natureza Humana 5 (2):393-421.
    O objetivo deste artigo é mostrar que o conceito de imaginação, tal como é concebido pelo mentalismo filosófico ou psicológico, é uma ilusão gramatical que pode ser desfeita pelo regresso ao "solo áspero" da linguagem ordinária.This paper proposes to demonstrate that the concept of imagination, as it is conceived by philosophical or psychological mentalist doctrines, is a grammatical illusion, which can be solved by means of a movement back to the "rough ground" of ordinary language.
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
1 — 50 / 1000