16 found
Order:
  1. Biopolítica e Niilismo.Marcos Nalli - 2023 - Revista Dialectus 30 (30):150-159.
    Pretendo mostrar como o tema da biopolítica pode se articular com o tema do niilismo. Para isso, concentrarei a atenção em expor esquematicamente alguns dos principais argumentos de Roberto Esposito que autorizam aquela articulação. Assim, primeiramente, considerarei os elementos constitutivos da comunidade que podem ser interpretados como niilistas. Tendo esse dado como ponto de partida, procurarei mostrar de que modo o paradigma imunitário, longe de resolver a deriva niilista que assombra a comunidade, acaba por acirrá-lo; o que leva a articulação (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  1
    Comentário a “Os monstros humanos em foucault e existências transgêneros”: da banalização do monstro à monstruosidade da banalização.Marcos Nalli - 2023 - Trans/Form/Ação 46 (4):257-264.
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  20
    Communitas/Immunitas: a releitura de Roberto Esposito da biopolítica.Marcos Nalli - 2013 - Revista de Filosofia Aurora 25 (37):79.
    O objetivo deste artigo é apresentar as principais ideias do filósofo político italiano Roberto Esposito, mostrando como ele relê a biopolítica moderna a partir das categorias conceituais de “comunidade” e “sistema imunitário”. Procuraremos demonstrar como Esposito concebe cada um desses conceitos e como os articula de modo a demonstrar os traços totalitários que podem apresentar, identificando uma aparente limitação de sua abordagem para, em seguida, esboçar uma possível resposta de Esposito, na medida em que retoma a urgência de se pensar (...)
    Direct download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  9
    De que vida trata a Biopolítica? Considerações sobre a inversão foucaultiana da máxima aristotélica.Marcos Nalli - 2019 - Revista de Filosofia Aurora 31 (52).
    No categories
    Direct download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  8
    Emergência dos equipamentos coletivos: Estado do progresso dos trabalhos.Marcos Nalli & Tiaraju Dal Pozzo Pez - 2019 - Revista de Filosofia Aurora 31 (52).
    No categories
    Direct download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  10
    Entre Nietzsche e Husserl: Foucault na Encruzilhada.Marcos Nalli - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12 (1):e5.
    pretende-se tensionar a tese, difundida no Brasil de que Foucault é um filósofo nietzschiano, mostrando que seu pensamento pode e deve ser visto sempre em confluência com outros pensadores, formando o que se pode chamar de uma comunidade de pensamento. Para isso, busca-se mostrar a singularidade do pensamento de Foucault, seja em relação àquele de Nietzsche, seja a de Husserl, acentuando alguns de seus pontos de convergência e divergência.
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  14
    Foucault: o estatuto biopolítico da terapêutica/ Foucault: The biopolitical status of therapeutics.Marcos Nalli - 2014 - Natureza Humana 16 (1).
    Resumo: O artigo tem por objetivo apresentar como, a partir da analítica foucaultiana da biopolítica, podem-se interpretar as práticas terapêuticas. Para isso, faremos uma apresentação de como Foucault concebe a biopolítica como uma política que inverte o princípio de soberania, buscando garantir a vida da população e, a partir daí, enfocar como as práticas terapêuticas são criadas e agenciadas no intuito de caucioná-la com um sentido muito mais preciso de doença em seu fundo biossocial do que de um ponto de (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  6
    Inospitalidade e Estranhamento do Outro: A Discriminação do Mercado.Marcos Nalli - 2023 - Revista Portuguesa de Filosofia 78 (4):1615-1638.
    Considering Michel Foucault’s two main courses on the general theme of biopolitics, namely, Il faut défendre la société (1997; 1999), a course for the academic year of 1976, and La naissance de la biopolitique (2004; 2008), taught by his turn in 1978/1979, I intend to consider that we are experiencing a new form of racism, this time no longer a state type, as already considered by Foucault, but a type of racism provoked and economically fomented, therefore, a market racism. Racism (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  6
    O Campo é o Nomos Biopolítico da Modernidade.Marcos Nalli - 2015 - Revista Portuguesa de Filosofia 71 (1):173-187.
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  28
    Possibilidades E limites da cura nos textos protoarqueológicos de Michel Foucault.Marcos Nalli - 2011 - Trans/Form/Ação 34 (2):155-158.
    O artigo tem por objetivo interpretar como Foucault concebe a possibilidade da cura nos discursos e práticas psicológicas, durante sua fase protoarqueológica. Para atingir tal fim, discorre sobre os dois textos mais importantes dessa fase ? Maladie!Mentale!et!Personnalité e a introdução à Le Rêve et l'?Existence ? evidenciando como nesses textos se desenha uma concepção psicopatológica que deve subsidiar uma prática psicoterápica. Constata-se, no entanto, que reina uma contradição inerente aos dois textos, em que ora se completam, ora conflitam no modo (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  11.  34
    Paul Ricoeur leitor de Husserl.Marcos Nalli - 2006 - Trans/Form/Ação 29 (2):155-180.
    O objetivo deste artigo consiste em inventariar de que modo Paul Ricœur lê e se apropria de elementos da filosofia husserliana em seu projeto hermenêutico. Assim, busca-se primeiramente caracterizar em linhas gerais a história da hermenêutica contemporânea. Num segundo momento, estabelece-se uma primeira delimitação da hermenêutica de Ricœur caracterizando alguns de seus problemas centrais. Por fim, num terceiro momento, procuramos observar como Ricœur retoma a filosofia husserliana para dar conta de suas próprias reflexões hermenêuticas.
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12.  43
    Paul Ricoeur reader of Husserl.Marcos Nalli - 2006 - Trans/Form/Ação 29 (2):155-180.
    The objective of this article consists of inventorying that way Paul Ricoeur reads and he appropriates of elements of the philosophy of Husserl in his hermeneutical project. Like this, it is looked for firstly to characterize in general lines the history of the contemporary hermeneutic. In a second moment, we established a first delimitation of the hermeneutic of Ricoeur characterizing some of their central problems. Finally, in a third moment, we tried to observe like Ricoeur retakes the husserlian philosophy to (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13.  11
    Querer não querer.Marcos Nalli - 2022 - Revista de Filosofia Aurora 34 (61).
    Pretendo discorrer sobre a análise que Foucault fez da obediência no contexto da experiência da carne, tratado por ele no último volume então publicado de sua História da sexualidade, As confissões da carne, e buscar considerar se tal análise pode ser viável a fornecer elementos críticos para pensar a governamentalidade biopolítica neoliberal. Para tanto, considero inicialmente a relação entre soberania e liberdade de modo a mostrar que a estrutura da liberdade é sustentada desde a noção de soberania, quer em ruptura (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14.  8
    Ser Humano na Era da Reprodutibilidade Técnica.Marcos Nalli & José Fernandes Weber - 2014 - Filosofia E Educação 6 (3):301-327.
    Nosso propósito é buscar apresentar algumas possibilidades de reflexão que permitam articular o homem, sua natureza, e o advento das novas tecnologias. Ora, as novas tecnologias – a biotecnologia, a genética, a nanotecnologia e as ciências informacionais – parecem convergir no sentido de forçar a se repensar a própria natureza humana tomando-a também como uma espécie de artefato. Procuraremos estabelecer, por fim, algumas pistas reflexivas sobre os objetos e artefatos tecnológicos, principalmente em função de sua natureza protética, como mediadores políticos (...)
    No categories
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15.  41
    Somente rastros na areia: Foucault, Kant e a questão (filosófica) da antropologia.Marcos Nalli & Tiaraju Dal Pozzo Pez - 2013 - Trans/Form/Ação 36 (2):249-256.
  16. Somente Rastros na Areia: Foucault, Kant e a Questão (Filosófica) da Antropologia SARDINHA, Diogo (org.). Revue Rue Descartes (dossiê Kant/Michel Foucault et le renouveau de la philosophie antropologique). Paris (France), 2012/3, no 75: 1-125. [REVIEW]Marcos Nalli & Tiaraju Dal Pozzo Pez - 2013 - Trans/Form/Ação 36 (2).
    As coletâneas não são concebidas para reunir pensadores diversos em torno de uma temática, mas fundamentalmente para, a partir dessa diversidade de autores em torno de uma unidade temática, fazer com que nós, leitores, exerçamos uma experiência de pensamento. A nosso ver, foi dessa forma que foi concebida a coletânea, publicada em 2012 (e que agora propomos apresentar aqui), pela revista francesa Rue Descartes, cujo tema versa sobre Kant, Foucault e a renovação da antropologia filosófica, e organizada por Diogo Sardinha, (...)
     
    Export citation  
     
    Bookmark