10 found
Order:
  1.  9
    Morte, Vida E Destino Em Schopenhauer E Freud: Os “Fins da Natureza” Na Metafísica da Vontade E Na Metapsicologia.William Mattioli - 2020 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 11 (2):348-381.
    Neste artigo, pretendo discutir alguns problemas que emergem da associação, já comum na literatura secundária, entre o último dualismo pulsional freudiano, baseado na oposição entre pulsões de vida e de morte, e as teses schopenhauerianas sobre a vida e a morte derivadas de sua metafísica da vontade. A partir de uma confrontação com as leituras de Marcel Zentner e Stephan Atzert, argumentarei a favor da hipótese de que a diferença mais relevante entre os modelos de Freud e de Schopenhauer não (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  2. “Dem Willen zum Leben ist das Leben gewiß”: vida e finalidade em Schopenhauer.William Mattioli - 2019 - Sofia 7 (2):201-225.
    Neste artigo, pretendo discutir o problema da vida em Schopenhauer a partir da perspectiva de sua metafísica da natureza, que implica uma concepção teleológica da evolução das formas de manifestação da vontade segundo uma hierarquia de seus graus de objetivação. Meu ponto de partida é a fórmula schopenhaueriana mediante a qual o autor apresenta sua concepção básica acerca da essência de todo fenômeno: a “vontade de vida”. Investigarei se e em que medida a noção de vida que encontramos em sua (...)
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  3.  5
    O paradoxo das causas finais: Schopenhauer leitor da “Crítica do juízo teleológico”.William Mattioli - 2018 - Revista de Filosofia Aurora 30 (49).
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   2 citations  
  4.  7
    A Questão da Teleologia Nos Apontamentos Do Jovem Nietzsche: Zu Schopenhauer E Zur Teleologie.William Mattioli - 2018 - Cadernos Nietzsche 39 (3):77-119.
    Resumo Este artigo corresponde à primeira de duas partes que perfazem um estudo sobre a questão da teleologia nos apontamentos do jovem Nietzsche entre 1867 e 1869. No seu todo, o trabalho pretende oferecer uma leitura de três conjuntos de notas escritos pelo filósofo nesse período: Zu Schopenhauer, Zur Teleologie e Vom Ursprung der Sprache, com um claro enfoque nas notas sobre a teleologia, de 1868. Meu objetivo é tentar mostrar que, apesar das diversas críticas de Nietzsche à teleologia e (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  5. ONTOLOGIA E CIÊNCIA NA CRÍTICA DE NIETZSCHE À METAFÍSICA EM HUMANO, DEMASIADO HUMANO.William Mattioli - 2020 - Kriterion: Journal of Philosophy 145 (145):231-259.
    RESUMO Neste artigo, discuto o que considero serem os pressupostos ontológicos da crítica de Nietzsche à metafísica no primeiro livro de Humano, demasiado humano e a natureza da relação estabelecida por ele entre filosofia e ciência. Busco definir sua posição como um realismo científico moderado, que considera que as ciências caminham progressivamente em direção a uma concepção puramente dinâmica do real. ABSTRACT In this paper I discuss what I consider to be the ontological assumptions of Nietzsche’s critique of metaphysics in (...)
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  9
    Inconsciente, Intencionalidade E Natureza: A Dialética Morganática Entre Naturalismo E Transcendentalismo Na Metafísica da Vontade de Schopenhauer.William Mattioli - 2013 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 4 (1):66.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  7.  3
    Schopenhauer and the Two Orders of Purposiveness in the World.William Mattioli - 2021 - Voluntas: Revista Internacional de Filosofia 12:e13.
    In this paper, I intend to argue that the emergence of the material conditions for the suppression and denial of the will in the human organism is not something like an “accident on the way” of will's manifestation in the world. It is rather, as it were, an intentional result of the whole process of objectivation of the will, a result that emerges from a teleological order. This teleological order is primary and more fundamental than the teleological order of nature (...)
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  17
    O Devir E o Lugar da Filosofia: Alguns Aspectos da Recepção E da Crítica de Nietzsche Ao Idealismo Transcendental Via Afrikan Spir.William Mattioli - 2013 - Kriterion: Journal of Philosophy 54 (128):321-348.
    A recepção de Nietzsche da filosofia transcendental de Kant é intermediada por diversos autores de diferentes tendências filosóficas que se viam em continuidade com o projeto kantiano de uma filosofia crítica. Um desses autores é Afrikan Spir, filósofo que levou a cabo um programa de renovação da filosofia crítica que ia na contramão da tendência hegemônica na segunda metade do século XIX de naturalização do kantismo. A influência de Spir na construção de algumas das teses epistemológicas centrais do pensamento de (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  2
    Natureza, Vida E Finalismo Nas Notas Sobre a Teleologia E Sobre a Origem da Linguagem de Nietzsche.William Mattioli - 2020 - Cadernos Nietzsche 41 (3):126-165.
    Resumo: Este artigo corresponde à segunda de duas partes que perfazem um estudo sobre a questão da teleologia nos apontamentos do jovem Nietzsche entre 1867 e 1869. No seu todo, o trabalho pretende oferecer uma leitura de três conjuntos de notas escritos pelo filósofo nesse período: Zu Schopenhauer, Zur Teleologie e Vom Ursprung der Sprache, com um claro enfoque nas notas sobre a teleologia, de 1868. Meu objetivo é tentar mostrar que, apesar das diversas críticas de Nietzsche à teleologia e (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  6
    Die Zeit des Bewusstseins, das Tempo der Triebe und das Problem der Wirksamkeit des Willens bei Nietzsche.William Mattioli - 2016 - In Sigridur Thorgeirsdottir & Helmut Heit (eds.), Nietzsche Als Kritiker Und Denker der Transformation. De Gruyter. pp. 222-235.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark