Authors
Edrisi Fernandes
Universidade de Brasília
Abstract
Este artigo consiste em uma avaliação da conjuntura e implicações da afirmação por Friedrich Wilhelm Joseph [von] Schelling, em suas Investigações Filosóficas sobre a Essência da Liberdade Humana (1809), de que Plotino teria descrito a transição do Bem originário para a matéria e o mal de modo perspicaz mas insuficiente. Vislumbrando a necessidade de refutar a concepção gnóstica da matéria sensível e do tempo- spaço como sendo maus, Schelling não apenas estimou as deficiências da teodiceia de Plotino, construída antinomicamente em relação ao entendimento gnóstico do problema do Mal, mas também reconheceu suas virtudes, assimilando de Plotino contribuições essenciais à sua própria filosofia
Keywords No keywords specified (fix it)
Categories No categories specified
(categorize this paper)
DOI 10.14195/1984-249x_10_11
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 56,081
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Acto inteligible y Realidad individual del "malum morale".Luis Fernando Cardona - 2001 - Revista Portuguesa de Filosofia 57 (3):503 - 526.
Estados de Consciência E Níveis Do Eu Em Plotino.Bernardo Guadalupe dos Santos Lins Brandão - 2013 - Archai: Revista de Estudos Sobre as Origens Do Pensamento Ocidental 10:95-102.
Exemplo Ou Contraexemplo? O Caso de Uma Estátua Nas Enéadas de Plotino.José Baracat Júnior - 2013 - Archai: Revista de Estudos Sobre as Origens Do Pensamento Ocidental 10:73-83.
Hannah Arendt: o mal banal e o julgar.Sônia Maria Schio - 2011 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 56 (1):127-135.
A influência da 3ª hipótese do Parmênides de Platão na filosofia de Plotino e Jâmblico.Gabriela Bal - 2013 - Archai: Revista de Estudos Sobre as Origens Do Pensamento Ocidental:113-126.
Metafísica Do Irracional – Mal Radical Em Schelling E Schopenhauer.Jair Barboza - 2009 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 54 (2):57-64.
A questão do mal no livro de Kant sobre a religião.Michel Renaud - 1993 - Revista Portuguesa de Filosofia 49 (4):511 - 535.

Analytics

Added to PP index
2013-06-10

Total views
12 ( #750,859 of 2,403,863 )

Recent downloads (6 months)
2 ( #360,323 of 2,403,863 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes