Abstract
Pretende-se investigar a estética e a religião na filosofia de Max Horkheimer, enquanto instâncias de crítica à ordem estabelecida e à imagem de uma sociedade possível ainda não realizada. Mesmo não tendo desenvolvido um pensamento estético de grande envergadura, como foram os casos de Adorno e Marcuse, suas esparsas considerações sobre a relação entre arte e sociedade coincidiram, durante longo período, com as de seus dois colegas do Instituto de Pesquisa Social. Ou seja, a arte autêntica é conhecimento e crítica à sociedade estabelecida. Por sua vez, a religião, embora seja um sentimento verdadeiro, é posta em um nível inferior e concebida como refúgio para os miseráveis, dentro da tradição marxista na qual o filósofo se inserira inicialmente. Ao final da vida, porém, Horkheimer pareceu mais inclinado a considerar que, no mundo administrado, apenas o sentimento religioso cumpria a condição de imagem de um mundo inteiramente outro. As razões para essa mudança de perspectiva podem ser buscadas na sua avaliação tardia sobre a relação entre arte e sociedade
Keywords No keywords specified (fix it)
Categories (categorize this paper)
Reprint years 2008
DOI 10.5216/phi.v10i1.3232
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Translate to english
Revision history

Download options

PhilArchive copy


Upload a copy of this paper     Check publisher's policy     Papers currently archived: 65,784
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Kant e a admiração da natureza.Ulisses Razzante Vaccari - 2009 - Trans/Form/Ação 32 (1):85-94.
Do sentimento de semelhante ao compromisso político.Helena Esser dos Reis - 2012 - Cadernos de Ética E Filosofia Política 21:109-118.
Nietzsche E Habermas no tecido da dialética do esclarecimento.Barbara Lucchesi Ramacciotti - 2011 - Philósophos - Revista de Filosofia 16 (2):10-5216.
La estética en España después de la transición.Gerard Vilar - 2010 - Daimon: Revista Internacional de Filosofía 50:179-189.
Palavras da Editora.Clélia Aparecida Martins - 2013 - Trans/Form/Ação 36 (1):7-7.
Por uma metafí­sica do sublime.Martha de Almeida - 2009 - Princípios 16 (26):229-255.
Por uma metafí­sica do sublime.Martha de Almeida - 2009 - Princípios 16 (26):229-255.

Analytics

Added to PP index
2013-12-01

Total views
19 ( #568,979 of 2,462,981 )

Recent downloads (6 months)
1 ( #449,363 of 2,462,981 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes