Freedom, determinism, and causality de Elliott Sober

Filosofia Unisinos 11 (3):348-350 (2010)

Abstract
A primeira tese de Sober é que não podemos agir livremente, a não ser que o Argumento da Causalidade ou o Argumento da Inevitabilidade tenham alguma falha. O Argumento da Causalidade é o seguinte: nossos estados mentais causam movimentos corporais; mas nossos estados mentais são causados por fatores do mundo físico. Nossa personalidade pode ser reconduzida à nossa experiência e à nossa genética. E tanto a experiência quanto a genética foram causados por itens do mundo físico. Assim, o meio ambiente e os genes são os causadores de nossas crenças e desejos. E estes, por sua vez, causam o nosso comportamento. Como, em última instância, não escolhemos nem os nossos genes e nem o meio ambiente no qual adquirimos as nossas experiências, também não escolhemos o nosso comportamento: ele é causado por fatores além do nosso controle; isso nos faz não ser livres. E o Argumento da Inevitabilidade é exposto por Sober assim: se uma ação foi praticada livremente, então deve ter sido possível ao agente agir de outra forma. Mas, dado que as causas de nossas ações são as nossas crenças e desejos, não poderíamos ter agido diferentemente de como elas nos determinam a agir.
Keywords Freedom  Determinism  Causality
Categories (categorize this paper)
DOI 10.4013/fsu.2010.113.09
Options
Edit this record
Mark as duplicate
Export citation
Find it on Scholar
Request removal from index
Revision history

Download options

Our Archive
External links

Setup an account with your affiliations in order to access resources via your University's proxy server
Configure custom proxy (use this if your affiliation does not provide a proxy)
Through your library

References found in this work BETA

No references found.

Add more references

Citations of this work BETA

No citations found.

Add more citations

Similar books and articles

Causality and the Self.Duane H. Whittier - 1965 - The Monist 49 (April):290-303.
Causality and Determinism: Tension, or Outright Conflict?Carl Hoefer - 2004 - Revista de Filosofía (Madrid) 29 (2):99-115.
Determinism: A Small Point.Jordan Howard Sobel - 1975 - Dialogue 14 (4):617-621.
Epiphenomenalism - the Do's and the Don 'Ts'.Lawrence A. Shapiro & Elliott Sober - 2007 - In G. Wolters & Peter K. Machamer (eds.), Studies in Causality: Historical and Contemporary. University of Pittsburgh Press.
Objective Evidence and Absence: Comment on Sober.Michael Strevens - 2009 - Philosophical Studies 143 (1):91 - 100.
Determinism and Argument.Kenneth T. Gallagher - 1964 - Modern Schoolman 41 (January):111-122.
Freedom to Act.Donald Davidson - 1973 - In Ted Honderich (ed.), Essays on Freedom of Action. Routledge.

Analytics

Added to PP index
2014-01-20

Total views
89 ( #91,432 of 2,266,270 )

Recent downloads (6 months)
9 ( #117,156 of 2,266,270 )

How can I increase my downloads?

Downloads

My notes

Sign in to use this feature