11 found
Order:
  1. A Critical Approach to Sensorimotor Contingency Theory: Brain as Agent and Conscious Mind as a Guide of Action.Jonas Gonçalves Coelho - 2019 - Sofia 8 (1):67-80.
    I present and consider critically O'Regan and Noë's sensorimotor contingency theory, proposed as an alternative to solve the explanatory gap problem. I start with the criticism that these authors address the current conception of representation, according to which conscious experiences are representations of the external world produced by the brain. Afterward, I summarize the way the sensorimotor contingency theory addresses the problem of the explanatory gap, explaining the existence, form, and content of visual consciousness in terms of an "exploratory activity" (...)
    No categories
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  29
    Externalismo social: Mente, pensamento E linguagem.Jonas Gonçalves Coelho - 2012 - Trans/Form/Ação 35 (1):167-192.
    Meu objetivo é mostrar que as teses externalistas “os significados não estão na cabeça” e “os pensamentos não estão na cabeça” não implicam, necessariamente, a tese mais radical “a mente não está na cabeça”. Trato dessa questão no âmbito do Externalismo Social de Tyler Burge e Lynne Baker, argumentando que a importância que esses pensadores atribuem à linguagem nas questões relativas à mente não significa, como uma leitura apressada poderia sugerir, a redução da mente à linguagem e, muito menos, a (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  3.  25
    Bergson Reader of Lucretius: The Existential Implications of Determinism.Jonas Gonçalves Coelho - 2003 - Trans/Form/Ação 26 (1):129-140.
    We take as object of analysis Bergson's early work, Extraits de Lucrèce, trying to show that by privileging the negative existential implications of determinism, he prefigures and justifies his having dedicated a great deal of his later philosophical thought to a criticism of determinism and a defense of liberty.Tomamos como objeto de análise a obra precoce de Bergson, os Extraits de Lucrèce, procurando mostrar que ao privilegiar as implicações existenciais negativas do determinismo, prefigura e justifica o fato de dedicar grande (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  4.  29
    Bergson: Intuition and Intuitive Method.Jonas Gonçalves Coelho - 1999 - Trans/Form/Ação 21 (1):151-164.
    Our purpose is to show that intuition, according to Bergson's thought, is both a knowledge faculty that opposes intelligence and a philosophical method constituted by rational procedures which provides and enriches it. In this way, both aspects of intuition are intimately connect and indispensable to the understanding of each other.Propomo-nos a mostrar que a intuição tal como aparece no pensamento de Bergson é tanto uma faculdade de conhecimento que se opõe à inteligência quanto um método filosófico constituído por procedimentos racionais, (...)
    Direct download (3 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  5.  33
    Bergson: intuição e método intuitivo.Jonas Gonçalves Coelho - 1999 - Trans/Form/Ação 21 (1):151-164.
    Propomo-nos a mostrar que a intuição tal como aparece no pensamento de Bergson é tanto uma faculdade de conhecimento que se opõe à inteligência quanto um método filosófico constituído por procedimentos racionais, os quais a propiciam e enriquecem. Nesse sentido, ambos os aspectos da intuição estão intimamente ligados, sendo cada um imprescindível à compreensão do outro.
    Direct download (7 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  39
    Bergson leitor de lucrécio: as implicações existenciais do determinismo.Jonas Gonçalves Coelho - 2003 - Trans/Form/Ação 26 (1):129-140.
    Tomamos como objeto de análise a obra precoce de Bergson, os Extraits de Lucrèce, procurando mostrar que ao privilegiar as implicações existenciais negativas do determinismo, prefigura e justifica o fato de dedicar grande parte de seu pensamento filosófico posterior à crítica ao determinismo e à defesa da liberdade.
    Direct download (7 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  34
    Social Externalism: Mind, Thought, and Language.Jonas Gonçalves Coelho - 2012 - Trans/Form/Ação 35 (1):167-192.
    My aim is to show that the externalist theses, "meanings are not in the head" and "thoughts are not in the head", do not necessarily imply the more extreme thesis that "the mind is not in the head". I consider this question in terms of the social externalism approach of Tyler Burge and Lynne Baker, arguing that the importance these thinkers attribute to language in questions relative to the mind does not mean either the reduction of the mind to language (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  7
    A Double Face View on Mind-Brain Relationship: The Problem of Mental Causation.Jonas Gonçalves Coelho - 2017 - Trans/Form/Ação 40 (3):197-220.
    : Interpreting results of contemporary neuroscientif studies, I present a non-reductive physicalist account of mind-brain relationship from which the criticism of unintelligibility ascribed to the notion of mental causation is considered. Assuming that a paradigmatic criticism addressed to the notion of mental causation is that presented by Jaegwon Kim’s analysis on the theory of mind-body supervenience, I present his argument arguing that it encompasses a formulation of the problem of mental causation, which leads to difficulties by him pointed. To ask (...)
    Direct download (5 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9.  13
    Bergson: tempo e ação.Jonas Gonçalves Coelho - 2001 - Discurso 32:113-140.
    Propomo-nos a mostrar como a filosofia bergsoniana explica o porquê de a ação humana parecer ora previsível ora imprevisível, peculiaridade da qual decorrem tanto a concepção de que o método das ciências naturais deve ser imitado pelas ciências humanas quanto a idéia de que o método e as explicações das ciências humanas devem ser diferentes dos das ciências naturais. Recorrendo à noção de duração interior e ao modo de inserção da consciência no mundo, Bergson postula que, apesar de, não raro, (...)
    Direct download (8 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10.  6
    Livre-arbítrio e a relação mente e cérebro em Benjamin Libet.Jonas Gonçalves Coelho - 2014 - Principia: An International Journal of Epistemology 18 (1):153.
    No categories
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11. A "pessoa" de Rudder Baker é realmente incorporada?Jonas Gonçalves Coelho - 2008 - Princípios 15 (23):191-203.
    Alguns filósofos materialistas pensam, contra o dualismo de substância, que uma mente incorporada é apenas uma mente que depende de um corpo para existir, isto é, que a mente náo existe independentemente de um corpo. Tomarei como representativas deste ponto de vista muito limitado sobre incorporaçáo as idéias de Lynne Baker e sua Teoria da Constituiçáo de Propriedades. Baker diz que prefere enfrentar o problema da relaçáo pessoa e corpo em vez da relaçáo mente e corpo porque esta última formulaçáo (...)
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark