Results for 'Márcio Rojas da Cruz'

1000+ found
Order:
  1. Refletindo sobre a diversidade de gênero no Campo da educação.Maria Helena Santana Cruz - 2012 - Saberes Em Perspectiva 2 (2):13-32.
    Este artigo aborda a complexa questão da diversidade no campo da Educação, considerando que tal abordagem não prescinde do tema da desigualdade de gênero em suas diversas manifestações. A metodologia utilizada apoia-se em análises de fontes bibliográficas, documentais e em resultados de pesquisas de campo com diferentes dimensões teórico-metodológicas. Partiu-se do pressuposto fundamental de que as relações sociais de gênero são construídas no âmbito da vida em sociedade. A questão própria da educação relaciona-se com a produção das identidades socialmente construídas (...)
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  2.  33
    DETIENNE, Marcel. Mestres da Verdade na Grécia Arcaica. Prefácio de Pierre Vidal-Naquet. Tradução de Ivone C. Benedetti. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013. [REVIEW]Marcilio Bezerra Cruz - 2014 - Cadernos Do Pet Filosofia 5 (10):72-82.
    O referente trabalho é uma síntese do livro “Mestres da Verdade na Grécia Arcaica” de Marcel Detienne. Nele pretenderemos expor os principais pontos levantados pelo autor, tentando construir um paralelo entre as suas próprias idéias com as nossas, comentando e questionando a influência histórica dos tipos de discursos apresentados no livro para com a origem do pensamento filosófico e sofistico. Esperamos evidenciar não somente a ligação entre o discurso dos primeiros filosófos com a Alétheia, mas também a indiferença dos sofistas (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  3.  35
    Sobre a psicologia no contexto da infância: da psicopatologização à inserção política.Lílian Cruz & Neuza Guareschi - 2004 - Aletheia 20:77-90.
    Este artigo objetiva fazer um resgate histórico da infância no Brasil a partir do período denominado filantrópico-higienista até os dias atuais. Inicia com o Movimento da Escola Nova, com a instauração sutil das formas de disciplinarização. Logo, a introdução da Psicologia nas políticas públicas se ..
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  4.  20
    Os "limites da mera razão": autonomia e juízo individual na concepção kantiana das relações entre moral e religião.José Humberto de Brito Cruz - 2004 - Discurso 34:33-86.
    A derivação da religião como fruto da moralidade, a descrição de deveres como comandos divinos, o conceito de comunidade ética, podem, à primeira vista, credenciar a ideia de que o princípio kantiano de autonomia moral não seria tão forte quanto pretende, de que não incluiria, em particular, a noção de soberania individual na aplicação da lei moral. uma análise mais detida, entretanto, da concepção kantiana de religião e da concepção, simples e direta, da natureza do dever, indica a força da (...)
    No categories
    Direct download (8 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  5.  17
    Rudolf Otto e Edmund Husserl: considerações acerca das origens do método da Fenomenologia da Religião (Rudolf Otto and Edmund Husserl: considerations about the origins of the method of the Phenomenology of Religion) - DOI 10.5752/P.2175-5841.2009v7n15p122. [REVIEW]Raimundo José Barros Cruz - 2009 - Horizonte 7 (15):122-141.
    Como em qualquer área do conhecimento, os estudos realizados pelas Ciências das Religiões viram-se marcados por revoluções histórico-paradigmáticas determinantes, que favoreceram o surgimento do método da Fenomenologia da Religião. O objetivo deste trabalho constitui-se, portanto, na tentativa de apresentar esse processo de revolução paradigmática, como também a caracterização do contexto favorável ao seu surgimento. Para tanto, retomaremos momentos históricos, estudiosos importantes e superações metodológicas, procurando conferir destaque ao método fenomenológico de Husserl como o possibilitador das condições de surgimento da fenomenologia (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  6.  5
    Review of Filosofía Moderna del Caribe Hispano by Carlos Rojas Osorio. [REVIEW]Gabriel José Rivera Cotto & Rosa Cordero Cruz - 2018 - Clr James Journal 24 (1):333-344.
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  7.  4
    Los Espacios Que Habitan Las Mujeres En Capitães da Areia de Jorge Amado.Héctor Andrés Rojas - 2017 - Revista de Humanidades de Valparaíso 9:143.
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  8.  3
    O Jogo da Obra de Arte: Uma Compreensão Fenomenológica.T. P. Cruz - 2012 - Páginas de Filosofía 4 (2):3-16.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  9. L. Nahra, Cinara e Weber, Ivan Hingo. Através da Lógica.Ângela Maria Paiva Cruz - 1999 - Princípios 6 (7):141-143.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  10. Aspectos da Lógica Relevante numa prova por Redução ao Absurdo.Ângela Maria Paiva Cruz - 1995 - Princípios 2 (2):05-11.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  11. Anta 1 da Jogada (Abrantes).A. Cruz & L. Oosterbeek - 1998 - Techne. Arqueojovem. Tomar 4:26-31.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  12. Ribeira da Ponte da Pedra: Relató Rio da Campanha de Escavaçao de 2003.L. Oosterbeek, A. R. Cruz, S. Cura, P. Rosina, S. Grimaldi & J. Gomes - 2004 - Techne. Arqueojovem 9:21-54.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  13.  19
    Semiótica das Afecções: uma abordagem epistemológica.Conter Marcelo Bergamin, Telles Marcio & da Silva Alexandre Rocha - 2017 - Conjectura: Filosofia E Educação 22 (Espec):36-48.
    O presente texto propõe uma leitura de diversas teorias do afeto pelo viés da semiótica. Partindo do preceito de que é impossível não afetar ou não ser afetado, estabelece alguns parâmetros para definir o que é afeto para dar conta das dimensões epistemo e ontológica da semiose. Com base em Espinosa, Deleuze e Guattari, ensaia dizer que há, para além de uma capacidade significante, também uma qualidade “sensacional” da semiose, aproximando a processualidade deste fenômeno às cadeias afetivas que devém de (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  14.  3
    Diálogo E Sentido: Vida Espiritual E Encontro Inter-Religioso Na Sociedade Contempor'nea.Camila Campos Marçal da Cruz - 2018 - Horizonte - Revista de Estudos de Teologia E Ciências da Religião 16 (49):402-404.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  15.  10
    Non-Acquaintance and Freedom in the Path of a New Behavioral Science.Robson Nascimento da Cruz - 2014 - Scientiae Studia 12 (3):465-490.
    Interpretações históricas do percurso científico inicial de Skinner destacam as inovações teóricas, empíricas e instrumentais de seu esboço de uma ciência do comportamento. Apesar desse empenho historiográfico, um aspecto tem sido tratado de modo secundário na análise dessa fase da carreira de Skinner, a saber, os impactos dos contextos institucionais da universidade de Harvard nos rumos de sua trajetória e ciência. O objetivo deste artigo é investigar esse aspecto por meio da apreciação das práticas institucionalizadas dos Departamentos de Psicologia e (...)
    Direct download (4 more)  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  16.  5
    Compreensão E Linguagem Em Heidegger: Ex-Sistência, Abertura Ontológica E Hermenêutica.Jaqueline Stefani & Natalie Oliveira da Cruz - 2019 - Bakhtiniana 14 (2):112-127.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  17.  29
    Um breve estudo explicativo do livro "O movimento sofista" de G.B. Kerferd.Marcilio Bezerra Cruz - 2015 - Cadernos Do Pet Filosofia 6 (11):93-100.
    A referente resenha busca fazer uma análise mais detalhada acerca do livro: "O Movimento Sofista" de George Kerferd. Objetivamos explicitar os pontos basilares ressaltados pelo autor em contrapartida a análise tradicional dos sofistas ao decorrer da história.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  18.  7
    A metáfora da noite escura no itinerário espiritual de São João da Cruz (The metaphor of the dark night in spiritual journey of São João da Cruz) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2012v10n27p779. [REVIEW]Cleide Maria de Oliveira - 2012 - Horizonte 10 (27):779-803.
    A imagem da noite é uma constante em diversas tradições místicas, estando associada à necessidade, expressa pela mística apofática, de transcender às imagens, ao conhecimento e ao nome de Deus, bem como a um método ascético que conduziria a uma experiência que não sendo sensível ou inteligível, não é catalogável pelo nosso sistema de cognição. A noite será uma das imagens mais poderosas e de maior expressividade na poesia de São João da Cruz, representante da mística ibérica do séc. (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  19.  11
    A teologia da Cruz segundo Jürgen Moltmann E a teologia da prosperidade em debate.Fernando Cardoso Bertoldo - 2018 - Revista de Teologia 12 (21):53-67.
    Nos dias atuais, o avanço da Teologia da Prosperidade não pode não ser observado tendo em vista o número crescente de igrejas neopentecostais que adotam o princípio de um Deus Cristão diretamente vinculado às questões de prosperidade, uma vez que ser bem sucedido financeiramente requer a aprovação de um deus acionável e subserviente. Assim, surgem questionamentos sobre as diferenças existentes entre a TP e a conhecida Teologia da gratuidade encontrada na Bíblia. Concordamos com Moltmann ao assumir que a ressurreição não (...)
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  20.  8
    Thomas Samuel Kuhn3, o Bioeticista”: Fantasias Heterônimas Em Busca de Valores Não-Epistêmicos.Márcio Rojas Da Cruz & Gabriele Cornelli - 2011 - Filosofia Unisinos 12 (2).
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  21.  24
    “Chama Viva de Amor”: elementos de poética e mística em João da Cruz ("Living Flame of Love": elements of poetical and mysticism in John of the Cross) - DOI: 10.5752/P.2175-5841.2009v7n14p114. [REVIEW]Carlos Frederico Barboza de Souza - 2009 - Horizonte 7 (14):114-135.
    Resumo O presente artigo se encontra na interface entre literatura e religião e trata-se de um estudo da linguagem presente na obra de João da Cruz intitulada “Chama viva de amor”, utilizando-se, para tal, de alguns recursos da crítica literária. Esta obra teve a redação de seu poema realizada entre os anos de 1582-1584 e de seus comentários nos anos de 1585/86 (primeira redação) e 1591 (segunda redação). É um texto que, tanto em sua dimensão poética quanto em sua (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  22.  13
    Religião e ciência. Eduardo Rodrigues da Cruz.Jair Souza Leal - 2015 - Horizonte 13 (37):657-659.
    Resenha: CRUZ, Eduardo Rodrigues da. Religião e ciência. São Paulo: Paulinas, 2014.
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  23.  1
    O esc'ndalo da cruz. Da fenomenologia existencial. À gramática da faticidade.Luiz Hebeche - 2004 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 50 (2):284.
    Este artigo pretende mostrar =uma recepção da essência da fé cristã em uma nova chave da filosofia: a gramática da facticidade.
    No categories
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  24. Projeto de irrigação santa Cruz do apodi sob a perspectiva da violação ao direito internacional dos direitos humanos.Lina Celeste Silva Jacinto - 2015 - Revista Fides 6 (2).
    PROJETO DE IRRIGAÇÃO SANTA CRUZ DO APODI SOB A PERSPECTIVA DA VIOLAÇÃO AO DIREITO INTERNACIONAL DOS DIREITOS HUMANOS.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  25.  15
    Entre a cruz e a espada: religião no mundo da tecnociência, do mercado e da mídia (Between the devil and the deep blue sea: religion in the world of technoscience, market and media) - DOI: 10.5752/P.2175-5811.2014v12n34p382. [REVIEW]Sinivaldo Silva Tavares - 2014 - Horizonte 12 (34):382-401.
    Vivemos, hoje, sob a hegemonia do paradigma tecnocêntrico, mercadológico e midiático. A Tecnociência, o Mercado e a Mídia se constituem em autênticos horizontes no interior dos quais se desvelam todos os âmbitos da experiência humana. Isso posto, o que o ser humano e a religião se tornam nessa nova situação epocal? A Tecnociência tornou-se horizonte de compreensão do ser humano em relação ao mundo e si próprio. Não apenas nossos estilos de vida, nosso modo de trabalhar e viver, são condicionados (...)
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  26.  4
    A nova din'mica das relações campo x cidade em Macaé: o exemplo da Comunidade Serra da Cruz.Nelson Jose Zampier Bonin - 2017 - Agora 18 (2):91.
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  27. Recensão a: JM da Cruz Pontes-Estudo para uma edição crítica do Livro da Corte Enperial.Vicente Casal Pelayo - 1960 - Humanitas 11.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  28. As propriedades da "noite escura" de João da Cruz.Marcelo Martins Barreira - 2012 - Revista Española de Filosofía Medieval 19:171-186.
    No categories
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  29.  6
    Religio Cordis: um estudo comparado sobre a concepção de coração em Ibn ´Arabi e Joao da Cruz.Carlos Frederico Barboza Souza - 2008 - Horizonte 7 (13):219-219.
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  30.  3
    Fernand Van Steenberghen, História da filosofia. Periodo cristão. Traduzido por JM da Cruz Pontes.Christian Wenin - 1986 - Revue Philosophique De Louvain 84 (62):259-259.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  31.  9
    A Pedagogia da Alternância E o Ensino de História: O Caso da Escola Família Agrícola de Santa Cruz Do Sul.Mariana Barbosa de Souza, João Paulo Reis Costa & Cristina Luisa Bencke Vergütz - 2017 - Agora 18 (2):53.
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  32.  7
    Embalagens vazias de agrotóxicos: avaliação dos fumicultores da Linha João Alves, município de Santa Cruz do Sul, RS.Carina Cristina Agnes Calegari, Leandro Calegari, Diego Martins Stangerlin & Darci Alberto Gatto - 2017 - Agora 19 (1):121.
    No categories
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  33.  35
    CRUZ, E.; MORI, G. (orgs.) Teologia e ciências da religião: a caminho da maioridade acadêmica no Brasil.Joelma Aparecida Santos Xavier - 2012 - Horizonte 10 (25):312-315.
    Direct download (4 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  34.  10
    CRUZ, Eduardo R. da. Religião e Ciência. São Paulo: Paulinas, 2014. ISBN: 978-85-356-3699-4.Robson Stigar - 2017 - Revista de Teologia 11 (19):191.
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  35.  6
    Catálogo Dos Códices da Livraria de Māo Do Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra Na Biblioteca Pùblica Municipal Do Porto. AA Nascimento-J. Fr. Meirinhos (Coord.). [REVIEW]Michel Lambert - 2001 - Revue Philosophique De Louvain 99 (1):150-151.
    No categories
    Direct download  
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  36. í‚ngela Maria Paiva Cruz. Representação da Estrutura Lógica da Geometria da Cubação.José Eduardo Moura - 2001 - Princípios 8 (10):157-160.
  37.  4
    A Escola Menonita de Curitiba: manutenção da identidade étnica e religião // Mennonite school of Curitiba: maintenance of ethnic identity and religion.Valquiria Elita Renk & Oliveira da Cruz - 2014 - Conjectura: Filosofia E Educação 19 (2):178-197.
    Neste artigo pretende-se analisar a Escola do Boqueirão, da Comunidade Menonita de Curitiba. Os menonitas são um grupo étnico alemão, anabatistas, que vieram ao Brasil nos anos de 1930, oriundos da Rússia. O objetivo é compreender a experiência de escolarização numa comunidade étnica e a importância da escola na manutenção da identidade cultural. As questões de pesquisa são: como se caracterizava esta escola? Como a escola era um espaço que contribuiu na manutenção da identidade étnica? Como a nacionalização marcou os (...)
    No categories
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  38.  22
    A memória na mistagogia joãocruciana.Marcelo Martins Barreira - 2007 - Trans/Form/Ação 30 (1):41-50.
    A importância da memória na Subida do Monte Carmelo advém de sua capacidade de manter as experiências agradáveis ou desagradáveis, permitindolhes que se aprofundem e se ramifiquem na alma, com graves repercussões na vida espiritual. A memória busca, no arquivo de imagens e vivências, dados que alimentem a agressividade, a cobiça, a paixão, soberba e vingança; com o agravante de que não tem limites de duração, o que lhe permite realizar continuamente esta sua ação. A alma, quando retém e apreende (...)
    Direct download (5 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  39.  11
    Astrologia: da rejeiçao patrística Ë apologètica medieval.J. M. Da Cruz Pontes - 1998 - Humanitas 50:285-292.
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  40. Histórias das ciências e os “fundamentos históricos” da Psicologia.Marcio Luiz - 2018 - Temporalidades 10 (1):129-158.
    RESUMO: O presente texto põe algumas questões referentes à “história” dos fundamentos da Psicologia entre os séculos XIX e XX, mostrando como ocorrem ainda, em História da Psicologia, certos fatores controversos, muitos deles tributários de postulados filosóficos do século XIX, especialmente em torno do positivismo. O artigo concentra-se em mostrar, preliminarmente, de que forma a ruptura da Filosofia Natural e a ascensão da figura do “cientista” no século XIX ensejaram novos motivos de análise, dentre eles certo cientificismo que se impôs (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  41. Para uma Historia da Psicologia.Paul Mengal & Marcio Miotto - Tradutor - jul-dez 2016 - Ideação 34:355-374.
    A história da psicologia, tal como aparece em algumas obras (E.G. Boring 1950; M. Reuchlin 1957; P. Fraisse e J. Piaget 1963) ou em capítulos introdutórios de alguns manuais (M. Reuchlin 1977), reflete uma adesão — raramente discutida — a uma concepção internalista. Segundo essa concepção, a psicologia seria animada por uma dinâmica própria, um processo evolutivo totalmente endógeno, e seria independente de fatores externos tais como os domínios religiosos, sociopolíticos e econômicos. Além do mais, os partidários dessa história aceitam (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  42. Nascimentos da Psicologia: A Natureza E o Espírito.Paul Mengal & Marcio Miotto - Tradutor - 2015 - Ideação 32:259-288.
    Desde sua constituição como domínio do saber no fim do século XVI, a psicologia divide-se rapidamente em duas tendências com orientações diferentes. A primeira, de inspiração naturalista, situa-se no prolongamento do comentário da Física aristotélica e se desenvolve principalmente nas universidades protestantes de Marburgo e Leiden. Nesses estabelecimentos onde reinava então um espírito humanista, racionalista e tolerante, toma lugar a primeira forma de dualismo da alma e do corpo. Mas na mesma época, em círculos místicos e herméticos, desenvolve-se uma outra (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  43. O Problema Do Homem E a Dispersão da Psicologia.Marcio Miotto - 2007 - AdVerbum 2 (2):128-136.
    Esse artigo busca oferecer um panorama de problemas relativos à existência da psicologia, a partir das questões de sua unidade, especificidade e objetividade. Para isso, analisam-se breves menções a figuras clássicas de sua história (como Wundt, Comte, Watson e Vygotsky), mostrando ambigüidades constitutivas do próprio “nascimento” da psicologia como disciplina “una” e “científica”. Ao perguntar sobre as razões da dispersão da psicologia, seu estatuto ambíguo e seu objeto “complexo”, abrimos no final o problema de que, mais do que resolver internamente (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  44.  46
    Os a priori da Psicologia em História da Loucura.Marcio Miotto - 2005 - Acheronta 22:282-290.
    O artigo busca trabalhar um aspecto pouco explorado da argumentação de "História da Loucura": a questão, brevemente enunciada por Foucault, de um "a priori concreto" das ciências "psi". Nisso, serão trabalhadas duas questões principais, a saber: a do estatuto do conhecimento sobre as doenças mentais como tributário de uma demanda moral (não científica), e a do estatuto do médico como "cientista" da loucura. Dentro desses dois âmbitos críticos, o Foucault que escreve seu primeiro grande livro não poupa nem mesmo o (...)
    Direct download (2 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark   1 citation  
  45. Do Jardim do Éden às terras de vera Cruz.Luísa Borralho & Mário Fortes - 2002 - Episteme 15:71-93.
    As descrições da flora brasílica efectuadas desde a chegada de Pedro Álvares Cabral traduzem não só as perplexidades do passado no reconhecimento de exemplares botânicos desconhecidos na Europa, mas essencialmente formas de intelegibilidade distintas sobre um mesmo objecto, cuja exploração ao longo dos últimos quatro séculos tem vindo a acompanhar o desenvolvimento da ciência.Os primeiros registos de plantas de Terras de Vera Cruz, efectuados no século XVI, apresentam-se como limitados tanto pela forma narrativa e descritiva então corrente como pela (...)
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  46.  34
    Filosofia do direito e teoria jurídica em Habermas: implicações reconstrutivas para uma teoria da sociedade.Marcio Renan Hamel & Gilvan Luiz Hansen - 2011 - Veritas – Revista de Filosofia da Pucrs 56 (3):72-86.
    This text examines the distinction and relation between legal philosophy and legal theory in the book Law and Democracy by Jürgen Habermas. To that end, I seek at first to reflect on the concepts of law sociology and philosophy of justice from the dialogue that opposes Habermas to Dworkin and Rawls, on the philosophical basis of equality and distribution. Subsequently, we analyse the arguments about the social integrative function of law that Habermas develops from the works of Parsons and Weber, (...)
    Direct download (3 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  47. Bioética E a Questão da Justificação Moral.Márcio Bolda da Silva - 2004 - Edipucrs.
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  48. A Crítica À Psicologia Em História da Loucura.Marcio Miotto - 2005 - Dissertation, Universidade Federal Do Paraná
    Essa dissertação é resultado de um projeto maior, intitulado “Sobre a Morte do Homem e a Psicologia, em Michel Foucault”. Esse projeto busca analisar as diversas nuances argumentativas empregadas por Foucault nas críticas às “antropologias”, figuradas em seus livros ditos “arqueológicos”. Para isso, parte-se de uma dupla problematização: a autocrítica feita pelo próprio Foucault a seus escritos dos anos 50, tributários de querelas epistemológicas e de fundação da psicologia e das ciências humanas; e a descrição mesma dessas querelas, tomando como (...)
    Direct download  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  49. Tecnociência E Política: Einstein, Bergson E o Mundo Visto da Perspectiva de Um Raio de Luz.Márcio Barreto & Pedro Ferreira - 2009 - Cadernos de História E Filosofia da Ciência 19 (2).
    Desde o início da era moderna, tecnociência e política se tornaram cada vez mais indissociáveis, na mesma medida em que aumentou a nossa capacidade de manipular a matéria em um nível inacessível ao senso comum e, no limite, à própria imaginação humana. A experiência do tempo foi particularmente sensível a esse processo. Por um lado, foi dividida entre um tempo quantitativamente mensurável e um tempo qualitativo vivido . Por outro lado, este último foi crescentemente reduzido a um tempo psicológico e, (...)
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
  50.  41
    Da Psicologia à Questão da Morte do Homem em Michel Foucault.Marcio Luiz Miotto - 2016 - Trans/Form/Ação 39 (2):119-146.
    RESUMO: O presente artigo pretende problematizar, preliminarmente, o "problema antropológico" segundo a arqueologia de Michel Foucault. Partindo de teses populares da Psicologia, em particular, e das ciências humanas, em geral, sobre o "Homem", este texto primeiramente correlaciona essas teses com as problemáticas dos textos foucaultianos dos anos 1950, a Introdução a Sonho e Existência e Maladie Mentale et Personnalité, para então mostrar como os textos "arqueológicos" do autor se configuram como respostas iniciais às questões dos textos de 1954, já começando (...)
    Direct download (6 more)  
    Translate
     
     
    Export citation  
     
    Bookmark  
1 — 50 / 1000